Modelo de ônibus acessível da Neobus será apresentado a empresários de fretamento

Poltrona em plataforma elevatório. Acesso é mais fácil e confortável para pessoas com deficiência

Cadeiras de transbordo devem ser proibidas em ônibus novos a partir de 1º de julho de 2018, se prazo não for postergado de novamente

ADAMO BAZANI

A Neobus, empresa do grupo da Marcopolo, começa desde já a intensificar a divulgação dos modelos com um novo sistema de acessibilidade, que em vez das incômodas cadeiras de transbordos, apresenta plataformas elevatórias que facilitam o embarque e desembarque de pessoas com deficiência nos ônibus e ao mesmo tempo permite que a poltrona neste elevador possa ser usada por qualquer passageiro, caso não haja usuários com limitações severas de movimento.

Na Brasil Fret – Encontro Nacional dos Transportadores de Fretamento e Turismo – e 18º Encontro das Empresas de Fretamento e Turismo (Fresp), a encarroçadora vai exibir o New Road N10 340 com plataforma elevatória.

O evento, que ocorre no Guarujá, terá cobertura do Diário do Transporte.

Alguns empresários ainda estão com dúvidas em relação à operação de tecnologias que substituirão as cadeiras de transbordos e, principalmente, sobre o custo/benefício dos equipamentos. Segundo o gerente de vendas da NEOBUS, Eurico Quintela, o evento será uma oportunidade de tirar estas dúvidas e apresentar o produto.

“A Brasil Fret/Fresp é um dos principais eventos para operadores dos segmentos de Fretamento e Turismo e oportunidade para apresentarmos nossos veículos, reconhecidos pela tecnologia e as características de versatilidade, segurança, conforto e eficiência … Desenvolvemos um sistema, prático e seguro, para auxiliar o embarque e o desembarque de passageiros com mobilidade reduzida e oferecer total acessibilidade”

A versão que será apresentada na feira e congresso é curta, 12,5 metros de comprimento, tem capacidade para 43 passageiros e é encaroçado sobre chassi 17.230 OD, da Volkswagen-MAN.

Ônibus com padrão rodoviário, mas com motor dianteiro, como o modelo que será apresentado, estão entre os preferidos dos empresários do setor, em especial, para ligações de pequena distância e fretamento contínuo, como para fábricas, escritórios e estudantes.

A partir de 1º de julho de 2018, todos os ônibus de padrão rodoviário terão de sair de fábrica com plataformas elevatórias. Atualmente, com as desconfortáveis cadeiras de transbordo, a pessoa com deficiência é praticamente carregada no colo pelo motorista ou agente de terminal, que também nem sempre têm condições físicas de fazer este atendimento.

A data é estipulada pela portaria 205, publicada em 19 de julho pelo Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, no Diário Oficial da União, mas pode ser adiada de novo.

Desde 2015, as normas estão para entrar em vigor, mas, principalmente as empresas, barraram alegando custos maiores e falta de disponibilidade tecnológica no mercado.

A obrigatoriedade anteriormente era para entrar em vigor no dia 2 de junho de 2015, depois foi para 1º de julho de 2016, 1º de julho de 2017 e, agora, 1º de julho de 2018.

Ônibus de dois andares poderão ter rampas de acesso ao primeiro piso.

A portaria vale para ônibus 0 km, não afetando os fabricados até 30 de junho de 2018

Confira a íntegra da portaria acessando matéria do Diário do Transporte do dia da publicação oficial:

https://diariodotransporte.com.br/2017/07/19/adiado-mais-uma-vez-prazo-para-onibus-rodoviarios-acessiveis-sairem-de-fabrica/

No vídeo, o N 10 380, com maior altura, mas o sistema de elevação é do mesmo conceito

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Neobus o buzão mais bonito do Barsil.

    Aguardo ansiosamente o New Roas 399-PG.

    Neobus, foi dar uma sugestão.

    O buzão com esse sistema genial ai, tem de ter esta cadeira de transbordo DOS DOIS LADOS DO BUZÃO

    Esqueça o maldito custo e façam isso, vocês iram rachar de ganhar dinheiro.

    Eu tenho uma ideia para transformar todas as poltronas dos buzões acessíveis, já falei com o pessoal da Marcopolo na Transpúblico, mas ninguém me leva a sério.

    Mas se a Neobus estiver a fim de conversar podemos firmar um Acordo de Confidencialidade e trabalharmos juntos nesse projeto.

    O Volarão elétrico tem canto vivo na alça da rampa para acesso à cadeira de rodas e canto vivos nos acabamentos, jpa avisei o engenheiro que me atendeu na Transpúblico.

    Vamos fazer o buzão evoluir de uma vez só.

    Estou aberto a parcerias; afinal o buzão tem muiiiiiiiiiiiiiito a evoluir.

    E pau na máquina para desenvolver o NEW ROAD 399-PG antes do G-8.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkk

    Ahhhhhhhhhhh ia me esquecendo lancem um Newroadizinho-4.0, o mercado precisa de um micro lindão, os que estão ai jpa cansou e os novos são FEIOS.

    Já pensaram no Newroadizinho-4.0 ?????????

    Showwwwwwwwwwwwwwww!

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção é a Paixão”

Deixe uma resposta