Salão do Veículo Elétrico vai ter discussão sobre ônibus autônomos

Miniônibus tem programa que interage com passageiros

IBM vai apresentar o exemplo de caso do Olli, um minibus que engloba conceito de “computação cognitiva”

ADAMO BAZANI

Os veículos autônomos são vistos como algo inevitável para o futuro, mas não em tempo não tão distante assim.

Diversos países como Estados Unidos, China, França, Alemanha e Inglaterra já testam automóveis que se movimentam sem os motoristas, contando com a computação cognitiva.

Comandos informatizados, sensores e programas ligados à parte mecânica desses veículos, orientam as rotas que atualmente são realizadas em trajetos fechados, como dentro de universidades ou empresas.

O transporte coletivo é apontado por especialistas como o meio de deslocamento mais adequado para ser atendido por veículos autônomos sobre pneus porque pode atender mais pessoas de uma vez só, o que justificaria os altos investimentos para desenvolvimento dos veículos e sistemas.

Um dos modelos em testes e operação em trajeto curto atualmente é o Olli, um miniônibus feito a partir de impressão 3 D de peças e carroceria, produzido pela Local Motors

A IBM é parceira do projeto, produzindo o sistema que é o “cérebro” deste pequeno ônibus autônomo.

O sistema Watson permite que o passageiro “fale com o ônibus”, interagindo com o programa que informa dados operacionais do veículo e sobre as rotas, como restaurantes, teatros, bares e hospitais que ficam no itinerário programado.

As experiências com este modelo serão trazidas ao Brasil durante o Salão do Veículo Elétrico, que ocorre entre os dias 21 e 23 de setembro, no Expo Center Norte, na Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, em São Paulo.

O arquiteto corporativo em soluções para IoT da IBM, Fabio Cossini, vai mostrar em palestra no Congresso “Empreendedorismo, Design e Inovação em mobilidade a favor do clima”, que ocorre no Salão, como têm sido as experiências com o Olli.

“A ideia é que seja possível ter uma malha viária que reconheça os passageiros e elucide dúvidas, por meio de interação e reconhecimento de necessidades. Atualmente, existem cerca de 10 veículos construídos pela Local Motors. Os micro-ônibus são fabricados com componentes confeccionados por meio de impressoras 3D.” – diz nota da organização do evento.

A participação sobre o Olli será no dia 22, às 16h30.

A feira é gratuita e as inscrições podem ser feitas no site:

http://www.velatinoamericano.com.br/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Salão do Veículo Elétrico vai ter discussão sobre ônibus autônomos

  1. Amigos, bom dia.

    Poxa, que legal será em Sampa.

    Agora a plaquinha terá o seguinte texto.

    “FALE AO BUZINHO, SOMENTE O INDISPENSÁVEL”

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Sensacional!

    Att,

    Paulo Gil

1 Trackback / Pingback

  1. Salão do Veículo Elétrico vai ter discussão sobre ônibus autônomos | Campione

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: