Antes de implantar faixa exclusiva de ônibus, prefeitura de João Pessoa promove período educativo para motoristas

A partir desta segunda-feira (14) agentes de mobilidade circularão na extensão da avenida orientando pedestres, ciclistas e motoristas na expectativa de evitar conflitos no trânsito e desrespeito ao cumprimento da nova medida

ALEXANDRE PELEGI

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) inicia, na próxima segunda-feira (14), o período educativo para que os condutores possam se adaptar a implantação da faixa exclusiva para ônibus na Avenida Pedro II, um dos principais corredores da Capital da Paraíba.

Agentes de mobilidade estarão circulando na extensão da avenida, orientando os pedestres, ciclistas e motoristas de transporte particular e público, na expectativa de evitar conflitos no trânsito e desrespeito ao cumprimento da nova medida adotada.

O superintendente da Semob, Carlos Batinga, explicou que o corredor Pedro II já recebeu placas indicando a faixa exclusiva e também foi dado início esta semana a pintura do asfalto com as faixas nas cores branca e azul.  “Esta semana devemos estar concluindo a pintura das faixas e a partir da próxima segunda-feira daremos início a este período de orientação para que todos possam se adaptar”, afirmou.

Batinga lembra que o período de orientação deve permanecer até o final deste mês. “A partir de setembro finalizaremos este período educativo e vamos iniciar a fiscalização efetiva. Por isso, é importante que todos fiquem atentos às sinalizações e façam valer o cumprimento ao Código de Trânsito Brasileiro”, reforça o superintendente.

Como fica – No sentido Centro/bairro, a faixa exclusiva de ônibus terá início no cruzamento da Pedro II com a Tabajaras, se estendendo até as imediações do Ibama. Com isso, na faixa da direita da via não será mais permitido estacionar.

Já no sentido bairro/Centro, o corredor específico para os ônibus seguirá das imediações do Ibama até a Praça Pedro Gondim na Avenida Nossa Senhora de Fátima (Torre). No total, serão 4,4km de faixa exclusiva com a nova implantação.

CÓDIGO DE TRÂNSITO PREVÊ INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA PARA QUEM DESRESPEITAR FAIXA EXCLUSIVA DE ÔNIBUS:

Sempre é bom lembrar: o ato de desrespeitar a faixa exclusiva é considerado infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estando o infrator sujeito a penalidades como multa no valor de R$ 293,47 e remoção/apreensão do veículo. O CTB também pune os motoristas de ônibus que circularem fora da faixa reservada ao transporte coletivo urbano com multa de R$ 130,16 (infração média) e 4 pontos na CNH.

Os veículos particulares só podem utilizar as faixas exclusivas para entrar/sair de estacionamentos ou quando forem entrar à direita em alguma rua transversal. Para isso, o condutor pode entrar na faixa exclusiva 50 metros antes do seu destino, devendo observar atentamente que nenhum ônibus esteja próximo, evitando qualquer chance de acidente.

Os veículos de resgate, combate a incêndio, ambulâncias, viaturas policiais e operações de trânsito caracterizados podem circular pela faixa exclusiva se estiverem em serviços de urgência ou atendimento na via, com sinalização sonora e iluminação intermitente.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: