Metroviários decidem adiar greve. CPTM também funcionará normalmente nesta terça

Metrô vai operar com toda a frota

Funcionários da CPTM devem fazer assembleia na quinta-feira para definirem se param ou não na sexta

ADAMO BAZANI

Em assembleia na noite desta segunda-feira, 31 de julho de 2017, os metroviários decidiram trabalhar normalmente nesta terça-feira, 1º de agosto.

O Sindicato dos Metroviários teme as privatizações previstas para algumas linhas e é contra também à terceirização das bilheterias.

Na sede da entidade sindical, a categoria votou pelo adiamento do movimento. Uma nova assembleia será realizada no dia 08 de agosto.

O governo do Estado de São Paulo vai realizar o leilão de concessão das linhas 5-Lilás do Metrô e 17-Ouro de monotrilho no dia 28 de setembro.

A rede de metrô de São Paulo atende a 4,7 milhões de pessoas por dia nas linhas 1-Azul (Jabaquara/Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente /Vila Madalena), 3-Vermelha (Barra Funda/Itaquera), 4-Amarela (Butantã/Luz) e 5-Lilás (Capão Redondo/Adolfo Pinheiro). Também há a linha 15-Prata (Vila Prudente/Oratório), de 2,3 quilômetros, que não é de metrô, mas monotrilho que é integrado à rede.

CPTM TAMBÉM VAI OPERAR NESTA TERÇA:

Funcionários da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos decidiram adiar para sexta-feira a possibilidade de greve da categoria.

Os trabalhadores decidiram em assembleia realizada na noite desta segunda-feira, 31 de julho de 2017, esperar uma audiência de conciliação que será realizada na quarta -feira no TRT- Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região sobre anulação por parte do Tribunal Superior do Trabalho de dissídio de 2011, que concedeu 3,51% de aumento salarial na categoria.

Assim, o funcionamento de todas as linhas será normal nesta terça-feira, 01º de agosto.

A CPTM entrou na Justiça contra o aumento e, com base na decisão de abril, deve reduzir a folha de pagamento dos ferroviários.

Os sindicatos dos ferroviários dizem que em 26 de julho conseguiram uma liminar da 64ª Vara do Trabalho de São Paulo impedindo a CPTM de descontar os salários.

Os descontos foram aplicados pela empresa estatal de trens que diz ter sido notificada oficialmente somente nesta segunda, por volta das 16h. Os salários já tinham sindo pagos.

Uma nova assembleia será realizada na quinta-feira, 03 de agosto.

A categoria é dividida em quatro sindicatos:

Sindicato dos Ferroviários de São Paulo: trabalhadores das linhas 7-Rubi (Luz / Francisco Morato / Jundiaí) e 10-Turquesa (Brás / Santo André / Rio Grande da Serra).

Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana: funcionários das linhas 8-Diamante (Júlio Prestes / Itapevi / Amador Bueno) e 9-Esmeralda (Osasco/ Grajaú).

Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil: funcionários que atuam nas linhas 11-Coral  (Luz / Mogi das Cruzes / Estudantes) e 12-Safira (Brás / Itaquaquecetuba / Calmon Viana).

Sindicato dos Engenheiros

A CPTM transporta em torno de 3 milhões de pessoas por dia. A malha tem aproximadamente 260 quilômetros e seis linhas: 7-Rubi (Luz / Francisco Morato / Jundiaí), 8-Diamante (Júlio Prestes / Itapevi / Amador Bueno),  9-Esmeralda (Osasco/ Grajaú), 10-Turquesa (Brás / Santo André / Rio Grande da Serra), 11-Coral  (Luz / Mogi das Cruzes / Estudantes) e 12-Safira (Brás / Itaquaquecetuba / Calmon Viana).

Já os metroviários que ameaçaram uma greve para esta terça contra as privatizações devem ainda realizar uma assembleia.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Com informações Willian Correia

Deixe uma resposta