Escola de Formação Profissional Marcopolo realiza formatura de mais 23 jovens

Crédito da imagem: Julio Soares

Alunos completaram curso de Montador de Veículos Automotores e já ingressaram na vida profissional

ALEXANDRE PELEGI

Em evento realizado no dia 30 de junho em Caxias do Sul, 23 jovens da 59º Turma da Escola de Formação Profissional Marcopolo (EFPM) receberam seu diploma de conclusão do curso de Montador de Veículos Automotores.

A cerimônia aconteceu no CTG Marco da Tradição, sede da Fundação Marcopolo. Participaram da cerimônia de formatura mais de 150 pessoas, entre gestores da empresa, familiares dos formandos e representantes da comunidade caxiense. O paraninfo da 59ª turma foi Lusuir Grochot, diretor Industrial da Marcopolo.

A EFPM – Escola de Formação Profissional Marcopolo foi criada em 1990, e desde então mantém convênio educacional com o SENAI. Ela oferece cursos profissionalizantes para jovens da comunidade, com os mesmos benefícios dos demais empregados: bolsas de estudo, primeiro emprego remunerado e a possibilidade de carreira na empresa.

Além do Senai, a EFPM firmou parcerias com a FAS (Fundação de Assistência Social), que encaminha alunos da comunidade local, e com a Universidade de Caxias do Sul, para o curso na área de Plásticos.

O objetivo da Escola é preparar o aluno para uma carreira profissional em vários segmentos da indústria, com conteúdos alinhados para atender as especialidades de conhecimento, diferenciais para os negócios da Marcopolo.

As aulas práticas e teóricas permitem aos jovens vivenciar a rotina diária da empresa, permitindo o desenvolvimento de competências interpessoais, como trabalho em equipe, comunicação, relacionamento, administração de conflitos e negociação.

O paraninfo da 59ª turma, Lusuir Grochot, ressalta a importância de mesclar os conteúdos técnicos com a vivência nas áreas. “Essa experiência real, convivendo com pessoas de diferentes formações, idades e tempo de empresa com certeza contribui muito para consolidar o aprendizado. São dois anos de intensa preparação que tornam os jovens aprendizes mais maduros e aptos para trabalhar em diversas funções na empresa”.

Já Thiago Deiro, diretor de Recursos Humanos da Marcopolo, destaca a valiosa contribuição da EFPM para a preparação de profissionais na empresa. “Nestes 27 anos, a EFPM já formou mais de 2.000 jovens. Pela formação diferenciada, os alunos têm posto de trabalho garantido ao concluírem o curso e recebem todo estímulo para desenvolverem suas carreiras na empresa.”

Atualmente, a Escola de Formação Profissional Marcopolo mantém 136 alunos com curso em andamento, com formatura prevista para este ano. O processo de seleção para novas turmas está previsto para setembro.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Escola de Formação Profissional Marcopolo realiza formatura de mais 23 jovens

  1. Amigos, bom dia.

    Como é bom ler uma notícia dessa logo pela manhã, é disto que o Barsil precisa para voltar a ser o BRASIL de todos nós e de “um povo que não foge a luta”

    Sensacional iniciativa e principalmente a participação do SENAI uma instituição que até hoje mantém seus princípios e está ai firme e forte acompanhando a evolução tecnológica.

    Marcopolo parabéns, quem dera outras empresas do Barsil seguissem este exemplo.

    Peço ao diretor de marketing da Marcopolo que estude a possibilidade de abrir um link para que todos possamos assistir algumas aulas (desde que não envolva segredo industrial) para que possamos aprender um pouco mais e que este modelo seja visto pelo mundo todo pela Internet e que outras empresas do Barsil possam assistir tamb´pem estimulando assim essa boa prática de educação social e priofissional para que essa semente fértil seja germinada em muitas outras empresas para que voltemos a ser o BRASIL que todos desejamos.

    Divulguem o link aqui no Diário, que eu pelo menos terei o maior prazer em assistir as aulas.

    Aproveito também para reforçar ao Diretor de Marketing da Marcopolo para comprar a minha letra de música do “Motorista de Coração”, para musica-lá com um sertanejo ou um vanerão gaúcho, para ser a música tema do lançamento do G-8.

    Senhor diretor, pense nessa ideia, nada que um Senior não resolva a questão comercial do Paulo Gil, mas estou aberto a negociações.

    PARABÉNS MARCOPOLO E AO SENAI e as demais instituições e professores que participam desta nobre iniciativa que nos devolve o BRASIL.

    Hoje ganhei o dia e vou trabalhar mais contente ainda; pois são inciativas com esta que o Barsil precisa para voltar a ser o BRASIL.

    Att,

    Paulo Gil
    “BUzão e Emoção é a Paixão”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: