Universidade de Michigan terá primeiro sistema de ônibus sem motoristas dentro de um campus

Veículos de pequeno porte de fabricante francesa poderão ser produzidos nos EUA

Dois veículos com capacidade para até 15 passageiros vão circular a partir do terceiro trimestre deste ano

ADAMO BAZANI

A Universidade de Michigan anunciou que será a primeira instituição de ensino a implantar um sistema de transportes por miniônibus sem motorista dentro do campus.

A previsão é que a linha comece a circular no terceiro trimestre deste ano, com dois veículos que têm capacidade para 15 passageiros cada.

Os ônibus de pequeno porte são feitos pela francesa NAVYA e são dotados de sensores para evitar colisões. GPS, Wi-fi e rádios comunicadores ajudam a detectar os obstáculos e cumprir a rota programada.

A fabricante francesa deve construir uma planta nos Estados Unidos em parceria com a universidade.

O projeto começou em 2015 e foi chamado de MCity, uma espécie de cidade simulada para servir de testes para os veículos autônomos.

Os pequenos ônibus terão velocidade limitada a 45 km /h e cumprirão uma rota pré-determinada de 10 minutos, somente nos horários comerciais. A estimativa é de várias viagens durante o período de operação e não haverá cobrança de tarifa.

Se houver necessidade, a universidade não descarta a possibilidade de aumentar o número de veículos em circulação.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Universidade de Michigan terá primeiro sistema de ônibus sem motoristas dentro de um campus

  1. Amigos, boa noite.

    Parabéns à Universidade de Michigan.

    Além de tudo o buzinho é bunitinho.

    Perfeito para a ligação entre o Terminal Vila Yara e a Estação CPTM de Presidente Altino.

    Mas…

    ACORDA SAMPA MUDA BARSILLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Depois não sabem porque pensam que no Barsil tem onça e cobra na rua.

    Tem também um monte de Jurássicos em tudo quanto é canto isso sim.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Enquanto na Europa já pensa em tirar motorista,s no Brasil ai briguinha ridícula pra não tirar cobrador continua, piada.

Deixe uma resposta