Greve de ônibus é suspensa em Sorocaba e serviços devem voltar ao normal nesta terça

No entanto, ainda não houve acordo entre trabalhadores e empresários. Negociações continuam.

ADAMO BAZANI

A greve de ônibus em Sorocaba, no interior paulista, que atingiu em torno de 120 mil passageiros nesta segunda-feira foi suspensa.

A estimativa é de que nesta terça-feira, 6 de junho, os serviços sejam normalizados.

A suspensão ocorreu após uma audiência de conciliação realizada na tarde desta segunda no Tribunal Regional do Trabalho da 15a região em Campinas, responsável também por Sorocaba e municípios vizinhos.

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região atendeu pedido do desembargador Edmundo Fraga Lopes.

Entretanto, a situação não está resolvida. Não houve acordo entre os funcionários dos transportes e as empresas de ônibus.

Os trabalhadores pedem reposição com base na média de quatro índices inflacionários e aumento real de 6%, além de reajustes no ticket-refeição diário e participação nos lucros.

Os trabalhadores também querem mais agentes de bordo e a manutenção dos direitos conquistados em outras campanhas salariais.

Caso não haja acordo, será realizada uma nova audiência de conciliação no dia 14.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes