Rodoviários de Manaus se reúnem com prefeito e empresas e greve no transporte coletivo é cancelada

Greve estava marcada para a próxima segunda-feira, 22/5, e fora deflagrada por aumento salarial

(Foto: Márcio James, do site Agora Amazonas)

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir  Oliveira, anunciaram nesta sexta-feira (19) à noite que não haverá greve no transporte público da capital. A greve estava marcada para a próxima segunda-feira, 22/5, e fora deflagrada por aumento salarial.

O anúncio de suspensão da greve foi feito após reunião na sede da Prefeitura de Manaus com representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetran) e do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM).

O encontro entre representantes dos rodoviários e das empresas aconteceu por iniciativa do prefeito Artur Neto. Ele disse à imprensa, após encontro, ser inconcebível que a população seja prejudicada pela relação entre patrões e empregados, o que o motivou a reunir as categorias e discutir o impedimento da greve.

Após o encontro ficou decidido que empresários e rodoviários irão se reunir na segunda-feira, dia 22, para uma segunda rodada de negociações.

Alexandre Pelegi – jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: