Assaltos em ônibus da capital paulista crescem 55%

Linha com maior número de ocorrências é a 8055 – Perus/Lapa

ADAMO BAZANI

Mesmo com pouco de dinheiro circulante nos ônibus da capital paulista (apenas 6% dos passageiros usam dinheiro para pagar a tarifa, segundo a SPTrans), os assaltos nos coletivos ainda preocupam.

As ocorrências aumentaram 55% na comparação entre os períodos de janeiro a março deste ano e do ano passado.

De acordo com dados da própria SPTrans, gerenciadora do sistema, no primeiro trimestre deste ano foram 99 roubos em ônibus contra 64 em igual período em 2016.

Os números foram obtidos pela Globo News por meio de da Lei de Acesso à Informação.

Ainda de acordo com a SPTrans, a linha com maior número de ocorrências nesse primeiro trimestre, totalizando 12 assaltos, foi a 8055 – Perus/Lapa.

Apesar de os criminosos também levarem o dinheiro das catracas, como o pagamento com Bilhete Único representa a maior parte do sistema, o alvo principal acaba sendo o que os passageiros levam no percurso, especialmente telefones celulares.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes