Gato Preto compra ônibus novos para zona Sudoeste

Ônibus seguem padrão da SPTrans, com piso baixo, e são de chassi Scania. Lote é de 20 veículos

ADAMO BAZANI

Os moradores da região Sudoeste da capital paulista vão contar nas próximas semanas com  ônibus novos em linhas da Viação Gato Preto, uma das operadoras do lote 8 da cidade de São Paulo.

A compra total foi de 20 unidades e os primeiros ônibus passam por vistoria da SPTrans –  São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema da capital paulista.

Os ônibus têm carroceria Caio Millennium IV e os chassis são Scania K250 U 4×2, com motor traseiro.

Os veículos possuem ar-condicionado, possibilidade de funcionamento de wi-fi e piso baixo, o que aumenta o conforto e acessibilidade.

A motorização é Euro 5, ou seja atende, os atuais padrões de redução de emissões de poluentes.

061629c3-ced0-4d6f-af23-7c7f9b666334

Por causa das indefinições quanto à realização da licitação dos transportes, que deveria ter sido concluída em 2013, o ritmo de renovação de frota foi reduzido, o que implica idade maior dos ônibus.

O sistema de concessão, das empresas tradicionais, de linhas maiores, tem idade atual média de 5 anos e 10 meses. É a maior desde 2006, quando a idade média era de 5 anos e 11 meses. Em 2003, quando foi realizada a primeira licitação, a idade média dos ônibus era de 6 anos e 9 meses.

No sistema de permissão, hoje operado por empresas que surgiram de cooperativas, a idade média da frota atual é de 5 anos e 1 mês. É a maior desde quando o índice é disponibilizado (2003).

Mesmo assim, algumas empresas têm realizado grandes compras de veículos dos mais diversos portes.

Os ônibus urbanos podem ter valores entre R$ 270 mil e R$ 1 milhão, dependendo da tecnologia e do porte.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes