Secovi financia contratação de Jaime Lerner para “Cidade Linda” de Doria

Jaime Lerner Jaime Lerner em entrevista em São Paulo. Arquiteto é considerado "pai do BRT"

Ex-prefeito de Curitiba vai atuar em várias áreas, em projeto que levará 12 anos para ser concluído

ALEXANDRE PELEGI       

A informação partiu do prefeito João Doria durante o programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (10): o urbanista e ex-governador do Paraná Jaime Lerner vai desenvolver um projeto de requalificação do centro da cidade de São Paulo.

A contratação do incensado urbanista, prefeito de uma cidade que sempre foi citada como modelo para o transporte coletivo no país, será efetivada através de uma parceria da prefeitura com a iniciativa privada. A contratação será financiada pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP).

Lerner vai integrar o projeto “Cidade Linda”. Doria, no Roda Viva, afirmou que o centro de São Paulo está “destruído, maltratado e abandonado […] muito distante do padrão de qualidade que deve ter”.

Segundo Doria o ex-prefeito de Curitiba atuará em várias áreas, o que inclui habitação, mobilidade, zeladoria, praças, áreas verdes, aspectos arquitetônicos e históricos. O projeto é de longo prazo: o conjunto de obras levará 12 anos para ser concluído.

Outra informação do prefeito Doria foi sobre o destino do Minhocão, que divide moradores e urbanistas quanto a seu futuro. Uns querem a demolição da obra, ao passo que outros querem que o viaduto seja transformado em um parque linear. Para Doria, no entanto, o “Minhocão” não será demolido, mas requalificado.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Secovi financia contratação de Jaime Lerner para “Cidade Linda” de Doria

  1. Amigos, boa noite.

    Seja bem vindo Sr. Jaime Lerner.

    Mas a sua expertise tem de ser aproveitada num projeto de alto nível e não de
    zeladoria e embelezamento.

    Aproveite o seu knw how e tempo em Sampa para implantar a rede a lá Paulo Gil, uma serie de pequenas ligações com micro ônibus e Aerotrem no sistema “VAPT VUPT”, ligando pontos importantes.

    Metro Ana Rosa – Parque do Ibirapuera.

    Estação Júlio Prestes – Praça da Sé ou Terminal Pq D, Pedro II e tantos outros.

    Não peca tempo com o centro velho de Sampa há mais de meio século, lá sempre foi a “boca do lixo” e não muda.

    Implode tudo e recomeça.

    Para limpar Sampa basta água, cândida, sabão e máquina WAP e limpar só isso.

    O nosso problema é que ninguém faz a lição de casa.

    BOA SORTE e conte com as ideias já apresentadas pelos leitores do Diário, tem muita ideia boa aqui.

    E por falar nisso, o que o Sr. acha da minha ideia de colocar ralões nos pontos de ônibus todos, para não molhar os passageiros ???

    Ahhhhhhhhh por favor elimine as catracas e aquele monte de ferro retorcido dentro do buzão e substitua as velhas catracas dos metros antigos de Sampa

    Att,

    Paulo Gil

  2. Bacana, tomara que de certo.

1 Trackback / Pingback

  1. Doria promete bonde elétrico no centro de SP para 2020 – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: