Funcionários da CPTM decretam estado de greve

De acordo com sindicatos, o maior impasse é sobre pagamento de PPR do ano passado

ADAMO BAZANI

Com informações William Moreira, especial para o Diário do Transporte

Os funcionários da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos decretaram, em assembleia na noite desta segunda-feira, 3 de abril de 2017, estado de greve.

No próximo dia 10 será realizada outra assembleia para avaliar possíveis avanços nas negociações com a estatal. Pode haver greve na CPTM no dia 11.

O principal impasse entre a categoria e a empresa é o pagamento do acordo estipulado no PPR – Programa de Participação nos Resultados, referente ao ano passado.

O PPR abrange o período delimitado entre 1° de janeiro de 2016 a 31 de dezembro de 2016 e deveria ser pago integralmente em 31 de março, mas de acordo com os sindicatos que representam os ferroviários, alegando motivos financeiros, a CPTM depositou 50% dos valores.

A possível revisão de itens como integralização de benefícios previdenciários, anuênio, calendário anual de compensação de jornada, adicional noturno, horas extras, férias, adiantamento de 13º, benefício saúde, benefício odontológico e aviso prévio, também desagrada sindicatos.

A assembleia reuniu Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de São Paulo, Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana e Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil, que representam os profissionais das diferentes linhas da CPTM.

Os sindicatos devem decidir isoladamente se vão aderir ao próximo dia de manifestações nacionais previstas para 28 de abril. No último dia de protestos contra as reformas trabalhistas e na previdência, aderiram os metroviários e motoristas e cobradores de ônibus da capital e Grande São Paulo.

A CPTM, em nota, informou ao Diário do Transporte que até o momento não foi notificada pelos sindicatos sobre a decisão das assembleias realizadas no início da noite desta segunda-feira (3/04).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes, com informações de William Moreira, especial para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: