Prefeitura de Jacareí e EMTU iniciam tratativas para Corredor Metropolitano de Ônibus

Ônibus na região deveriam estar trafegando em corredores desde 2014

Previsão da EMTU para o 1º trimestre de 2017 é realizar investimento de R$ 23 milhões de reais para o empreendimento; prazo de conclusão dos projetos e licenciamento ambiental é de dois anos

ALEXANDRE PELEGI

Jacareí, no Vale do Paraíba, município com quase 200 mil habitantes, vai ganhar um Corredor Metropolitano de Ônibus, ligando a cidade a São José dos Campos, sede da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVALE).

Nesta sexta-feira (24) representantes da Prefeitura e da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) se reuniram para a apresentação do projeto funcional do Corredor Trivale de Ônibus, com 23km.

A previsão da EMTU para o primeiro trimestre de 2017 é realizar um investimento de R$ 23 milhões de reais para o empreendimento, com prazo de conclusão dos projetos e licenciamento ambiental em dois anos.

O presidente da EMTU, em entrevista à Rádio Piratininga, afirmou: “Queremos integrar e promover o desenvolvimento e entendemos que essa ação auxiliará as cidades nesse processo”.

O projeto do transporte coletivo da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte mostrou a necessidade de se reestruturar imediatamente o transporte intermunicipal em seis cidades da Região: Jacareí, São José dos Campos, Caçapava, Taubaté, Tremembé e Pindamonhangaba.

Pelos dados da EMTU, 17 mil passageiros utilizam diariamente o transporte público entre Jacareí e São José dos Campos. Desse total, 13.200 o fazem pela rodovia Presidente Dutra, um total de 50% da demanda da RMVALE.

Em reportagem sobre os atrasos nos cronogramas de todos os corredores de ônibus  metropolitanos, o Diário do Transporte, abordou também o Corredor Trivale.

O Transporte Rápido Intermunicipal do Vale do Paraíba – TRIVALE, corredor de 96 quilômetros de extensão, incluindo um BRT (Transporte Rápido por Ônibus) entre São José e Jacareí deveria estar pronto entre 2014 e 2016. Mas segundo o novo balanço da EMTU, os projetos básicos, executivo e as licenças ambientais não avançaram. No ano passado, a  EMTU/SP concluiu o Projeto Funcional do Sistema de Transporte Rápido Intermunicipal da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Confira matéria com todos os corredores do Estado em:

https://diariodotransporte.com.br/2017/03/08/%EF%BB%BFcom-menos-verbas-emtu-divulga-previsoes-para-entregas-de-corredores-de-onibus-intermunicipais/

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes