Suspensa greve de motoristas e cobradores de ônibus em Curitiba e região

 

Trabalhadores querem R$ 45 a mais no Vale-Alimentação e aceitam 6% de reajuste salarial

ADAMO BAZANI

O Sindimoc – Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana suspendeu por 24 horas, depois de decisão em assembleias realizadas na manhã desta quarta-feira, 22 de março de 2017, a greve que durava desde o dia 15 de março.

De acordo com nota da entidade, os trabalhadores dizem que vão dar um voto de confiança às empresas e à prefeitura de Curitiba e pedem melhoria de R$ 45 no vale-alimentação.

A proposta vai ser analisada pelas empresas de ônibus assim até estas 24:00 a frota nas ruas da capital e região metropolitana deve ser de 100%.

Confira nota na íntegra da entidade:

Em assembleia nesta quarta-feira (22) na porta das garagens de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana, os motoristas e cobradores decidiram suspender a greve por 24 horas e dar uma carta de confiança para Prefeitura e empresários. Aprovaram, por ampla maioria, a proposta de acordo formulada ontem pela desembargadora Marlene Suguimatsu, em audiência de conciliação.

 

Foi aprovado 6% de reajuste salarial, R$ 400 de abono e R$ 575 de cartão alimentação. Em comparação à oferta das empresas, a única diferença são R$ 45 a mais no cartão alimentação.

 

Agora, o presidente do Sindimoc, Anderson Teixeira, vai pessoalmente protocolar no gabinete do prefeito Rafael Greca e no gabinete do governador Beto Richa a proposta. Os trabalhadores aguardam retorno da Prefeitura e empresários sobre essa questão, na esperança de resolver definitivamente o problema.

 

“Estamos confiando na boa vontade do prefeito municipal e dos empresários. O trabalhador já abriu mão de tudo o que poderia abrir. Lamentavelmente não chegaram a essa proposta ontem no Tribunal, não cedendo em absolutamente nada em relação à proposta anterior, mas confiamos que podem rever a questão e resolver o problema antes do julgamento, que levaria no mínimo mais dez dias”, afirma Anderson Teixeira, presidente do Sindimoc

 

Adamo Bazani,  jornalista especializado em transportes