Porto Alegre inicia testes para pagamento de tarifa com cartão de débito e crédito em ônibus por 30 dias

Testes começam e vão para ônibus

 

Linha da Carris e de lotação vão ter as opções. Sistema também foi testado na Metra e na SuperVia 

ADAMO BAZANI

Começou nesta terça-feira, 21 de março de 2017, uma série de testes para que passageiros com cartão de débito, crédito e pré-pago possam pagar a tarifa de transporte público.

A forma de pagamento já está disponível na linha 02.1 – Menino Deus, de lotação.

A partir desta quarta-feira, 22, também os passageiros da linha de ônibus T1, da Carris, poderão testar a tecnologia.

A prefeitura informa que o projeto piloto terá duração de 30 dias e pode ser ampliado.

O cartão bancário deve ter a tecnologia Contactless, que permite leitura sem contato, apenas por aproximação. Ao ler o cartão, o sistema identifica e debita o valor da passagem na conta do usuário ou na fatura do cartão.

Os testes são realizados pela prefeitura de Porto Alegre e pela empresa de bilhetagem e tecnologia Autopass, que, entre outras atuações, é responsável pelo cartão BOM, dos ônibus metropolitanos de São Paulo, que também é aceito no Metrô e nos trens da CPTM.

Ainda segundo a prefeitura, os testes não terão custos para o município e para a Associação dos Transportadores de Passageiros por Lotação.

Ainda de acordo com o poder público, Porto Alegre é o primeiro sistema de ônibus municipal a testar esta tecnologia.

Também foram realizados testes com cartão bancário para pagamento de tarifas nos ônibus do Corredor ABD, operado pela Metra, na linha entre Diadema e Brooklin; e nos trens da SuperVia, no ramal da Central do Brasil.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes