Curitiba e região metropolitana estão sem ônibus na manhã desta quarta-feira

Decisão judicial também determina frota mínima

ADAMO BAZANI

Motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana também aderiram, por meio do Sindimoc, as manifestações que ocorrem em todo o país nesta quarta-feira, 15 de março de 2017, contra as reformas trabalhistas e da Previdência.

A paralisação afeta os passageiros da capital e de cidades ao entorno como São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande e Araucária, por exemplo.

A Justiça determinou que fosse respeitada frota mínima de 70% nos horários de pico e 50% nas demais horas.

Os motoristas prometem parar o dia todo e dizem que a greve pode ser estendida para quinta-feira, dia 16.

Isso porque, a categoria está em campanha salarial e não houve ainda acordo em relação ao pedido de reajuste de salários e vale-alimentação.

Motoristas e cobradores querem 15% de aumento salarial, elevação do vale-alimentação de R$ 500 para R$ 977.

A data-base foi em fevereiro e ainda não houve acordo.

As empresas ofereceram 5,43% de reajuste.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Curitiba e região metropolitana estão sem ônibus na manhã desta quarta-feira

  1. Dilma Dantas Romares // 15 de março de 2017 às 07:20 // Responder

    Reenvidicar seus direitos e’ valida,desde que nao prejudique as pessoas.
    A greve em si ela e’ justa mais temos que ter conciencia de que muita gente fica prejudicada.
    Fica a pergunta porque nao faz greve no final no final de semana

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: