Justiça determina frota mínima de ônibus em São Paulo em caso de paralisação

 

De acordo com decisão judicial, linhas que operam em regiões de hospitais e escolas devem ter 85% dos veículos

ADAMO BAZANI

O Tribunal de Justiça de São Paulo atendeu nesta terça-feira, 14 de março de 2017, pedido de liminar movido pela Prefeitura de São Paulo e determinou que em caso de paralisação dos ônibus na capital paulista nesta quarta-feira, 15 de março, deverá ser atendida uma frota mínima.

De acordo com a determinação judicial, 85% da frota dos ônibus devem estar em operação nas regiões de escolas e hospitais.

Nas demais áreas no horário de pico, 70% da frota devem estar em operação.

Em caso de descumprimento, o sindicato dos motoristas receberá uma multa de R$ 5 milhões por hora.

“Pelo exposto, defiro a liminar requerida para determinar que o polo passivo garanta o funcionamento do sistema de transporte coletivo de ônibus na cidade de São Paulo, com o mínimo de 85% da frota operando em linhas que atendam hospitais e escolas e o mínimo de 70% da frota operando nas demais linhas. Caso haja descumprimento desta medida, incidirá multa de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) por hora em que esta determinação não for cumprida” – determinou a juíza Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi, da 13ª Vara de Fazenda Pública.

O Sindmotoristas – Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo confirmou na tarde desta terça-feira que a categoria deve cruzar os braços das 00h às 08h nesta quarta-feira, 15 de março de 2017.

Os metroviários devem decidir nesta noite como será o protesto.

Devem parar também até às 8h da manhã desta quarta-feira, os ônibus do ABC Paulista.

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin entrou na justiça para impedir a paralisação do metrô.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

7 comentários em Justiça determina frota mínima de ônibus em São Paulo em caso de paralisação

  1. Acho isso um absurdo, paralisação para previdência tem que ser geral, o que adianta só vcs protestarem

  2. Tem que parar msm..não podemos aceitar a imposição forçada, de algo que só prejudica o povo…..quem é contra isso ou ja ta aposentado ou é empresario ou político……tem que parar msm

  3. Amigos, boa noite.

    Esta multa rem de ser aplicada a quem deu causa e motivou esta situacao.

    Ao palacio do Planalto, ao INSS, aos ministerios, ao congresso nacional, e aos corruptos que levaram o dinheiro da previdencia e deixaram esse monte de obras podres e inacabadas.

    Ta dificil de entender ou TODOS ESTAO SE FINJINDO DE MORTOS …

    O Brasil pode estar deitado em berco explendido desde 1500, mas ele JA ACORDOU.

    MUDA BRASIL .

    Att,

    Paulo Gil

  4. Não sei onde que isso é ”GREVE GERAL”….só nesse paízinho de merda que essas palhaçadas acontecem mesmo !!!

  5. Se o pais se unisse com uma so voz , contra esses corruptos, poderíamos expulsar essa cambada de ladrões, que roubam tudo do povo e ainda querem dar um de inocentes , ladroes , .

  6. Me sinto enojado com os políticos do brasil, VAMOS PARA AS RUAS MEU POVO , precisamos fazer algo , não devemos nos acomodar com :” que esta bom pra mim, dane-se o resto” isso é egoísmo!quando tiraram a ditadura , foram os brasileiros que o fizeram, afinal eles estão roubando-nos de tudo quanto é lado , é merenda escolar, impostos de tudo quanto é jeito , saúde, alimentação até as riquezas do nosso pis estao vendendo. Precisamos nos unir , “FORA LADRÕES, NÃO PRECISAMOS DE NADA DE VCS ,FORA FORA FORA, EXIJO QUE SUMAM DO NOSSO PAÍS…..”

  7. Edilson, boa noite.

    A ditadura esta ai firme e forte, a democracia so existe nas paginas da Constituicao de 88.

    Quem manda e u PUDER e esse puder NAO emana do povo.

    O PUDER e uma heranca que segue de pai pra filho, biologico ou nao.

    E o desperdicio do dinheiro do contribuinte, as mazelas e as obras faraonicas continuam ai firmes e podres.

    Aqui nao tem jeito, afinal a burrocracia nao deixa e endossa a corrupcao e detivafos.

    Abcs,

    Paulo Gil

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Ônibus de São Paulo e do ABC vão parar nesta quarta-feira (15) reafirmam sindicatos – Diário do Transporte
  2. Ônibus devem parar em São Paulo no dia 15 de março – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: