Ônibus de Sorocaba também podem parar na quarta-feira, dia 15

Estão previstos protestos que também podem paralisar sistemas de ônibus da capital paulista, de Curitiba e Londrina. Metroviários de São Paulo ainda devem decidir se vão aderir a movimentos

ADAMO BAZANI

Sorocaba, no interior de São Paulo, é mais uma cidade que pode ficar sem transporte ou com menos oferta de serviços nesta quarta-feira, 15 de março de 2017.

O sindicato dos motoristas e cobradores da região informou que categoria, em assembleia nesta sexta-feira, decidiu que vai aderir ao dia de protestos contra as reformas da Previdência, conclamado por movimentos sociais e centrais sindicais.

A estimativa do sindicato é que entre 0h e 8h, os ônibus não saiam das garagens.

Também pode haver paralisação nos serviços de ônibus da capital paulista entre 0h e 9h e de Curitiba e Londrina em todo o dia.

Os metroviários de São Paulo devem realizar uma assembleia no dia 14, na sede do sindicato, para decidirem se farão algum tipo de protesto no dia 15 também.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes