Tupi coloca dez ônibus novos em operação na zona sul da Capital Paulista

ônibus
Veículos seguem determinações de restrição à poluição e acessibilidade

Atendendo à determinação da prefeitura, veículos já têm ar condicionado e equipamentos instalação para wi-fi

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus de parte da zona sul da Capital Paulista vão contar a partir desta terça-feira, 7 de março de 2017, com 10 ônibus novos.

Os veículos vão circular por linhas operadas pela Tupi Transportes Urbanos Piratininga Ltda, que realizou a compra.

788eab58-5b11-4205-ae12-4faef7a5e248

Ar-condicionado é obrigatório nos novos ônibus da Capital Paulista

Os ônibus são modelo Caio Apache VIP IV, Mercedes-Benz, com motor dianteiro, e serão usados em linhas de menor carregamento que não possuem embarque pelo lado esquerdo.

Já atendendo às determinações da prefeitura, os veículos, além de seguirem os padrões nacionais de acessibilidade e de restrição à emissão de poluentes, possuem ar-condicionado e dispõem de entradas para instalação de wi-fi para acesso gratuito à internet. Os novos ônibus também contam com validadores de recarga do Bilhete Único.

0c7f61af-462d-4aa2-ba40-2815b7b48103

DIA DAS MULHERES:

Na ocasião aproximação do dia das mulheres, a empresa de ônibus também anunciou que contratou 20 mulheres, sendo 10 cobradoras e 10 motoristas.

A Tupi também informa que no início de abril deste ano, outras 10 vagas para mulheres motoristas serão abertas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. William de Jesus Santos disse:

    Boa tarde!

    Adamo, a informação que tenho é de que são OF-1724L, e não OF-1721. Vi isso no Onibus Brasil

    1. Arthur Lira disse:

      Também vi isso lá…

  2. Rafael disse:

    Vão rodar na 576M/10?

    1. William de Jesus disse:

      Ta mais facil rodarem na 574A

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Isso e o efeito Transwolf.

    Salve a concorrencia.

    Mas lembeando que a TUPI e das boas e tradicionais empresas.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta