Não haverá Greve do Metrô em São Paulo nesta terça-feira

Decisão foi tomada em assembleia do Sindicato dos Metroviários

ADAMO BAZANI

São Paulo NÃO terá greve de Metrô nesta terça-feira, 06 de março de 2017.

Os metroviários decidiram em assembleia na noite desta segunda-feira trabalhar normalmente.

A categoria decretou estado de greve em 14 de fevereiro e pleiteia que o Metrô pague a PR – Participação nos Resultados de 2016. O valor mínimo reivindicado foi de R$ 5.791,87.

Em reunião na manhã desta segunda no TRT – Tribunal Regional do Trabalho, o Metrô manteve a proposta de pagamento em parcelas.

Os trabalhadores aceitaram a proposta de parcelamento.

Os metroviários devem aderir ao Dia Nacional de Paralisação contra as reformas da previdência e trabalhista no dia 15 de março. Dia 14 terá uma assembleia para decidir.

O sistema de Metrô de São Paulo tem cinco linhas que transportam em torno de 4,5 milhões de pessoas por dia. A malha é de cerca de 70 quilômetros. São quatro linhas sob administração e operação pública do Governo do Estado (Linha 1-Azul, Linha 2-Verde, Linha 3-Vermelha, Linha 5-Lilás) e a linha 4-Amarela é privada. Também faz parte da rede a Linha 15-Prata, que é de monotrilho e opera entre duas estações com 2,3 quilômetros. A exemplo das composições da linha 4, não há operadores (maquinistas) no monotrilho.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Não haverá Greve do Metrô em São Paulo nesta terça-feira

  1. Olá!! Seria interessante repensar a paralisação total no dia 15/3, porque inviabiliza que as demais categorias se desloquem para as assembleias no centro da cidade.

1 Trackback / Pingback

  1. Greve do Metrô de São Paulo será votada na noite desta segunda-feira – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: