No Carnaval, Artesp aplica 26 multas às empresas de ônibus e apreende 40 clandestinos

Itens de segurança, conforto, além de higiene e cumprimento de horários foram verificados em terminais rodoviários

No ano passado inteiro, de acordo com a agência, 644 ônibus foram apreendidos em terminais. Ao todo foram fiscalizados 62.907 coletivos

ADAMO BAZANI

A Artesp, agência que regula os transportes no Estado de São Paulo, divulgou nesta sexta-feira, 03 de março de 2017, balanço das operações em terminais rodoviários e rodovias no Carnaval. De acordo com a agência, nas fiscalizações em terminais rodoviários, foram feitas 26 autuações às empresas de ônibus.

Foram verificadas as condições mecânicas dos veículos, assim como itens de segurança, higiene e o cumprimento de horários. Ao todo foram vistoriados 480 ônibus no Carnaval.

Em todo o ano passado, de acordo com a agência, foram aplicadas 3.749 multas às empresas de transporte intermunicipal de passageiros. Já 644 veículos foram apreendidos nos terminais. Ao todo, a Agência realizou 62.907 ações de fiscalização em ônibus nas rodoviárias no ano passado.

A frota cadastrada passa uma vez por ano por vistoria mecânica.

unnamed-28

Em relação ao transporte clandestino, a Artesp, em seu balanço, informa que os fiscais abordaram nas pistas durante o Carnabval, 276 veículos dos quais 40 não tinham licença para realizar o transporte intermunicipal de passageiros e foram apreendidos.

No ano passado, em fiscalizações sobre o transporte clandestino, foram apreendidos 823 veículos nas rodovias, com apoio da Polícia Militar Rodoviária, e em garagens.

O balanço parcial dos dois primeiros meses mostra que foram apreendidos 536 veículos clandestinos e aplicadas 646 multas.

Em nota, a Artesp diz que o passageiro pode consultar pela internet  antes de viajar, se a transportadora está regular ou não.

“O serviço irregular (sem licença) oferece inúmeros riscos aos passageiros, uma vez que o veículo não é vistoriado, não há garantia de que o motorista seja habilitado para atuar no transporte coletivo e, em caso de acidente, não há seguro para os passageiros. Antes de realizar uma viagem intermunicipal os usuários podem consultar no site da Artesp (www.artesp.sp.gov.br) se a empresa é regulamentada, bastando para isso saber a placa do veículo ou o CNPJ da empresa fretadora. Os usuários podem ajudar a combater o transporte clandestino por meio de denúncia, utilizando o telefone da Ouvidoria Artesp (0800.727.83.77) ou o endereço eletrônico ouvidoria@artesp.sp.gov.br. Todas as denúncias são apuradas.”

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em No Carnaval, Artesp aplica 26 multas às empresas de ônibus e apreende 40 clandestinos

  1. Amig8s, boa noite.

    O que a Artesp deveria fazer e um trabalho para simplificar o registro das empresas isso sim.

    E tambem facilitar a consulta ne, afinal o oassageiro vai saber a placa do veiculo ou o CNPJ da empresa.

    Facam- me o favor, e pra nao funcionar mesmo.

    Uma duvida, o buzao da Uniao Litoral, tinha passado pela vistoria mecanica da ARTESP ?????

    Muda Brasil.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: