Empresas de ônibus rodoviários com inovações tecnológicas recebem prêmio nacional

Representantes das empresas em cerimônia realizada em Brasília no último dia 6 Representantes das empresas em cerimônia realizada em Brasília no último dia 6

A vencedora da edição 2016 do Prêmio ANTP-ABRATI 2016 – Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros foi a Viação Garcia.  Expresso Gardênia, Expresso Princesa dos Campos, e Viação Ouro e Prata também foram premiadas

ADAMO BAZANI

A tecnologia está cada vez mais presente no dia-a-dia das pessoas, tanto nas ações simples como selecionar um pedido de entrega de comida em domicílio por aplicativo de celular até grandes intervenções nas diversas áreas da medicina.

Com o setor de transportes, a realidade não tem sido diferente.

No entanto, algumas empresas ainda têm resistido em investir nas inovações.

Por isso que as boas práticas em relação à prestação de serviços, incluindo o maior uso de tecnologia, precisam ser mais difundidas para que sirvam de exemplo para outras companhias de ônibus e até mesmo para os gestores públicos na área de transportes.

E este foi um dos objetivos do Prêmio ANTP-ABRATI 2016 – Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros, de abrangência nacional, concedido conjuntamente pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) e pela Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestres de Passageiros (ABRATI).

O tema proposto para este ano foi “Inovação e Tecnologia”.

Segundo nota da organização da premiação, “a intenção era que os concorrentes apresentassem uma ação de melhoria que tenha ocasionado mudança positiva de comportamento na empresa, podendo ser voltada a funcionários ou clientes, ou se referir ao aprimoramento de processos internos.”

A vencedora foi a Viação Garcia, com o projeto Check-In Digital, que consiste no embarque imediato do cliente que tenha adquirido a sua passagem pela internet, sem a necessidade de retirada antecipada do bilhete. A Garcia recebeu Troféu, Selo de Referência e Certificado correspondentes à conquista.

Receberam menção honrosa a Expresso Gardênia, com o projeto intitulado Circuito Gardênia – Circuito Cultural do Sul de Minas, e Expresso Princesa dos Campos, com a experiência denominada Consumo Consciente.

O Prêmio ANTP-ABRATI– Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros é realizado desde 2011.

Empresas que tenham sido vencedoras em mais de dois ciclos do Prêmio ANTP-ABRATI concorreram como Referencial de Excelência. Neste ano, conquistou a categoria a Viação Ouro e Prata, que apresentou o trabalho denominado A experiência do cliente: a pesquisa de viagem como ferramenta de aperfeiçoamento e inovação. A Viação Ouro e Prata havia conquistado o Prêmio ANTP-ABRATI em 2013 e em 2014.

Em nota, o coordenador da premiação pela ANTP, Alexandre Resende, destacou o empenho com que as empresas participaram e sublinhou que a vitória é de todo o setor:

“O Prêmio ANTP-ABRATI é menos uma competição e mais um processo cujo principal objetivo tem sido apresentar inovações e resultados criativos, visando compartilhar boas práticas com todas as associadas”, disse, convidando as empresas a se prepararem para participar no próximo ano.

Na mesma nota, a Abrati detalha os projetos vencedores que podem servir de exemplo para as outras empresas adaptarem às suas realidades.

 

COM O VITORIOSO PROJETO ‘CHECK-IN DIGITAL’, VIAÇÃO GARCIA GARANTE AOS CLIENTES PRATICIDADE DA COMPRA AO EMBARQUE

 

abrati-1

 

O projeto Checki-in Digital, da Viação Garcia, vencedor do Prêmio ANTP-ABRATI 2016 – Boas práticas do Transporte Terrestre de Passageiro, possibilita ao cliente que tenha adquirido a sua passagem pela internet o embarque imediato, sem a necessidade de retirada antecipada do bilhete. A nova sistemática aprimora um serviço de vendas que já oferece além da compra online e pelo telefone a escolha do assento com até 40 dias de antecedência em relação à data da viagem.

 

Antes do projeto Check-in Digital, apesar de todo o processo de compra poder ser realizado online, o cliente ainda deveria retirar o bilhete no guichê do terminal rodoviário com 30 minutos de antecedência, ou buscá-lo em uma agência credenciada ou em totens de

autoatendimento existentes nas cidades paranaenses de Londrina, Maringá e Curitiba.

 

Agora, ao adquirir a passagem pela internet, o cliente recebe por e-mail um número de voucher, que pode ser acessado pelo celular, tablet ou computador; com esse número e/ou com um documento com foto, poderá se apresentar na plataforma para embarque, sem passar pelo guichê ou imprimir previamente a passagem.

 

Para o lançamento, foram feitos ‘posts’ nas redes sociais (Facebook e Instagram) e houve a publicação de banner no site da Viação Garcia e o envio de e-mail marketing para 160 mil contatos, com a grande repercussão e comentários positivos. Houve também divulgação interna.

 

Durante dois meses, o Check-In Digital foi testado como projeto piloto nas cidades de Londrina e Maringá, no Paraná, e nas cidades paulistas de São Paulo e Campinas, sempre com excelente aceitação. As estratégias de marketing do lançamento cobriram todos os Estados de atendimento: Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, agregando ainda mais valor à campanha de apresentação do novo serviço.

 

Houve alto grau de aceitação, como comprovam pesquisas em três cidades do projeto piloto –Londrina, Maringá e São Paulo –, com 3.200 passageiros entrevistados, 78% dos quais avaliaram a sistemática com notas entre 8 e 10; os outros 22% atribuíram notas 6 e 7.

 

Fundada em 1934, a Viação Garcia tem sede em Londrina/PR, conta com frota moderna de aproximadamente 800 ônibus; a idade média da frota operante é de 3,1, anos. Os veículos da empresa percorrem mais de 65 milhões de quilômetros por ano nas linhas que ligam os estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro, transportando em média 14 milhões passageiros por ano (estimativa para 2016).  A empresa também opera no transporte metropolitano, com linhas partindo dos grandes polos, como Londrina e Maringá. A frota, totalmente é atualizada e conta com modelos adequados para o atendimento de passageiros com mobilidade reduzida. Nas principais cidades dos Estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro, a Viação Garcia mantém aproximadamente 400 pontos para vendas de passagens.

 

REFERENCIAL DE EXCELÊNCIA, VIAÇÃO OURO E PRATA USA PESQUISA PARA APRIMORAMENTOS E INOVAÇÃO

abrati-2

A Viação Ouro e Prata conquistou o Referencial de Excelência do Prêmio ANTP-ABRATI 2016 com o projeto denominado A experiência do cliente: a pesquisa de viagem como ferramenta de aperfeiçoamento e inovação.

 

Considerando que a satisfação dos clientes tem impacto positivo direto na rentabilidade das empresas e que, inversamente, o custo da insatisfação é elevado sob variados aspectos, em especial o risco de perda de demanda, a Viação Ouro e Prata – e todo o grupo de empresas do qual é integrante –acompanha a satisfação de seus usuários e realiza pesquisas de satisfação desde o início do ano 2000.  Nos últimos dois anos, a empresa decidiu adotar a pesquisa como fonte de informações de maior relevância e adotou ferramentas e métodos que agregam três fatores inovadores.

 

Com a automatização da pesquisa de satisfação, a empresa passou a receber ‘feedback’ do cliente logo após cada viagem, obtendo assim um sinalizador rápido e efetivo do que é necessário para atingir melhores parâmetros de satisfação e qualidade. Com a otimização da gestão de reclamações, sugestões e elogios, passou a ser possível fazer um gerenciamento mais adequado da recuperação de serviços. E com a realização do ‘Kaizen a Bordo’, a Viação Ouro e Prata ampliou sua capacidade ver as possíveis falhas; dessa forma, a própria empresa se transformou em um cliente munido de uma ‘lupa’, capaz de detectar detalhes que levam à satisfação ou insatisfação.

 

O conjunto de iniciativas que compõe a boa prática possibilitou avanços, como a maior compreensão do que realmente faz diferença para os clientes, a análise mais precisa e ágil da satisfação de clientes (qualidade percebida), rapidez na adoção de medidas de correção de não conformidades, e uso dos elogios como uma ferramenta de reforço positivo das atitudes (qualidade dentro dos padrões Lean).

 

A Viação Ouro e Prata opera o transporte intermunicipal, interestadual e internacional por meio de 95 linhas próprias. A empresa atua nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Pará e tem duas linhas internacionais que ligam Porto Alegre/RS a Salto, no Uruguai, e a Posadas, na Argentina. Em 2015, a empresa transportou 2.201.553 passageiros em sua frota de 215 ônibus, dos quais 100% possuem ar condicionado e 42,5% são equipados com internet Wi-Fi disponível para os passageiros. A frota teve uma renovação de 55 ônibus nos últimos dois anos (21% do total a frota); a idade média da frota é de 5,1 anos.

 

COM O PROJETO ‘CONSUMO CONSCIENTE’, PRINCESA DOS CAMPOS OBTÉM NOVA MENÇÃO HONROSA E ECONOMIA DE R$ 2,63 MILHÕES

 abrati-3

A experiência intitulada Consumo Consciente possibilitou à Expresso Princesa dos Campos alcançar menção honrosa no Prêmio ANTP-ABRATI 2016 – Boas práticas do Transporte Terrestre de Passageiros. Em 2015, a companhia havia obtido menção honrosa com o projeto de comunicação com o público interno denominado Jogando conversa dentro.

 

O programa Consumo Consciente visa disseminar uma nova cultura de consumo junto aos profissionais do Expresso Princesa dos Campos; tal nova cultura vai além do ambiente de trabalho, alcançando as relações sociais, econômicas e com a natureza. A intenção é incentivar e consolidar novos hábitos no dia a dia da empresa que gerem grande impacto no futuro. Os 1.400 profissionais são estimulados a apresentar ideias e sugestões de consumo consciente para a empresa, as quais são analisadas quanto à sua adequação e viabilidade de implantação. Essencialmente, busca-se criar um processo continuo, em que os impactos de economia gerados sejam constantes e não uma atitude momentânea.

 

Os mais de 1.400 profissionais podem participar do programa seja oferecendo ideias ou sugestões, ou incorporando a nova cultura e os novos hábitos de consumo implantados na empresa.

 

A análise das ações permitiu concluir que houve uma significativa influência do programa no resultado global da empresa. Foram aplicadas 16 das 41 ideias recebidas, gerando economia de R$ 2.637.387, 00 em 2015, o que corresponde ao equivalente a 31,22% do lucro líquido daquele ano. Além dos resultados quantitativos, as opiniões dos profissionais mostram o engajamento e a participação na implantação e disseminação da cultura proposta pelo programa Consumo Consciente.

 

Atualmente, a Expresso Princesa dos Campos conta com 12 garagens próprias, sendo as principais as localizadas nas cidades paranaenses de Ponta Grossa (matriz), Curitiba, Cascavel, e Foz do Iguaçu e em Registro/SP. A companhia transporta por ano 11 milhões de passageiros, viajando 30,6 milhões de quilômetros. Possui 370 modernos ônibus e 170 veículos para transporte de encomendas, e conta com mais de 1.300 profissionais e 2.000 profissionais terceirizados em mais de 700 cidades dos Estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

 

 

COM O PROJETO ‘CIRCUITO CULTURAL NO SUL DE MINAS’, EXPRESSO GARDÊNIA CONQUISTA MENÇÃO HONROSA

 abrati-4

A Expresso Gardenia obteve menção honrosa no Prêmio ANTP-ABRATI 2016 com a experiência denominada Circuito Gradenia – Circuito Cultural do Sul de Minas, um evento itinerante, que, em 2015, percorreu cinco cidades do Sul de Minas e, em 2016, em sua segunda edição, se propõe a alcançar seis cidades, levando a ‘arte do circo’ para praças e ruas desses municípios. A iniciativa conta com o estímulo de leis de incentivo à cultura.

 

Com acesso gratuito, o programa prevê sempre dois dias de evento: uma sessão às sextas-feiras à tarde, direcionada às escolas, e atividades na sexta à noite e sábado de manhã, voltadas para o público em geral. A proposta é oferecer a todos um evento com muita alegria e arte, transformando o final de semana da cidade em um momento de entretenimento a partir da cultura.

 

A escolha do tema – Circo de Rua – visou resgatar as artes circenses, surgidas no Brasil no século 19 com a chegada dos europeus que, com o passar do tempo, vêm sendo esquecidas. Em sua primeira edição, no ano de 2015, o projeto foi desenvolvido em cinco cidades e beneficiou 10 escolas, entre públicas e privadas, e os espetáculos foram vistos por cerca de cinco mil pessoas. Para a Expresso Gardenia, o investimento em programas socioculturais contribui para o desenvolvimento humano, além de fortalecer e associar sua imagem a ações socialmente responsáveis.

 

A Expresso Gardenia atua no transporte rodoviário estadual e interestadual de passageiros, turismo, fretamentos e transporte de cargas e está presente em mais de 150 municípios, tendo como principais áreas atendidas as cidades do Sul de Minas Gerais, como Pouso Alegre, Itajubá, Poços de Caldas, Santa Rita do Sapucaí, São Lourenço e Caxambu, entre outras.

Anualmente, a empresa transporta mais de 6 milhões de pessoas e movimenta um volume próximo de 800 toneladas de cargas e encomendas. A empresa conta com um frota composta por 350 ônibus com idade média de 5 anos e frota adicional constituída por carretas e caminhões para o transporte de cargas e encomendas expressas. Sua força de trabalho soma mais de 1 mil colaboradores diretos, além de consultorias fixas de áreas multidisciplinares do negócio.

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes