Grupo japonês adquire participação na Odebrecht Mobility

Publicado em: 15 de setembro de 2016

Grupo já está presente em sistemas de transportes cariocas.

RENATO LOBO

Em palestra de abertura na Semana de Tecnologia Metroferroviária, realizada em São Paulo, o gerente chefe do grupo japonês West Japan Railway Company (Grupo JR-West) Go Hirano, afirmou que as empresas adquiriram 33,9% da Odebrecht Mobility, do Grupo Odebrecht.

Entre as áreas de atuação, está o novo sistema Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT no Rio de Janeiro, e um contrato de cooperação técnica com a Supervia, operadora dos trens metropolitanos cariocas.

Hirano explicou que a estratégia da empresa é adquirir e recuperar áreas degradadas ou mal aproveitadas nos leitos ferroviários. Depois apresenta os projetos ao poder público, como construção de shopping-centers, hospitais, lojas de departamentos, supermercados, hotéis, prédios de escritórios, clínicas, entre outros. Na etapa seguinte vem a locação dos espaços e administração.

O grupo obtém 55% da sua receita no ramo imobiliário, e 48% do lucro vem do setor de transportes. Um dos cases de sucesso apresentado pelo gerente foi em Osaka, na utilização de um terreno de 84 mil metros quadrados com outras empresas que abrigaram dois prédios residenciais.

A 22ª edição Da Semana de Tecnologia Metroferroviária, realizada pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô – AEAMESP, acontece até o dia 16 de setembro de 2016, no Centro de Convenções Frei Caneca.

Renato Lobo, técnico em Transportes Sobre Pneus e Trânsito Urbano

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. jair disse:

    Que belo exemplo de aproveitamento das cercanias de grande concentração de publico, no caso passageiros.
    Concordo com o Rodrigo Santos, venha logo até nos.

Deixe uma resposta