Marcopolo comercializa os primeiros Ideale 800 para o Rio Grande do Sul

Marcopolo quer ampliar venda da versão do Ideale no Rio Grande do Sul.

Ônibus vão fazer transportes seletivos e são encarroçados em chassi Volkswagen

ADAMO BAZANI

A Marcopolo entregou 10 ônibus modelo Ideale 800 em chassi Volkswagen 17-230 para a Transcal – Sul Transportes Coletivos Ltda., do Rio Grande do Sul.

Os ônibus são para viagens de serviço seletivo.

Cada veículo tem 13,43 metros e é configurado para transportar 51 passageiros em poltronas executivas de 1.005 mm.

De acordo com o diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, Paulo Corso, é o primeiro lote do modelo para o estado.

“Estes são os primeiros veículos do modelo Ideale 800 que fornecemos para um cliente no Rio Grande do Sul e isto amplia a nossa presença e fortalece a imagem de versatilidade e inovação que a marca possui”

Em nota, a Marcopolo destaca algumas características do modelo:

O Ideale conta com estrutura reforçada e fácil acesso aos componentes mecânicos, tornando mais rápida a manutenção e diminuindo o tempo fora de operação. Internamente, os diferenciais do Ideale são o elevado padrão de conforto e ergonomia e a porta do tipo In-Swing de 870 mm de largura, que se desloca para a parte interna do veículo e oferece maior segurança e funcionalidade na operação. Outro destaque é o maior espaço de circulação no corredor, com 375 mm de largura e a configuração interna totalmente renovada, como novos revestimentos, porta-pacotes e porta-focos redesenhados e redimensionados, além da iluminação em LEDs.

 A iluminação do salão de passageiros é toda em LEDs, com luzes indiretas para maior comodidade e sofisticação. Os LEDs estão presentes também nas luzes de leitura dos porta-focos, que contam ainda com saídas individuais para ar-condicionado. As linhas do acabamento interior da cabine seguem as tendências automobilísticas, com materiais e texturas mais “amigáveis” e modernos.

 O Ideale também conta com grande área envidraçada nas portas e nas paredes de separação, que ampliam o campo visual dos passageiros, assim como o seu bem-estar. E a parede de separação, com porta de acesso ao salão de passageiros com abertura para o lado de fora, facilitando a circulação e sem interferir no espaço das poltronas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: