EMTU diz que vai intensificar ações diárias de fiscalização em transportes na região de Sorocaba

Fretamento é uma das atividades que terão as fiscalizações por parte da EMTU mais rígidas, segundo secretaria dos transportes.

Linhas regulares e fretamento são alvos. Além disso, serão cadastrados o ônibus para o transporte escolar. Gerenciadora fez balanço dos transportes metropolitanos na região

ADAMO BAZANI

A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo anunciou à imprensa nesta quinta-feira, 14 de abril de 2016, que ainda nesse mês vai realizar fiscalização diária no sistema de ônibus fretamento em Sorocaba e região. As linhas regulares, que já são fiscalizadas, devem ter ações intensificadas, contando com os trabalhos nas garagens.

Segundo a empresa, no caso do fretamento, esta é uma fase anterior às blitze que serão realizadas nas 26 cidades, inclusive em estradas.

Serão duas equipes que inicialmente vão notificar e orientar os transportadores para se regularizarem junto à Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM e a EMTU/SP.

A gerenciadora prometeu agir contra o transporte pirata.

No segundo semestre, os alvos das ações serão os operadores de transporte escolar. O primeiro passo para regularizar os serviços, segundo a EMTU, é o cadastramento da frota.

BALANÇO DO TRANSPORTE METROPOLITANO:

No final do ano passado, por meio da resolução 59 da Secretaria de Transportes Metropolitanos de 4 /12/2015, a gestão dos transportes nas 26 cidades da região de Sorocaba passou a ser atribuição da EMTU. Antes era da Artesp – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo.

Nesta semana, reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região, em Sorocaba, com prefeitos,  o presidente da EMTU, Joaquim Lopes, fez um balanço da gestão da empresa frente aos transportes metropolitanos.

Segundo ele, são transportados 1,4 milhão de passageiros/mês, distribuídos nos 26 municípios da região. São 84 linhas, com nove empresas permissionárias. A média de idade da frota é de 5,5 anos, sendo que 55% já dispõem de itens de acessibilidade para pessoas com deficiência.

Na nota, Joaquim Lopes ainda diz foram ampliadas as gratuidades na região e que uma área será destinada a inspeção de veículos de transportes coletivos.

Cerca de 2550 carteiras de Estudantes foram emitidas, entre Passe Livre e Passe Escolar, além de 400 carteiras para usuários com deficiência. As cidades de Boituva e Votorantim já tiveram duas grandes entregas coletivas das carteiras às pessoas com deficiência, que agora podem se locomover entre as cidades.  Ainda segundo Joaquim Lopes, está previsto para o próximo mês a instalação do Escritório Administrativo da EMTU/SP em Sorocaba e aquisição de área do DER para implantação do pátio de apreensão de veículos e valeta para as inspeções veiculares

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: