Linha de ônibus entre o metrô Barra Funda e o Aeroporto de Congonhas deixa de operar no dia 20

Linha do Aeroporto de Congonhas para o Metrô Barra Funda tem parte do trajeto sobreposto à linha até Perdizes.

Passageiros devem pegar mais de uma condução dependendo do trajeto

ADAMO BAZANI

A partir de sábado, 20 de fevereiro de 2016, duas linhas de ônibus que atendem o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e seguiam para a zona oeste da cidade vão ser “unificadas”, de acordo com comunicado empresa operadora Tupi.

A linha 875M/10 – Aeroporto/Metrô Barra Funda deixa operar no trajeto original. Assim apenas estará em vigor a linha 875A/10 – Aeroporto/Perdizes.

Dependendo do trajeto feito habitualmente pelos passageiros, será necessário pegar outras linhas de ônibus. Um exemplo é para as pessoas que desembarcam na Avenida Miruna. A opção é usar a linha 609J – Aeroporto/Metrô São Judas.

Já quem do Aeroporto tinha como destino a Estação Barra Funda, deve descer na Avenida Pacaembu e pegar a linha 875P – Metrô Ana Rosa/Metrô Barra Funda.

LICITAÇÃO DEVE REDUZIR ITINERÁRIOS:

Processo semelhante de redução de linhas, sobreposições e trajetos deve ser visto após a conclusão do processo de licitação do sistema de ônibus em São Paulo, que está suspenso e é alvo de contestações do TCM – Tribunal de Contas do Município e do Ministério Público de São Paulo.

O passageiro deve fazer mais baldeações para seguir o mesmo trajeto, mas a prefeitura promete um sistema com linhas mais rápidas e enxuto, o que pode futuramente resultar em aumentos menores das tarifas pela diminuição dos custos.

A dúvida sobre a eficiência destas integrações é a falta de estrutura para linhas mais rápidas. São Paulo tem apenas 130 quilômetros de corredores de ônibus. O temor é de as pessoas esperarem muito tempo até chegar o segundo ônibus no terminal local de baldeação pelo fato de o veículo estar preso no trânsito.

Com a criação de três grupos de serviços e redes de transportes, quase 30% das linhas de ônibus da cidade de São Paulo vão sofrer alterações com a licitação do sistema municipal. Já 58,3% dos atuais itinerários serão mantidos. Outros 12% são referentes a linhas de ônibus da rede da madrugada. Dos quase 30% de linhas alteradas, 6% se tratam de novos trajetos. Devem ser aproximadamente 1,2 mil linhas de ônibus. Hoje a cidade de São Paulo possui 1.386 linhas, de acordo com a SPTrans.

As maiores alterações devem se tratar de seccionamentos, ou seja, de divisão das linhas.

Com isso, a prefeitura diz que sobreposições serão eliminadas, em grandes eixos só devem circular ônibus articulados e biarticulados e serão mais numerosas as viagens, principalmente dos grupos locais de distribuição e articulação, com itinerários mais curtos.

Como resultado, a população deve ter de fazer mais baldeações para completar a viagem. Hoje um trajeto que é feito com um ou dois ônibus pode demandar entre três e quatro transferências.

A licitação deve remodelar os transportes na cidade de São Paulo, reduzindo o número de ônibus, mas aumentando o total de viagens e lugares disponíveis nos veículos, segundo a prefeitura, com a eliminação de linhas sobrepostas e substituição de micro-ônibus por micrões ou convencionais e de ônibus padron por articulados e superarticulados.  O passageiro deve ter de fazer mais baldeações.

Dos atuais 14 mil 878 ônibus a frota deve ter 13 mil 057 veículos, mas, na promessa da prefeitura, o total de viagens deve subir 17%. Hoje são atuais 186 mil por dia e devem passar para 217 mil. Já os lugares disponíveis nos ônibus devem subir 14% de 996 mil para 1,1 milhão.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

14 comentários em Linha de ônibus entre o metrô Barra Funda e o Aeroporto de Congonhas deixa de operar no dia 20

  1. Menos ônibus mais viagens, mentira, menos ônibus menos viagens, menos lugares, ônibus super lotados, e a mesma conversa de quando liberaram as vias exclusivas para taxis falaram que aumentou a velocidade dos ônibus, chega a ser constrangedor, este prefeito se vendeu para as empresas de ônibus, a população vai sofrer, e por esta e outras que este prefeito não vai se reeleger.

    • Não é “menos ônibus, mais viagens”, mas sim “menos linhas, mais viagens”.

      O ponto aqui é justamente tirar linhas que existem sobreposições, e no lugar as linhas terem mais viagens disponíveis – por isso mais ônibus.

      Vide a situação atual apenas observando os corredores: em horários de pico, a maioria dos corredores sobrecarregam-se pois há muitas linhas que se sobrepõem. Nisso acontece de ter mais demoras nas viagens.

      Tira-se parte das linhas que se sobrepõem e deixe os corredores para “linhas troncais”, que liguem terminais ou centros de bairro. E na parte dos bairros, deixem ônibus circulares. O único mal será mais baldeação, mas a viagem centro-bairro provavelmente será mais confortável, já que haverá mais ofertas de lugares.

      • Vagner, entendi o seu ponto de vista, mas eu acredito que neste caso em questão o menos e de redução,

      • O problema é tirar uma linha importante da região sul e sermos obrigados a ter que fazer uma ou mais uma integração entre ônibus. Se ao menos o trajeto da 875M estivesse integralmente contido no trajeto da 875A não faria muita diferença, a única coisa que aconteceria é que o ônibus apenas passaria pelo Terminal da Barra Funda e seguiria sua viagem rumo a Perdizes, o que não é o caso. Sou contra a extinção de quaisquer uma dessas duas linhas.

  2. SE A PMSP/SMT/SPTrans COMEÇASSE A CORTAR ALGUMAS REGALIAS E MORDOMIAS Q TEM EM SEUS BASTIDORES…Q MUITAS VEZES PESSOAS COMO EU Q JA TRABALHARAM NA SOCICAM, EMPRESA Q ADMINISTRA OU ADMINISTRAVA (SEI LÁ…??!! ) OS TERMINAIS URBANOS DA SPTrans…DESDE OS TEMPOS FINAIS DO ULTIMO MANDATO DE PREFEITO DE SP/SP DO MALUF…VEEM E SE ESCANDALIZAM …NAS RUAS POR AÍ…NOS TERMINAIS DAS ESTAÇÕES DE METRÔ…E ETC. … NESSE CASO O TCM ESTA CERTÍSSIMO MESMO! AQUI NO JAÇANÃ AONDE EU MORO, TEMOS Q PEGAR HJ EM DIA … AS VEZES DOIS ÔNIBUS PRA IR AO METRÔ SANTANA E ARREDORES…DESDE Q EM NOVEMBRO DE 2.012, A SPTrans DO TRASTE DO KASSAB…SECCIONOU AS LINHAS 701U/10 E SEU ATENDIMENTO, 701U/21 (Q SÓ OPERA AOS DOMINGOS E FERIADOS…) E EXTINGUIU A LINHA 178C/10 – PQ. EDU CHAVES LAPÁ… E SEU ATENDIMENTO 178C/31… MEU DEUS Q HORROR ! HJ PRA EU AONDE MORO, AQUI…IR A SANTANA, TENHO Q CAMINHAR NO SOL ESCALDANTE OU NA CHUVA OU FRIAGEM…ATÉ A AVENIDA GUAPIRA, PRAÇA DO JAÇANÃ MAIS PRECISAMENTE (PRAÇA DR. JOÃO BATISTA VASQUEZ) UMA VERGONHA! HOUVE TEMPOS ANTES E POUCO DEPOIS DA INAUGURAÇÃO DAS ESTAÇÕES DA LINHA AZUL DO METRÔ…JD. SÃO PAULO, PARADA INGLESA E TUCURUVI…Q HAVIA FARTA CONDUÇÃO PRA SANTANA ! SANTANA CONTINUA SENDO O CENTRO NERVOSO DA ZONA NORTE DE SP/SP-AREA 2… E AS VEZES ATÉ DA NOROESTE…AREA 1…DEVIDO A FALTA DE FOMENTO DO DESENVOLVIMENTO DE OUTROS BAIRROS / DISTRITOS DA REGIÃO NORTE DA CAPITAL E DA REGIÃO NOROESTE…DA A VENIDA INAJAR DE SOUZA PRA LÁ…SENTIDO FREGUESIA DO Ó, BRASILÂNDIA E ETC. …É CATASTRÓFICA A SITUAÇÃO DAS LINHAS LOCAIS Q ALIMENTAM TERMINAIS DE ESTAÇÕES DE METRÔ AQUI ! MISERICÓRDIA ! E NÃO ME VENHAM COM ESSA PAPAGAIADA DE INTEGRAÇÃO…PEGAR UM “BUSÃO” ATÉ O METRO TUCURUVI OU PARADA INGLESA E DEPOIS OUTRO PRA SANTANA …ME POUPEM ! JA NÃO CHEGA A CHATICE DESDE 21/08/2010…AINDA NO MANDATO DO OUTRO IMPRESTÁVEL, O KASSAB… TER Q PEGAR DOIS ÔNIBUS PRA IR AO CENTRO / ALTO DA VILA MEDEIROS, AVENIDA NOSSA SENHORA DO LORETO E ARREDORES…E PRA IR AO CENTRO DA VILA GUILHERME TMB…NA AVENIDA JOAQUINA RAMALHO E ADJACÊNCIAS…Q FICA TMB ASSIM COMO A VILA MEDEIROS, AO LADO DO JAÇANÃ…PEGAR TMB DUAS CONDUÇÕES…POIS AQUI VC PODE PEGAR PRA VILA GUILHERME …SO ATÉ O CENTER NORTE OU VILA ISOLINA MAZZEI… ACHO ISSO UM ABSURDO !! ACORDA POVO ! ELEIÇÕES ESSE ANO PRA PREFEITO E VEREADORES ! ACORDEM ! CUIDADO COM O VOSSO VOTO…EM QUEM VCs VOTAM ! RUSSOMANO, MARTA, HADDAD DE NOVO…DEUS NOS LIVRE ! E KASSAB E SERRA DEUS NOS LIVRE TMB !

    • Escrever de caps lock apenas mostra que tu quer ganhar no grito e não em argumentos reais.

      De que adianta “ofender” os dirigentes do poder executivo? Nas assembléias e outros abertos ao público o que menos se vê são pessoas do público, locais esse dominado por partidários e pessoas do menor interesse.

      Baldiações é algo normal para cidades cujo desenvolvimento foi desordeiro, afinal não se pode colocar um ônibus de 18 metros pra circular em vias estreitas onde se não bastasse sua largura ainda contam com estacionamentos nas vias, e fazer um micro circular mais 5,10,15 ou 20 km, é formar a quebra do sistema local, pois a arrecadação de 20 ou 30 passageiros por viagem não paga o custo de uma extensão dessas.

      Obvio que existem muitos lugares com sobreposições, assim como muitos lugares com faltas de linhas estruturadas pra atender a demanda com o devido conforto.

      Mas veja as regiões oeste e sudeste (8 e 7), muitas linhas sobrepondo uma a outra, linhas que param do lado do terminal ao invés de parar dentro e linhas que em seu trajeto só muda uma ou duas legendas, fazendo uma dispersão de usuários, deixando o sistema menos sustentável.

      Se quer reclamar, faça sua parte em não apenas ajudar na eleição de um candidado e sim na cobrança e fiscalização dos efeitos da candidatura.

      E evite gritar, pois isso nem os nervos acalma, apenas lhes rebaixa a um nível menos racional da humanidade.

      Transporte é um direitos ao cidadão e um dever do estado, mas cabe ao cidadão a cobrança sobre o estado do gozo deste direito, e poucos não fazem muito, mas MUITOS fazem a diferença.

  3. Estranho. Eu não conhecia esta linha. :\

    • Essas duas linhas são antigas, em 2001 foram até eleitas as melhores da cidade pelo Diário de SP (A Itápolis-Sacomã foi a pior) por ligarem Perdizes e Aeroporto com pequenos intervalos, e variando o itinerário só em Moema (daí o A de Aratãs e o M de Miruna dps do 875) mas na reorganização do Haddad uma foi pra BF, logo a que cairá agora.

      • Então há um erro da SPTrans, já que esta linha é bem considerada. Tira a variação de Perdizes e deixa apenas a linha Barra Funda – Aeroporto, tratando-a como tronco. Só que entre Barra Funda e Perdizes há a região do Parque Antártica, Pompéia e Lapa. O fato de cortar a Francisco Matarazzo já mostra a dor de cabeça que a linha teria. Dias atrás passei em Barra Funda e vejo quando um monte de ônibus para no semáforo embaixo da ponte e o congestionamento que se forma… :\

        Bastaria a população que usa a linha se reunir e falar com a SPTrans.

  4. Já que estão sugerindo o uso da linha 875P (Metrô Barra Funda – Metrô Ana Rosa), deviam ampliar o atendimento da mesma aos domingos e feriados. Certo?

  5. balela enrolação e pilantragem é o nome da administração desse prefeito vagabundo tem 10 anos que utilizo essas 3 linhas em 2006 utilizava a linha 6726-10 jd.gaivotas metro ana rosa essa foi encurtada para o terminal grajaú eu pegava esse onibus e ia sentado até o ana rosa e pegava o onibus aeroporto e descia em frente a estação são judas hj tenho que pegar 3 ou quatro onibus e ainda ir empé e tanto o kassab como o haddad dizem que o transporte melhorou melhorou em que????

  6. quem lembra da 577T vila gomes x Jd mirian uma das linhas de maior demanda e maior disponiblilidade de carros foi encurtada até o metrô ana rosa pra quê pra fud…. o povo somente isso….

  7. Estes caras da prefeitura são mesmo é um bando de vagabundos e filhos das putas que estão ai pra dificultar a vida do cidadão

  8. PAUL WILLIAM DIXON // 30 de novembro de 2016 às 23:23 // Responder

    Falando de Perdizes, perdeu uma linha importante (além da 875M mencionada) que é a 274P. Faço um apelo para que esta linha seja reprolongada até Perdizes e funcione 7 dias por semana. Era linha-chave entre a Zona Leste e Oeste.
    Deveriam reativar também a 8261 Clínicas – Correio. Se fosse prolongado até Metrô Vila Madalena, seria uma linha extremamente útil.

Deixe uma resposta para Miguel sama Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: