LICITAÇÃO EM SÃO PAULO recebe sugestões até o dia 10 de agosto

Publicado em: 8 de julho de 2015

CONFIRA A MATÉRIA COM AS MINUTAS DO EDITAL NA ÍNTEGRA CLICANDO NESTE LINK LOGO ABAIXO:

CONFIRA O EDITAL DE LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES DE SÃO PAULO

licitação ônibus São Paulo

Ônibus em São Paulo. Licitação terá consulta pública e pode receber sugestões até o dia 10 de agosto. Foto: Adamo Bazani.

LICITAÇÃO EM SÃO PAULO: Consulta pública vai até 10 de agosto

Certame será dividido em três grupos de acordo com os modelos das linhas

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Paulo determinou que o período de consulta pública ao edital de licitação dos transportes coletivos tenha início neste dia 09 de julho de 2015, quando devem ser divulgadas as minutas do documento, até 10 de agosto, último dia que a Secretaria de Transportes deve receber as sugestões.

Depois desta data, a estimativa é de que as entre setembro e outubro a prefeitura receba as propostas das concorrentes. As empresas vencedoras devem ser conhecidas entre outubro e novembro, de acordo com previsão inicial, o que pode ser alterado dependendo do andamento da licitação.

As sugestões, opiniões e críticas devem ser dirigidas à Comissão Especial de Licitação, exclusivamente por escrito e protocoladas no setor responsável na Secretaria de Transportes, de segunda a sexta-feira das 09 h às 12 h e das 14h às 17h. O endereço é: Rua Boa Vista nº 236 – 8º andar – Centro – SP

As participações devem ter assinatura do interessado ou de responsáveis legais no caso de empresas.

Já as minutas devem ser disponibilizadas no site da própria prefeitura de São Paulo a partir de amanhã, mesmo sendo feriado estadual, ou quem se interessar pode levar um DVD virgem até a secretaria de transportes.

Apesar de ser licitação única, o edital será dividido em três partes de acordo com o grupo de linhas que vão compor o sistema de transportes:

– Grupo Estrutural: Reúne as linhas estruturais radiais (das regiões até o centro) e linhas estruturais perimetrais (ligando regiões, centralidades regionais sem passar pelo centro histórico) com ônibus maiores, por corredores ou vias de grande movimento, e menor intervalo. É dividido em quatro lotes operacionais e mais um lote específico que é o do Trólebus: a) Lote Estrutural 1 (E1): Área Operacional Norte; b) Lote Estrutural 2 (E2): Área Operacional Leste; c) Lote Estrutural 3 (E3): Área Operacional Sul; d) Lote Estrutural 4 (E4): Área Operacional Oeste; e) Lote Estrutural 5 (E5): Lote Especial Trólebus;

– Grupo Local de Articulação Regional: Liga bairros às centralidades regionais ou bairros até o centro da cidade sem passar por grandes vias. Será operado por ônibus menores. São nove lotes de serviços: a) Lote Local de Articulação Regional 0 (AR0): Área Operacional Central b) Lote Local de Articulação Regional 1 (AR1): Área Operacional Noroeste; c) Lote Local de Articulação Regional 2 (AR2): Área Operacional Norte; d) Lote Local de Articulação Regional 3 (AR3): Área Operacional Nordeste; e) Lote Local de Articulação Regional 4 (AR4): Área Operacional Leste; f) Lote Local de Articulação Regional 5 (AR5): Área Operacional Sudeste; g) Lote Local de Articulação Regional 6 (AR6): Área Operacional Sul; h) Lote Local de Articulação Regional 7 (AR7): Área Operacional Sudoeste; i) Lote Local de Articulação Regional 8 (AR8): Área Operacional Oeste

– Grupo Local de Distribuição: Será atendido por ônibus menores também dentro dos bairros. Podem levar até estações de metrô, trens ou terminais de ônibus nos bairros. Inclui as linhas rurais. São treze lotes operacionais: a) Lote Local de Distribuição 1 (D1): Área Operacional Noroeste; b) Lote Local de Distribuição 2 (D2): Área Operacional Norte; c) Lote Local de Distribuição 3 (D3): Área Operacional Nordeste 1; d) Lote Local de Distribuição 4 (D4): Área Operacional Nordeste 2; e) Lote Local de Distribuição 5 (D5): Área Operacional Leste 1; f) Lote Local de Distribuição 6 (D6): Área Operacional Leste 2; g) Lote Local de Distribuição 7 (D7): Área Operacional Sudeste; h) Lote Local de Distribuição 8 (D8): Área Operacional Sul 1; i) Lote Local de Distribuição 9 (D9): Área Operacional Sul 2; j) Lote Local de Distribuição 10 (D10): Área Operacional Sul 3; k) Lote Local de Distribuição 11 (D11): Área Operacional Sudoeste 1; l) Lote Local de Distribuição 12 (D12): Área Operacional Sudoeste 2; m) Lote Local de Distribuição 13 (D13): Área Operacional Oeste.

No comunicado de prazos do edital, publicado nesta quarta-feira, 08 de julho de 2015, no Diário Oficial da cidade, a Secretaria de Transportes traz um resumo decreto do prefeito Fernando Haddad da semana passada, trazido em primeira mão pelo Blog Ponto de Ônibus que prevê a reorganização dos serviços da cidade e deu as bases para o edital. Os detalhes podem ser conferidos no link: https://diariodotransporte.com.br/2015/07/03/licitacao-de-onibus-em-sao-paulo-decreto-do-edital-e-publicado-oficialmente/

A Secretaria de Transportes publicou hoje no Diário Oficial da cidade as justificativas para a licitação prometendo um “sistema inovador” tanto de divisão de linhas como de gestão e operação com uso de tecnologia embarcada nos ônibus e de CCO s Centro de Controle Operacional integrado com órgãos de fiscalização do sistema e de trânsito.

Os contratos devem durar 20 anos, podendo se prorrogados por este período desde que haja uma justificativa, com o valor de R$ 140 bilhões.

No comunicado, a prefeitura reforça que não haverá mais cooperativas de transportes na cidade e que as empresas devem se agrupar em SPEs- Sociedades de Propósito Específico.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Pedro disse:

    A Consorcio Plus não deve participar da licitação pois não esta renovando sua frota, se passar estrá comprovado ma fé e cartas marcadas, esta empresa esta rodando na sua grande maioria das linhas com ônibus velhos acima de 8 anos,

    1. Discordo outras empresas também tem ônibus com essa idade,e o máximo são 10 anos que a SPtrans deixa rodar,e a Vip não ira sair porque as empresas são cartas marcadas,além do que agora ela trouxe Uda com ar condicionado.

  2. amorim disse:

    na minha opinião tambem acho,não tem qualidade,tem que trazer a viação são paulo de volta pra zona leste hoje atual sambaiba vamos torcer que ela assuma porque assim como a vip opera na zona sul e leste ela tambem podia atender norte e leste direitos iguais.

  3. William de Jesus disse:

    Bom dia,

    Confesso o seguinte: Li, li, li, li mais uma vez, e não entendi bulhufas! Vão transformar 8 áreas de atuação em 27. As linhas continuarão as mesmas, bem como a frota, bem como as empresas. Essa da VIP poder não participar é balela! Em dois meses, ela compra 100 ônibus novos e tá tudo certo. A operação da mesma continuará pífia, com carros surrados e etc. Remodelaram a área 4 pra ela assumir as linhas (e assumiu). Vimos a Express mudar o lote (de 4 4xxx para 4 8xxx), achamos que a VIP iria assumir um lote da 4 mas ficou na mesma.

    Até agora só vi notícias do tipo: vai sair licitação, empresas devem fazer propostas até agosto. Não vi uma Viação Cidade Sorriso, nem uma Leblon, nem uma outra qualquer fora de Sampa se dizendo interessada. Então, acredito que as empresas serão essas daí que já conhecemos.

    Talvez nem fosse necessário tal licitação sabe. Uma simples REMODELAÇÃO de áreas operadas seria suficiente. A VIP tá se achando top na Leste? Joga ela na Oeste, lá o padrão de público é outro. A Santa Brigida é TOP na Norte? Poê ela pra operar na Leste, assim descobrimos se é problema de público ou porque a empresa não presta mesmo. E assim vai.

    Percebam também que aos poucos a licitação vai sendo “empurrada” cada vez mais pra frente. O mandato de Haddad vai acabar e corremos risco da licitação nem sair do papel durante o mandato dele

    1. Paulo Gil disse:

      Willian de Jesus, boa noite.

      A Metra também é uma ótima opção, só assim para termos buzão limpo internamente em Sampa.

      Vamos torcer para ela participar.

      Abçs,

      Paulo Gil

    2. Quando você cita duas empresas somente não e correto,todas as empresas prestam bons e maus serviços,nas linhas queridinhas funciona,nas mais afastadas devem muito,se você entendeu realmente o modelo novo de licitação ira melhorar bastante na distribuição de linhas.vai acabar isso de colocar PBC em linha de centro,com isso já e uma melhora,a unica coisa que falta e corredor pra tanto Uda.

  4. ILSON ALVES DE ALMEIDA disse:

    A LICITAÇÃO VAI SER MAQUIADA, COMO FOI A LICITAÇÃO DE 2003, QUE CRIOU AOS COOPERATIVAS, POIS SE OLHAREM O EDITAL DA LICITAÇÃO DE 2003, É QUASE UMA CÓPIA DO PROJETO DO QUE ESTA SENDO ATÉ AGORA PROMETIDO, TUDO NO JEITINHO BRASILEIRO (REMENDAS E MAIS REMENDAS)

  5. J disse:

    COMO ASSIM ESSA EMPRESA DO GRUPO RUAS NÃO PODE PARTICIPAR DA LICITAÇÃO?? O CARA É DONO DA ENCARROÇADORA CAIO-Induscar…ELE DÁ UM ESPIRRO E SURGEM UNS 150 VEÍCULOS ZERO KM E UNS USADOS DE DOIS OU TRES ANOS DE OUTRAS DE SUAS EMPRESAS POR AÍ…E FICA TUDO CERTO! BALELA ISSO AÍ!

    1. O Grupo Ruas vai participar sim.

  6. Tiago disse:

    Gente, serão os mesmos grupos empresariais de São Paulo, que já conhecemos!

    Os empresários vão apenas mudar os nomes das empresas…

    Assim vai parecer tudo novo de novo!!!

  7. Tiago disse:

    Adamo o Consórcio 4Leste, criado em 2007, não tem o contrato válido por 10 anos, até 2017?

    Se a resposta é sim, como a Prefeitura/SMT/SPTrans irá mexer na área 4 antes do contrato acabar?

    1. Pela última declaração do Tatto, após entendimentos entre as partes, a área seria licitada também.

  8. Tiago disse:

    Adamo obrigado!

    Agora estou curioso pra saber como serão as cores das 27 áreas…

    Serão 27 cores diferentes com o estreante CINZA?
    Ou serão cores mescladas, tipo o antigo sistema SAIA E BLUSA?

  9. Sou otimista e creio que ate dezembro estará tudo definido,claro cartas marcadas de empresas,porque sabemos que o ruas que e dono da VCB tem participação minima em outras empresas como a Vip e Via Sul,com isso fica um monopólio em cada área não tem jeito,o me interessa e a restruturação das linhas se com isso parar de escalar carro toco em linhas de centro já melhora bastante,o problema e que não tem corredor onde deveria.

  10. Haverá grande revolução nos transportes da nossa cidade. Os técnicos deveriam melhorar o que já está funcionando, ao invés de remodelar todo o sistema. Será uma confusão só. Os usuários terão muita dificuldade das novas adaptações. Os fiscais que repassarão as informações não serão suficientes para melhorar o transporte.

    1. DULCINEIA disse:

      JAYME IMAGINE A SEGUINTE SITUAÇÃO, TEMOS LINHAS NO SISTEMA DAS ANTIGAS COOPERATIVAS E ATUALMENTE EMPRESAS, QUE SÃO OPERADAS POR MINIBUS E MIDIBUS E CARROS PADRONS, OU SEJA ALGUNS OPERADORES DO SISTEMA SÓ PENSAM EM GANHAR $$$$$, E CARREGAR AS PESSOAS COMO SE FOSSEM SARDINHAS, HORAS ENQUANTO O OPERADOR PUDER OPERAR COM UM CARRO PEQUENO DE DUAS PORTAS (MINIBUS) SERÁ OTIMO PARA ELE, E HORRIVEL AOS PASSAGEIROS QUE ANDAM COMO SARDINHAS…

      COM A NOVA LICITAÇÃO ISTO VAI ACABAR ESPERO, POIS QUEM VAI DETERMINAR O TIPO DE CARROS QUE IRÃO OPERAR A LINHA SERÁ O PODER PÚBLICO E NÃO MAIS O OPERADOR…

Deixe uma resposta