Suzantur assume mais linhas em Mauá e compra mais 22 ônibus novos

Suzantur assume mais linhas em Mauá. Empresa diz que está com outros 22 ônibus novos na garagem e que um lote de mais 31 veículos está em produção.

Suzantur assume mais linhas em Mauá. Empresa diz que está com outros 22 ônibus novos na garagem e que um lote de mais 31 veículos está em produção.

Suzantur assume mais seis linhas em Mauá e compra outros 22 ônibus novos
Até o final deste mês, empresa promete colocar mais 31 veículos zero quilômetro em operação
ADAMO BAZANI – CBN
A empresa de ônibus Suzantur anunciou que a partir deste domingo, dia 16 de novembro de 2014, passa a operar mais seis linhas que eram servidas pela VCM – Viação Cidade de Mauá. São elas:
– 035 – Condomínio Isabella.
– 073 – Oratório
– 103 – Bogus
– 108 – Aracy
– 113 – Hélida
– 125 – Olinda
A companhia de ônibus também informou que estão na garagem mais 22 veículos zero quilômetro, todos convencionais com motor dianteiro: 10 Caio Apache Vip III e 12 Mascarello Gran Via.
Somados aos 48 veículos novos comprados pela empresa neste ano, agora a frota de ônibus adquiridos zero quilômetro neste ano sobe para 70 veículos.
A meta após a assinatura do contrato de licitação em 15 de agosto de 2014 é colocar em quatro meses, a contar deste dia, 248 ônibus novos.
A empresa informou que já estão em linha de produção na encarroçadora Mascarello, em Cascavel, no Paraná, mais 31 ônibus convencionais que devem ser entregues até o final do mês. Todos são convencionais com motor dianteiro.
Também até o final de novembro, a companhia de ônibus deve operar sozinha todas 49 linhas municipais de Mauá, ao assumir os serviços remanescentes da VCM – Viação Cidade de Mauá.
A empresa de ônibus informou ainda que a partir desta segunda-feira, dia 17 de novembro, inicia uma parceria com o Sest/Senat para oferecer cursos e treinamento de qualificação aos motoristas e cobradores.
A Suzantur entrou no sistema de Mauá após um polêmico processo de descredenciamento das duas operadoras da cidade: Viação Cidade de Mauá e Leblon Transporte de Passageiros.
A prefeitura de Mauá alega que ambas empresas supostamente consultaram sem autorização dados do sistema de bilhetagem eletrônica.
A procuradora do município, Thais de Almeida Miana, em parecer, sugeriu a realização de uma nova sindicância para apurar a acusação realizada pelo prefeito Donisete Braga e o então secretário de mobilidade urbana, Paulo Eugênio Pereira. A sindicância da prefeitura, na visão da procuradora, precisaria ser mais técnica já que predominantemente tinha elementos testemunhais de pessoas ligadas ao paço.
O parecer, de 27 de junho de 2013, foi ignorado por Donisete Braga e Paulo Eugênio que continuaram o processo de descredenciamento e não fizeram um processo de apuração mais aprofundado
A prefeitura anunciou que tiraria de circulação as duas empresas de ônibus. Mas o governo de Donisete Braga só retirou de uma vez apenas a Leblon, em 29 de dezembro de 2013. Já a Viação Cidade de Mauá, de Baltazar José de Sousa, há onze meses tem cedido aos poucos as linhas.
Baltazar José de Sousa, que aluga a garagem para a Suzantur, pertence ao grupo de empresários que atua há 30 anos no ABC Paulista, formado também por Renato Fernandes Soares e Ronan Maria Pinto, dono do jornal local Diário do Grande ABC.
O descredenciamento foi visto como uma manobra para tirar a Leblon Transporte que opera no sistema de corredores BRT e estações tubo de Curitiba e na cidade de Fazenda Rio Grande, no Paraná, onde é a sede da companhia, e que não pertence a este grupo conhecido por financiar campanhas de políticos no ABC.
A prefeitura nega a manobra.
Claudinei Brogliato, dono da Suzantur, afirmou que apesar de pagar aluguel da garagem e usar ônibus que eram da Viação Estrela de Mauá, empresa fundada por Baltazar José de Sousa e depois dirigida por David Barione Neto, não possui relações com o empresário na operação dos transportes.
David Barione Neto figurou até o início do ano como representante da Suzantur em negociações com o sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus da região, o Sintetra.
O mérito do descredenciamento da Leblon Transporte é ainda analisado pela Justiça.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

10 comentários em Suzantur assume mais linhas em Mauá e compra mais 22 ônibus novos

  1. Enquanto isso,após quase um ano muitos funcionarios da leblon ainda estão sem emprego, esperando as vagas prometidas pelo sr.prefeito e pelo sindicato…

  2. 22 mais 48 da 70.

  3. Fingindo estar tudo bem mais daqui um tempo verão.

  4. dickbaltazar esta de volta ao seu feudo preferido

  5. EH LÁ HEIN… A meta é 240 ônibus zero km até dezembro, já estamos em novembro e não foi entregue nem 1/3 do que foi prometido… É mais fácil acreditar no Apocalipse do que nessa renovação de frota…

  6. kkkkkkkkkkkkkk ja estao pintando os carros da estrela com a pintura nova kkkkkkkk CARRO NOVO CHEIRANDO A TINTA KKKKKKK o carro 059 kkkkk mas o povo de maua merece isso

  7. Senhor Claudinei se nao tem nada haver com o Baltazar porque sua empresa pago salario dos funcionario da viaçao cidade de maua kkkkkk paga o meu tambem

  8. kkkkkkkkkkkkkkk o 058 tambem e novo ta cheirando a tinta kkkkkkk como sempre o povo vai ser enganado com meia duzia de carros novos e o RESTO PINTADO cria vergonha na cara bando de safado BALTAZAR CLAUDINEI DONIZETE BRAGA tudo sem vergonha

  9. Paulo Luiz da Silva // 1 de dezembro de 2014 às 22:39 // Responder

    eu era funcionario da vcm fui mandado embora ja tem 2meses e ainda nao fizerao a minha homologaçao e a situacao é q o sinticato e o prefeito nos disse em assembleia q seria feita a imigracao para quem estivesse interesse em ira para suzantur q a vcm com esse acordo pagaria so 20% da multa para os funcionarios que fosse para nova empresa, é vergonhoso a situaçao de um pai de familia acreditar nesse sistema q ajudam os empresarios q devem muito a uniao e deixa largado os trabalhadores, digo q quem manda em maua nao é o prefeito mas a mafia do transporte e gostaria q se tornasse publica a situacao de todos os funcionarios da vcm q foram mandados embora. fica a dica ai para proxima reportagem

  10. Silvana Moro de Camargo // 12 de dezembro de 2014 às 14:56 // Responder

    Alguém pode me explicar o que é aquela propaganda enorme ao lado do ponto de ônibus que está em frente à Santa Casa de Mauá, pelo menos foi a única que vi, nem sei se tem mais, achei muito grande e ainda ocupa espaço na calçada. Será que não poderiam usar o dinheiro para fazer algo mais útil. Já sabemos sobre a nova frota, tem propaganda pra todo o lado. Não precisa fazer tanta propaganda, não estão fazendo mais do que a obrigação. Transporte digno é direito do cidadão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: