FINALMENTE! Projeto de Corredores de Haddad é aprovado em primeira votação

ônibus

Projeto de Corredores de Haddad passa em primeira votação, mas deve receber várias emendas para a segunda sessão. Traçado da Nossa Senhora do Sabará foi excluído. Foto: Adamo Bazani

Finalmente. Câmara de São Paulo aprova projeto de corredores de ônibus
Corredor da Avenida Nossa Senhora do Sabará foi retirado do projeto. Nova votação deve ter mais emendas ao projeto
ADAMO BAZANI – CBN
Finalmente o prefeito Fernando Haddad conseguiu nesta terça-feira, dia 18 de março de 2013, a aprovação em primeira votação do Projeto de Lei 17/2014 que prevê a alteração de 66 vias para a construção de 17 corredores de ônibus, num total de 150 quilômetros.
O projeto original, no entanto, foi modificado e exclui o traçado previsto para a Avenida Nossa Senhora do Sabará, na zona Sul de São Paulo, alvo de polêmicas e manifestações por parte de comerciantes e moradores que temiam desapropriações.
O projeto do Executivo recebeu 36 votos a favor, 10 contra e 1 abstenção. O texto ainda precisa passar por uma segunda votação em plenário antes de seguir para a sanção do prefeito Fernando Haddad.
A votação foi polêmica. Manifestações no lado de fora, nas galerias do Plenário Primeiro de Maio e a oposição tentando aprovar um substitutivo que previa intervenções em apenas nove vias marcaram os trabalhos na Câmara Municipal de São Paulo.

VEJA COMO FOI A VOTAÇÃO:

Veja abaixo como cada um dos 55 vereadores votou na sessão que aprovou o alargamento de diversas vias da cidade para a implantação de 17 corredores de ônibus.

Vereador Partido Voto
Abou Anni PV Não votou
Adilson Amadeu PTB Não votou
Alfredinho PT Sim
Andrea Matarazzo PSDB Não
Ari Friedenbach PROS Sim
Arselino Tatto PT Sim
Atílio Francisco PRB Sim
Aurelio Miguel PR Não votou
Aurélio Nomura PSDB Não
Calvo PMDB Sim
Claudinho de Souza PSDB Não
Conte Lopes PTB Sim
Coronel Camilo PSD Sim
Coronel Telhada PSDB Não votou
Dalton Silvano PV Sim
David Soares PSD Sim
Donato PT Sim
Edir Sales PSD Sim
Eduardo Tuma PSDB Não
Eliseu gabriel PSB Sim
Floriano Pesaro PSDB Não
George Hato PMDB Sim
Gilson Barreto PSDB Não
Goulart PSD Sim
Jair Tatto PT Sim
Jean Madeira PRB Sim
José Américo PT Sim
José Police Neto PSD Sim
Juliana Cardoso PT Sim
Laércio Benko PHS Sim
Marco Aurélio Cunha PSD Sim
Mario Covas Neto PSDB Não
Marquito PTB Não votou
Marta Costa PSD Sim
Milton Leite DEM Sim
Nabil Bonduki PT Sim
Natalini PV Não
Nelo Rodolfo PMDB Sim
Noemi Nonato PROS Sim
Orlando Silva PCdoB Sim
Ota PROS Sim
Patrícia Bezerra PSDB Não
Paulo Fiorilo PT Sim
Paulo Frange PTB Sim
Pr. Edemilson Chaves PP Não votou
Reis PT Sim
Ricardo Nunes PMDB Sim
Ricardo Young PPS Não
Roberto Tripoli PV Não votou
Sandra Tadeu DEM Não votou
Senival Moura PT Sim
Souza Santos PSD Sim
Toninho Paiva PR Sim
Toninho Vespoli PSOL Abstenção
Vavá PT Sim
Totais
Sim 36
Não 10
Abstenção 1
Não votou 8
Total 55

EMENDAS SÃO AGUARDADAS:

A aprovação, no entanto, não significa que os planos de Haddad e do secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, serão integralmente colocados em prática.
Os próprios aliados do prefeito acreditam numa série de emendas para que o Projeto passe em segunda votação.
Se a prefeitura de São Paulo fosse atender a todas as reclamações de moradores e comerciantes quanto a desapropriações, eliminaria 78 quilômetros dos 150 quilômetros de corredores de ônibus prometidos pela administração de Fernando Haddad para até 2016.
Além da Avenida Nossa Senhora do Sabará, há reclamações em outras áreas de São Paulo por causa das cerca de sete mil desapropriações totais ou parciais previstas para as obras.
Na zona Sul, há movimentos contra o corredor previsto para passar pela Avenida Dona Belmira Marin.Na zona Leste, região do Itaim Paulista, moradores querem alterar corredores que devem atender vias como Avenida Marechal Tito e Avenida Dom João Neri.
Na zona Norte, moradores e comerciantes, são contra a construção de um Terminal de Ônibus em Santana, que está previsto para fazer parte do corredor BRT Norte-Sul.
A prefeitura diz que os projetos visam realinhamentos de vias para minimizar a quantidade de desapropriações e promete que vai pagar o valor justo pelos imóveis que devem ser desapropriados ou reduzidos. O poder público diz que está disposto a negociar traçados, mas que o sistema de ônibus precisa de qualidade e mais velocidade, o que vai ser garantido pelos corredores.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

17 comentários em FINALMENTE! Projeto de Corredores de Haddad é aprovado em primeira votação

  1. PROFESSOR PARDAL REVOLTADO // 19 de Março de 2014 às 01:42 // Responder

    FINALMENTE, os vereadores estão de PARABÉNS, é preciso pensar em MOBILIDADE nós não temos tempo para perder, QUE VENHAM OS NOVOS CORREDORES, e que nada mais atravanque o PROGRESSO DA CIDADE. Quanto ao PSDB, ESTOU DECEPCIONADO pois eles estão cada dia mais do CONTRA o transporte PÚBLICO. Aliás o PSDB está sendo o PARTIDO ANTI MOBILIDADE e também a favor DA OMISSÃO. FORA PSDB partido do atraso.

    • Desculpe-me Sr. pardal, acompanhei todo o ciclo do projeto dos corredores e Plano Diretor, participei das reuniões, participei das devolutivas, até porque sou parte financeiramente interessada e o que eu percebi nas audiências é que o PSDB não é contra os corredores.. É contra o que está por traz dos corredores, ou seja, um novo, zoneamento disfarçado e as desapropriações que serão feitas em toda cidade…Serão 150 (corredores) x 200 (metros de faixa) x 2 (cada lado) = aproximadamente 1.200 km² de imóveis que podem desapropriados com o valor venal. + sabe-se lá quantas pessoas perderam seus negócios, empregos com a especulação imobiliária que será gerada.

      Boa sorte SP !

      • jose clovis pinto tavares // 27 de junho de 2014 às 00:02 //

        Concordo com vc tem muitas pessoas sendo prejudicada acho que dar para ser feito sem desapropriação é só fazer uma força de vondade em ajudar o proximo

  2. Fora PSDB!

  3. Desapropriações em grandes obras viárias são inevitáveis, todos sabem.

    A questão destes corredores é a falta de projeto consistente/completo na maior parte dos casos.
    Como BRTs reais não existem em Sampa, fica fácil desconfiar que estas desapropriações importantes serão usada para meras faixas exclusivas adaptadas, que mais dia menos dia poderão mudar de lugar ou deixar de existir.

    Bons exemplos não faltam:
    1) Corredores bem planejados
    – Marquês de São Vicente
    – Ibirapuera/Vereador José Diniz

    2) Corredores problemáticos:
    – Av. Paulista/Vergueiro
    – Av. Brasil/Henrique Schaumann

  4. William de Jesus // 19 de Março de 2014 às 13:02 // Responder

    Cara eu já falei no post anterior e falo de novo: VÃO PRO INFERNO QUEM NÃO QUER DESAPROPRIAR. Quando fizeram a porcaria do metrô e arrancaram um monte de gente ninguém disse nada!! Por que que agora querem ir contra os corredores?? O mesmo patrão que reclama do atraso de seu funcionário é o mesmo que é contra o corredor, ou seja, querem solução mas não querem o óbvio, querem que o peão se mate o máximo, daí quando é mandado embora querem que seja por justa causa!! Porque que esse pessoal não vai pras ruas e protestam “queremos um local para trabalhar (pode ser um mini shopping, uma galpão, não sei”? NÃÃÃOO!! Reclama do transito horrivel, mas também protesta contra o corredor que vai ajudar na fluidez de São Paulo!

    Paulo Acras, respeito sua opinião, mas o motivo de o PSDB não querer ir a favor não é por causa de desapropriação ou algo assim. O PSDB foi que facilitou a compra de veículos individuais. Como ficaria o consumidor que gastou 20 mil num carro e ver que o trasporte público flui melhor?? è lógico que eles irão contra!!

    Alias, FORA TODO MUNDO!!!!

  5. APESAR DE TODAS AS PRESEPADAS DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO, E PRINCIPALMENTE DA PASSADA…MALDITO SEJA QUEM VOTA CONTRA A CONSTRUÇÃO DE CORREDORES DE ÔNIBUS, PRINCIPALMENTE CONTRA OS BRTs. ! MALDITO, SAFADO E SACANA!! SÃO PAULO-SP E REGIÃO METROPOLITNA ESTÃO PRATICAMENTE PARANDO…NÃO HÁ ESPAÇO PRA MAIS CARROS E EM BREVE NEM PRA MAIS MOTOCICLETAS…A HORA DO POVÃO SE MANIFESTAR E PEDIR MELHORIAS É AGORA! MAS COM TODA A DIGNIDADE E SEM VANDALISMOS E VIOLÊNCIAS!

  6. Senhores para que exista uma desapropriação, é necessário que também exista o interesse público de uma determinada área, para a construção de obra que atenderá ao interesse de milhares ou até milhões de pessoas. Então eu pergunto: A construção destes corredores vão prejudicar quantas pessoas??? mil ou dez mil??? E quantos será beneficiados??? 600 mil ou 1 milhão de cidadãos??? Com certeza os vereadores devem decidir em favor da maioria. Quantos cidadãos serão beneficiados, chegarão no horário em seus empregos, sem ter que dar desculpas ao patrão, além disso este saberá que seu funcionário produzirá mais, pois não chegará estressado, depois de passar 1 ou até 2 horas no trânsito. O cidadão economizará mais tempo e dinheiro. A noite poderá chegar mais cedo ficar mais tempo com a família. Com isso todos sairão ganhando inclusive a cidade que terá menos congestionamentos e com isso diminuirão as emissões de poluentes, menos pessoas com doenças respiratórias, etc, etc. Isso não é ufanismo, é a realidade, é só levantar os estudos e pesquisas sobre mobilidade urbana, que tudo isso dito acima é retratado detalhadamente.
    Espero que sejam aprovadas as construções dos corredores na próxima votação .
    Abraços

  7. So tenho uma coisa a dizer quem e contra corredor e é comerciante com certeza tem seu carro pra passear e nao pega ônibus,ou nao sai de casa em horario de pico,desapropriaçoes sao inevitaveis isso e fato,o que nao entra na minha cabeça e quando se cria novas linhas de Metrô ninguem se revolta simplesmente vai la e desapropria,eu moro em Itaquera zona leste de SP,e todo dia pego a Radial Leste na linha 4310/10 por volta das 13 horas,e digo mesmo com faixas exclusivas nao e suficiente pois tem invasoes de carros a todo momento sem contar que desde Itaquera ate a Penha sao somente duas faixas uma pra carro e outra pra ônibus,so imagine no pico como deve ser,por isso precisa de corredor nessa via sem duvida,nao sei como consegue ter gente contra o corredor,infelizmente a populaçao que pega ônibus nas vias que querem criar os corredores nao tem ciencia das votaçoes ou nao sabe que tem pessoas contra isso,pois se soubessem seria diferente,ja que isso nao sai na midia com transparencia,mais estou otimista para que aprove na 2ª votaçao veremos como serao as emendas,nao duvido nada se nao atrasarem as obras.

    • LEDRAJ SARCE DOPRA // 22 de Março de 2014 às 05:35 // Responder

      SE O GOVERNADOR FRANCO MONTORO TIVESSE FEITO A EXTENSÃO DA LINHA 3 VERMELHA DO METRÔ TATUAPÉ A CORINTHIANS ITAQUERA TOTALMENTE SUBTERRANEA HJ NÃO PRECISARIA DE DESAPROPIAR QUASE NADA DA RADIAL LESTE PARA FAZER CORREDORES DE ÔNIBUS.

      • E pior por nao ser subterranea so começar a chover ou cuspirem na linha fica uma porcaria o sistema e lento,entao e complicado do jeito que esta,mais ainda tem como desapropriar do lado contrario da Linha 3 so ter vontade.

  8. LEDRAJ SARCE DOPRA // 22 de Março de 2014 às 05:40 // Responder

    PARABENS VEREADORES POR VOTAREM A FAVOR AOS CORREDORES DE ÔNIBUS E VAMOS TORCER PARA QUE ELES VOTEM A FAVOR NA PROXIMA VOTAÇÃO E LEMBRANDO A VCS QUE O PSDB É E VAI SER SEMPRE CONTRA OS CORREDORES DE ÔNIBUS PQ O PSDB PREFEREM QUE O POVO ANDE IGUAL SARDINHA NO METRÔ.

  9. Gostaria de receber do Prefeito Fernando Haddad, em meu e-mail gesseadvogado@hotmail.com o projeto do corredor de ônibus da Avenida São Miguel do nº 4.000 ao 7.000 da referida avenida. Grato Gessé

  10. jose clovis pinto tavares // 27 de junho de 2014 às 00:11 // Responder

    nossa tem muito povo sem noção pra que prejudicar o proximo ou desejar que os comerciantes fiquem na miséria !!! que Deus o ajude ser uma pessoa melhor!!! e bem lolnge de mimmm abça ou melhor adota um politico.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: