Tatto promete Bilhete Único Semanal para primeira quinzena de abril

ônibus

Ônibus em São Paulo. Jilmar Tatto promete que Bilhete Único Semanal estará disponível até primeira quinzena de abril. Foto: Adamo Bazani

Tatto promete Bilhete Único Semanal para primeira quinzena de abril
Forma de compensação tarifária ainda está sendo estudada com o Governo do Estado
ADAMO BAZANI – CBN
O Bilhete Único Semanal primeiro era para ser implantado semanas depois da entrada do Bilhete Único Mensal, em novembro de 2013. Depois a promessa ficou para março deste ano. Logo em seguida para 02 de abril. Agora, mais uma nova “data” – primeira quinzena de abril – sem definir o dia.
Nesta segunda-feira, dia 17 de março de 2014, o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, disse que o Bilhete Único Semanal deve ser implantado até os primeiros 15 dias do próximo mês.
O secretário disse que a forma de operação do sistema e o modelo de integração já estão definidos. Mas falta ainda um acordo entre a administração municipal de Fernando Haddad (PT) e a estadual, de Geraldo Alckmin (PSDB), sobre os valores e as formas da compensação dos custos de integração entre os ônibus municipais gerenciados pela SPTrans – São Paulo Transporte e o Metrô e os trens da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.
O prefeito Fernando Haddad, sem revelar valores, disse que o Bilhete Semanal deve custar em tornos de ¼ do Bilhete Único Mensal. Assim, pela lógica de Haddad, por R$ 35, os passageiros podem usar quantos ônibus quiserem por semana pelo mesmo custo. Já a modalidade semana que vai permitir integração com o sistema metroferroviário deve ser de R$ 57,50 para os passageiros.
Hoje o Bilhete Único Mensal custa R$ 140 para quem usa somente ônibus ou somente trem ou metrô e R$ 230 para quem utiliza os dois sistemas de transportes.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: