Integração em Diadema continua gratuita mesmo com catracas nos terminais

Diadema

Governador Geraldo Alckmin embarca em ônibus movido a bateria em Diadema. Ele garantiu que a integração gratuita entre o corredor ABC e os ônibus municipais de Diadema continua. Linha 17 Ouro do monotrilho deve ser prolongada até o centro da cidade. Foto: Edson Lopes Júnior – Assessoria do Governo do Estado de São Paulo.

Alckmin garante que não vai haver cobrança para integração entre Corredor Metropolitano ABD e ônibus de Diadema
Governador disse que as catracas vão continuar apenas para o controle do fluxo dos passageiros. Monotrilho do ABC deve ter índice de peças nacionais
ADAMO BAZANI – CBN
Com informações do Governo do Estado de São Paulo e Agências de Notícias
Alvo de polêmicas e disputas judiciais, a integração entre os ônibus e trólebus da Metra e os ônibus municipais operados pela MobiBrasil e Benfica deve continuar gratuita nos terminais central e de Piraporinha, em Diadema, na Grande São Paulo.
A garantia foi dada nesta quinta-feira pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante uma série de eventos no ABC Paulista.
A integração é contestada desde 2011, num impasse envolvendo Governo do Estado de São Paulo, prefeitura de Diadema e a operadora do Corredor ABD, Metra.
Previstas por um convênio entre o Estado de São Paulo e a Prefeitura de Diadema, firmado em 1991, as transferências gratuitas beneficiam cerca de 40 mil passageiros por dia.
O Governo do Estado conseguiu judicialmente derrubar o convênio, mas depois de manifestações e negociações com a prefeitura de Diadema, o acordo deve ser mantido.
No discurso, o prefeito de Diadema, Lauro Michels, pediu a retiradas das catracas das áreas de transferências do Terminal Metropolitano de Piraporinha e do Terminal Metropolitano de Diadema e foi aplaudido pelo público.
Alckmin respondeu ser contrário à cobrança da transferência, mas disse que as catracas continuam apenas para o controle da demanda.
“Somos contrários à cobrança da tarifa, mas as catracas vão ficar. Elas são importantes para o governo manter o controle sobre o fluxo de passageiros”.
Alckmin participou da cerimônia do início dos testes com passageiros do ônibus articulado elétrico movido 100% a baterias, desenvolvido pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes, Eletra e Mitsubishi.
As assessorias da operadora Metra e da empresa Eletra não haviam comunicado o início dos testes do E-bus, o que ficou a cargo do Governo do Estado.
O governador parabenizou a cidade de Diadema pelo ônibus.
“Diadema é exemplo de inovação na Mobilidade Urbana, está de parabéns” – disse no evento de ontem.
Geraldo Alckmin e o secretário estadual de transportes metropolitanos, Jurandir Fernandes, aproveitaram o evento do ônibus elétrico para falarem da linha 18 – Bronze do monotrilho que vai ligar São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano do Sul e a estação Tamanduateí da CPTM – Companhia Paulista de Trens Urbanos.
Segundo Jurandir Fernandes, 80% da produção do monotrilho, incluindo obras, sinalização e trens serão nacionais, mesmo que gradativamente.
A exigência faz parte de Decreto do Governo Federal de 2013 para que as obras deste tipo contem com recursos do PAC- Programa de Aceleração do Crescimento ou do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
O secretário foi até Brasília discutir a questão para não afastar interessados na operação do monotrilho. Mesmo que a empresa/consórcio não tenha os 80% de componentes nacionais agora, pode-se apresentar um plano de nacionalização.
No evento, a deputada estadual Regina Gonçalves, reafirmou que é plano do Governo do Estado, mas ainda sem data, prolongar o monotrilho da linha 17 Ouro, que vai do Morumbi a Jabaquara, até a região de Diadema.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Com informações do Governo do Estado de São Paulo e Agências de Notícias

5 comentários em Integração em Diadema continua gratuita mesmo com catracas nos terminais

  1. As eleições fazem MILAGRES, mas passou a eleição, podem apostar que a DISPUTA VAI VOLTAR NOVAMENTE..

  2. Amigos, boa noite.

    Esse monotrilho do ABC, esta errado.

    Ele tem de ser transfetido para ZL – SE ou GUARULHOS – SE..

    Locais onde seu uso e mais necessario.

    Lembrando que catraca e coisa do passado.

    Att,

    Paulo Gil

  3. E o AEROTREM na Anhaia quando sairá governador ?
    E corredores de ônibus decentes nas 4 regiões metropolitanas que usem SOMENTE: ou portas à direita ou portas à esquerda e nunca dos dois lados, quando sairá governador ?
    E os novos hospitais quando serão construídos e em que ano serão efetivamente equipados e operados ?
    E as VANS do RTO (antigo ORCA) quando desaparecerão das ruas para dar lugar à modernos micros & micrões com ar condicionado e uma e duas portas ?
    E quando serão construídos e operados os 31 terminais metropolitanos e os 320 km. de corredores prometidos desde 1995 quando o saudoso ex-governador Mário Covas vivia entre nós ?
    E quando teremos escolas de verdade, de ensino integral e similares aos CIEPs do falecido e saudoso governador Leonel de Moura Brizola ? Até hoje o único governador do Brasil que governou em 2 Estados diferentes !!! o RJ e o RS e essa informação bem que poderia constar no guiness ! Ninguém bateu ele nesse feito até hoje !

    • Marcos Nascimento, bom dia.

      Outro dia passei ao lado do AEROTREM da Anhaia e pelo que eu vi, as perspectivad nao sao boas nao, algo a loooooooooooooongo prazo.

      Otimas perguntas, mas nao obteras respostas nao.

      Afinal aind estao no tempo das “catracas”.

      Abcs,

      Paulo Gil

  4. Ewerton Santos Lourenço (PNE Guarulhos) // 24 de fevereiro de 2014 às 10:54 // Responder

    Bom dia Internautas!

    Vendo de uma pessoa como o Geraldo Alckmin posso afirmar uma coisa: teremos uma sátira de uma novela do SBesteira “Canavial dos Cartéis”. Onde ele vai tentar a qualquer custo extorquir as Prefeituras ainda mais pra abastecer o seu Caixa Forte, eu não duvido nada que quando esse Corredor Guarulhos (Cecap) São Paulo (Tucuruvi) da EMTU estiver pronto ele vai fazer um arrombo pior que o Prefeito Almeida fez com o IPTU de Guarulhos. Infelizmente essa Copa não vingar aqui em São Paulo em meio as manifestações; além gente alienada que coloca esses boçais no Poder depois vem dizer na maior cara de pau não votei em fulano e nem ciclano; E assim por causa de um todos pagam!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: