Sambaíba volta a operar normalmente

Sambaíba

Ônibus da Sambaíba voltaram a circular por volta das nove horas da manhã. Desconto do valor das passagens por causa de quem desce pela frente nos salários dos motoristas e cobradores e falta de segurança foram os principais motivos da paralisação. Foto: Adamo Bazani.

Funcionários da Sambaíba voltam ao trabalho
Manifestação durou até por volta das 9 horas. Desconto nos salários por causa de passagens que descem pela frente e falta de segurança foram os principais motivos
ADAMO BAZANI – CBN
Motoristas e cobradores da garagem 1 da Sambaíba Transportes Urbanos, empresa que atende a zona Norte da Capital Paulista, voltaram ao trabalho por volta das nove horas da manhã desta terça-feira, dia 11 de fevereiro de 2014.
De acordo com a SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema, nenhum dos 202 ônibus que atendem 28 linhas deixou a garagem da Rua Elza Guimarães, 589, na Vila Amália. Foi acionada a operação PAESE – Plano de Apoio ente Empresas em Situação de Emergência em 11 linhas, com 76 ônibus.
Segundo o sindicato dos motoristas e cobradores de São Paulo, a empresa instalou câmeras de segurança dentro dos ônibus. Cada vez que é registrada a saída de um passageiro pela porta da frente, é descontado o valor da passagem do salário do motorista e cobrador, alega o sindicato.
A entidade diz que isso não é evasão de tarifas e que o desconto é injusto. De acordo com o sindicato, em horários de pico, o ônibus está lotado e como os passageiros não conseguem chegar até a catraca pedem para que outros passem o cartão Bilhete Único no validador e descem pela frente.
A empresa nega que os descontos são injustos já que diz que cruza a quantidade de passageiros detectados pelas câmeras descendo pela frente com os registros no validador. Segundo a empresa, há casos de não pagamento da passagem mesmo.
Os motoristas e cobradores pedem também melhorias nas condições de trabalho e de segurança.
Dois ônibus da Sambaíba foram queimados em protestos na zona Norte de São Paulo na tarde desta segunda-feira, dia 10 de fevereiro de 2014.
A SPTrans informou que os serviços das outras três garagens da empresa não foram prejudicados e que por ser tratar de uma questão prioritariamente trabalhista, a prefeitura não deve intervir.
O sindicato e a direção da empresa devem realizar uma reunião na tarde desta terça-feira.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Sambaíba volta a operar normalmente

  1. Ontem viajei na linha Metrô Vila Mariana/ Term. Pirituba e vi , que mesmo que os passageiros desçam pela frente rodaram a catraca sim , o passageiro coloca o cartão no validador e o cobrador roda a catraca , a empresa precisa apurar melhor o caso , tudo bem que a empresa era outra , mas vai que o desconto pega né ? – Ainda na Av. Paulista quando estava com a lotação normal todos rodam a catraca e descem por trás , mas depois que entra na Dr. Arnaldo , Heitor Penteado (…) já na super lotação , ai não dá mesmo para chegar até o fundo , por isso acho que os empresários devam ver melhor a situação dos passageiros e dos trabalhadores .

  2. Serra se a administração e do Donizete Braga prefeito de Mauá no ABC quando com essa a tomar dinheiro e a cara dele dinheiro e a cara dele e só ver a mer.. q ele fiz em Mauá

  3. O ridículo disso tudo é ver que monitoram quem desce pela frente, mas não monitoram que além de passarem sim o bilhete e rodarem a catraca, é insuportável o transporte público em horários de pico, deveriam providenciar uma melhora e não o desconto de salário de pessoas que ganham tão pouco e trabalham tanto, como duas pessoas tem que ser responsáveis por um veiculo onde cabem uma média de 40 pessoas em pé mas a realidade é que entra o triplo e vão todos sendo levados piores que animais? Quando que um motorista de ônibus conseguiria cuidar de mais de 70 pessoas? Isso é mais que burrice! É uma economia burra e falta de humanidade.

  4. Amigos, boa noite.

    Mais uma PREVISIVELLLLLLL.

    Com um corredor interno de 54 a 56 centimetros de largura util, no rush e isso mesmo e ainda bem que tem pilotos eco pilotos que colaboram com a gente.

    Sem contar a catraca eaquele monte de ferro retorcido.

    E simples, arranca tudo ecoloca o cobrador movel, isso e algo queja foi praticado a decadas.

    Mas se vao descontar do salarios da tripulacao, entao tranca a porta da frente e ” qsf”, vai todo mundo descer pela porta traseira depois de subir o maldito degrau ALTO interno.

    Quem disse que a CMTC acabou,afinal estao opoersndo o buzao como a 50 anos atras.

    E tripulacao,nadade dinamismo.

    Kkkkkkkkkkkkk

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: