Greve de ônibus pode acabar em Porto Alegre a partir da tarde desta terça-feira

ônibus greve

Em nenhum dia da greve dos motoristas e cobradores de ônibus em Porto Alegre frota mínima foi respeitada. Acordo foi descumprido e ao menos 45 ônibus foram depredados. Depois de reunião no TRT, greve pode acabar nesta terça-feira. Foto: Uol.

TRT promove acordo e greve de ônibus pode acabar em Porto Alegre
Se propostas forem aceitas em assembleia na manhã desta terça-feira, ônibus devem voltar a partir do meio dia
ADAMO BAZANI – CBN
Se o sindicato dos rodoviários de Porto Alegre agir de maneira diferente de como tem se portado até agora, a greve de ônibus na cidade pode acabar a partir do meio dia desta terça-feira, dia 4 de fevereiro de 2014, depois de oito dias consecutivos de paralisação.
Na tarde desta segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014, em audiência no TRT – Tribunal Regional do Trabalho, empresas de ônibus e sindicato de trabalhadores assinaram um novo acordo.
No dia 30 de janeiro, foi assinado um primeiro acordo para suspensão da greve, que foi descumprido por causa da atuação de uma ala do sindicato.
Desta vez, patrões e empregados acertaram aumento salarial de 7,5% para a categoria, reajuste de R$ 3 em cada folha do vale-alimentação (que passa de R$ 16 para R$ 19 por dia), e redução de R$ 40 para R$ 10 do valor pago pelos trabalhadores por mês pelo plano de saúde.
Na manhã desta terça-feira, haverá uma assembleia com os motoristas e cobradores e se a proposta for aceita, os ônibus começam a voltar a partir do meio dia, sendo que 70% da frota prevista devem estar nas ruas até às quatro horas da tarde.
As negociações vão continuar e até quinta-feira, havendo consenso nos principais pontos, todos os ônibus escalados devem estar em operação.
A greve começou no dia 27 de janeiro de 2014 e desde então foi marcada por desrespeito à lei e vandalismo. Em nenhum dia a frota mínima foi respeitada, a greve foi considerada ilegal, o passe livre previsto em lei no Dia de Nossa Senhora dos Navegantes não foi seguido pelos motoristas e cobradores e 45 ônibus ao menos foram depredados.
Por dia útil, aproximadamente um milhão de passageiros foram prejudicados pela greve.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

2 comentários em Greve de ônibus pode acabar em Porto Alegre a partir da tarde desta terça-feira

  1. Marcelo Pierre de Lima // 3 de fevereiro de 2014 às 23:03 // Responder

    Fruto da omissão de 25 anos do Congresso da regulamentação de greves em serviços essenciais. O direito de um termina QUANDO COMEÇA o direito do outro.

    Não sou contra greves, mas, tirar direitos da população é outra história. Agora, esse episódio de descumprimento de acordo, na minha opinião, pegou MUITO MAL.

  2. Fruto da omissão de 25 anos do Congresso da regulamentação de greves em serviços essenciais. O direito de um termina QUANDO COMEÇA o direito do outro.

    Não sou contra greves, mas, tirar direitos da população é outra história. Agora, esse episódio de descumprimento de acordo, na minha opinião, pegou MUITO MAL.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: