Justiça de Ponta Grossa dá o exemplo e condena grupo por incendiar ônibus

ônibus

Ônibus queimado em Ponta Grossa, em 2013. Em punição que pode ser exemplo para todo País, três homens foram condenados à prisão por ataques. Foto: Eduardo Scola / RPC TV

Exemplo de Ponta Grossa: homens são condenados por incendiar ônibus
Prática é comum em todo o País, mas punições ainda são poucas.
ADAMO BAZANI –CBN
Hoje por qualquer motivo ônibus são incendiados em todo país. Problemas nos transportes, enchentes, morte de bandidos, morte de inocentes, morte de policiais, falta d´água, falta de luz, moradia.
Um dos grandes ingredientes para isso é a impunidade. Quase não há prisões e muito menos condenações.
Mas a Justiça de Ponta Grossa, no Paraná, deu exemplo que pode ser seguido.
A Primeira Vara Criminal do município condenou dois homens a cerca de nove anos de prisão e outro a mais de 10 anos de prisão em regime fechado por roubo e incêndio a ônibus.
De acordo com a Justiça, há indícios de ligação dos ataques criminosos com uma rebelião na cadeia pública de Ponta Grossa, Hildebrando de Souza, que aconteceu no mesmo dia dos ataques: 20 de abril de 2013. O Ministério Público sustentou que os três réus estavam a serviço dos responsáveis pelo motim. Houve ainda uma rebelião no dia 18 de abril. Carcereiros foram feitos reféns.
Os três homens participaram do assalto e incêndio a um ônibus, mas na mesma noite outros dois veículos foram atacados.
Os homens estavam acompanhados de um menor que participou dos ataques, mas pelo fato de ter menos de 18 anos não pode ser condenado.
O juiz Luiz Carlos Fortes Bittencourt disse na sentença que o grupo tinha o objetivo de “causar abalo à ordem pública, insegurança à sociedade e desestabilizar as forças do Estado”. Os três homens foram condenados por formação de quadrilha, roubo com arma de fogo, dano qualificado, atentado à segurança de meio de transporte e corrupção de menores. A Justiça negou a todos a possibilidade de que eles recorram da sentença em liberdade.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Com G1 Paraná

4 comentários em Justiça de Ponta Grossa dá o exemplo e condena grupo por incendiar ônibus

  1. #BEM FEITO!! SE FERRARAM! CRETINOS! TROUXAS! AGORA VÃO SE LASCANDO E O DONO DA EMPRESA VAI ARRANJAR OUTRO VEÍCULO PRA POR NA LINHA, NAS RUAS, E VAI CONTINUAR GANHANDO GRANA! PARABÉNS JUSTIÇA DE PONTA GROSSA! PARABÉNS PAIS E MÃES DE FAMÍLIA DECENTES E PESSOAS DE BEM EM GERAL DE PONTA GROSSA! VIRAM, SRs. JUÍZES, PROMOTORES, SEGURADORAS, DELEGADOS DE POLICIA DE SÃO PAULO-SP, PREFEITURAS E GOVERNO DO ESTADO…É ASSIM Q DEVE SER SEMPRE! DOA A QUEM DOER E SE TIVER Q USAR FORÇA BRUTA E TRUCULÊNCIA Q SEJA! NÃO TENHO UM PINGO DE DÓ DESSES BABACAS!

  2. Espero que se espalhe para o Brasil! Pois quem faz isso tem a sensação de impunidade.

  3. taí um exemplo prá sp por exemplo a hora de acabar com isso é agora ,ou melhor já passou da hora!

  4. José Carlos G. Soares // 25 de janeiro de 2014 às 23:45 // Responder

    Devia ser regra: “Quem destruir o patrimônio alheio, pagará o prejuízo”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: