Agrale vende 161 micro-ônibus para linhas alimentadoras do Transmilênio

micro-ônibus

Agrale vendeu 161 micro-ônibus MA 8.7 para o sistema de transportes de Bogotá. Veículos vão atuar pela empresa ETIB em linhas alimentadoras do BRT Transimilênio. – Divulgação.

Agrale vende micros para o sistema Transmilênio da Colômbia
Empresa brasileira forneceu 161 chassis do micro-ônibus MA 8.7 para linhas alimentadoras do sistema
ADAMO BAZANI – CBN
A fabricante brasileira Agrale realizou a entrega das primeiras oito unidades de 161 micro-ônibus urbanos do modelo MA 8.7 Euro V para a ETIB, uma das empresas operadoras do SITP – Sistema Integrado de Transporte Público – de Bogotá, na Colômbia.
Os veículos vão servir linhas alimentadoras da rede de corredores BRT (Bus Rapid Transit), que ofereceram à população local transportes mais rápidos e acessíveis. As estações de parada de ônibus têm embarque e desembarque no mesmo nível do assoalho dos veículos e possuem o pré-embarque, que é o pagamento da tarifa antes mesmo da chegada dos ônibus.
O diretor de vendas da Agrale, Flavio Crosa, disse em nota à imprensa que antes da compra, a ETIB realizou diversos testes com o modelo de micro-ônibus.
“O modelo MA 8.7 passou pela avaliação da ETIB e mostrou robustez, versatilidade e economia operacional. É muito importante para a Agrale ter os seus ônibus transportando passageiros em um dos mais conceituados sistemas BRT do mundo”, afirma o executivo.
Flavio Crosa ressaltou a importância da atuação do distribuidor da marca, Navitrans, junto aos operadores do SITP de Bogotá. Ele afirma que além da comercializar os veículos, a Navitrans atua no “pós-vendas qualificado” nas 15 cidades com maior demanda de passageiros na Colômbia.
Segundo informativo da Agrale, o chassi MA 8,7 é indicado para operações urbanas em linhas centrais e interurbanas ou intermunicipais de curta distância. A empresa afirma que o micro-ônibus tem baixo custo operacional, facilidade de manutenção, boa acessibilidade aos passageiros e a multifuncionalidade de opções de configuração. Com tamanho diferenciado e PBT de 8.700 kg, permite maior agilidade no trânsito que os ônibus convencionais, versatilidade no encarroçamento, mais conforto e segurança.
Ainda de acordo com a empresa, o chassi Agrale MA 8.7 tem sistema de diagnóstico OBD (On Board Diagnostic), um módulo de gerenciamento do nível de emissão de poluentes que garante o atendimento da legislação e protege o meio ambiente. Ele também permite a detecção de falhas, por meio de indicação eletrônica no painel. Assim, facilita a manutenção e proporciona rapidez no atendimento de assistência técnica.
A companhia brasileira também informou as principais características técnicas do chassi para micro-ônibus MA 8.7
“O Agrale MA 8.7 é equipado com motor Cummins ISF 3.8 Euro V, com potência de 152 cv a 2.600 rpm e torque de 450 Nm entre 1.100 e 1.900 rpm, câmbio EATON de 5 marchas, direção hidráulica, sistema de freio ABS e tanque de combustível de 150 litros. Conta ainda com painel com display digital, computador de bordo completo que se comunica com todos os módulos eletrônicos do veículo e fornece importantes informações para o motorista, como consumo instantâneo, médio e por 100 km, além de autonomia e nível de combustível no tanque, entre outros itens.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Agrale vende 161 micro-ônibus para linhas alimentadoras do Transmilênio

  1. Amigos, bom dia.

    Agrale; Parabens!

    Linhas alimentadoras …

    Tem alguem que precisa urgentemente aprender e aplicar essa tecnica e com buzinho.

    Quem sera ?

    Qual cidade sera?

    Adivinhem.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: