Número de acidentes e multas envolvendo ônibus cai na cidade de São Paulo

ônibus

Número de acidentes envolvendo ônibus na Capital Paulista caiu em 2013 na relação com 2012 de acordo com balanço da SPTrans – São Paulo Transporte. Quantidade de acidentes também caiu. Empresas atribuem os números positivos aos treinamentos e renovação de parte da frota. VIP área 3 e Viasul foram as empresas mais multadas em 2013.

Número de acidentes com ônibus cai em São Paulo
Queda foi de 13,42%, com 1465 ocorrências a menos em 2013 no comparativo com 2012
ADAMO BAZANI – CBN
Se lotação, demora entre um veículo e outro e mudanças de linhas são alvos de reclamações nos transportes públicos em São Paulo, ao menos está mais seguro andar de transporte coletivo na cidade de acordo com levantamento da SPTrans – São Paulo Transporte, autarquia responsável pelo gerenciamento do sistema municipal.
O número de acidentes envolvendo ônibus municipais em São Paulo, considerando ocorrências com mortos, feridos e sem vítimas, caiu 13,42% em 2013 na comparação com o ano de 2012.
Foram registrados 9 mil 448 acidentes em 2013 contra 10 mil 913 em 2012 – 1 mil 465 ocorrências a menos. Em 2011, foram 10 mil 579 acidentes.
Considerando a frota de cerca de 15 mil ônibus, os números de 2013 representam 1,6 acidente para cada veículo do transporte municipal.
O total de acidentes poderia ser menor, mas as empresas de ônibus na cidade comemoram a redução e dizem que ela ocorreu devido a treinamento de qualificação de mão de obra.
A colocação de novos veículos em algumas linhas também contribuiu para redução dos acidentes.

AS EMPRESAS DE ÔNIBUS E LINHAS MAIS MULTADAS EM SÃO PAULO:
O número de multas aplicadas contra motoristas de ônibus na cidade de São Paulo também caiu, o que para as empresas é fruto dos treinamentos de capacitação.
Foram 10 mil 561 multas a menos pela atuação dos trabalhadores em 2013 na comparação com 2012.
No total de multas, as empresas de ônibus receberam em 2013 98 mil 805 autuações contra 109 mil 366 de 2012. As cooperativas de transportes coletivos receberam em 2012, 78 mil 589 multas contra 58 mil 494 em 2013. E a SPTrans garante que a redução de multas não se deu pelo “relaxamento” da fiscalização, que segundo a gerenciadora, se tornou ainda mais rigorosa.
Mesmo assim, a prefeitura arrecadou mais com as multas: R$ 78 milhões devido a ajustes nos valores. O faturamento com as multas contra as empresas subiu 42%.
De acordo com levantamento da SPTrans divulgado pela autarquia ao jornal Diário de São Paulo, a VIP – área 3 de a Viasul são as empresas de ônibus que mais receberam multas na cidade de São Paulo. O total de multas por excesso de velocidade caiu e o descumprimento de partidas ainda lidera a relação de penalidades aplicadas.
“As punições aplicadas em decorrência do excesso de velocidade caíram, passando de 1.437, em 2012, para 979 em 2013. Descumprimento de partidas é a infração campeã nos dois anos consultados. As empresas VIP Área 3 e Via Sul amargam a primeira e segunda posições no ranking de empresas mais multadas em São Paulo. Os motoristas mais multados operavam nas linhas 637A-10 (Terminal Pinheiros /Terminal Jardim Ângela) e 6913-10 (Terminal Bandeira/ Terminal Varginha) . Os dados foram fornecidos pela SPTrans.
O valor das multas varia, no caso de descumprimento de partidas, de acordo com quantas partidas foram perdidas. Para descumprimento de intervalos programados a punição prevista é de R$ 360, mesmo valor aplicado quando a infração é deixar de atender partida programada de deficiente. Falar ao celular gera multa de R$ 180 ao motorista. Conduzir o veículo comprometendo a segurança dos usuários vale R$ 720 de multa e deixar de cumprir avisos custa uma autuação de R$ 360” – segundo a reportagem.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

2 comentários em Número de acidentes e multas envolvendo ônibus cai na cidade de São Paulo

  1. Amigos, bom dia.

    Esses numeros, NAO, mostram nada de positivo, muito prlo contrario. Demonstram que muito tem de ser feito.

    Buzao novo nao reduz acidente e a queda de 13,42%, nao e um numero significativo, isso comprova que muito ainda precisa ser feito.

    Quanto as linhas e empresas mais multadas, aprsentam esses numeros como se fossem um honra e muito pelo contrario, tais valores representam e comprovsm a inexistencia de gerenciamento do buzao de Sampa.

    Advertiu nao melhorou , descredencia, ora pipocas, publicar o numero das linhas e empresas mais multadas, isso e o fim da picada.

    Lamentavel.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Antonio Vasconcelos // 20 de Janeiro de 2014 às 14:33 // Responder

    Somente uma correção no texto.
    “Considerando a frota de cerca de 15 mil ônibus, os números de 2013 representam 1,6 acidente para cada veículo do transporte municipal.”
    Na realidade o número Representa 0,6 acidentes para cada veículo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: