Financiamento de ônibus e caminhões pelo PSI vai contar com mais verbas em 2014

ônibus

CMN – Conselho Monetário Nacional anunciou elevação de R$ 50 bilhões em recursos para o PSI – Programa de Sustentação do Investimento. Dos R$ 372 bilhões disponíveis em 2014, R$ 106,9 bilhões serão financiamento de ônibus e caminhões. Taxas de juros ficaram mais altas, mas ainda continuam atrativas. Foto: Adamo Bazani

Verba para financiamentos de ônibus e caminhões pelo PSI sobe em 2014
Com mais R$ 50 bilhões, programa vai contar com R$ 372 bilhões. Para ônibus e caminhões, serão R$ 106,9 bilhões
ADAMO BAZANI – CBN
O Conselho Monetário Nacional – CMN formalizou nesta segunda-feira, dia 30 de dezembro de 2013, a liberação de mais R$ 50 bilhões para o PSI – Programa de Sustentação do Investimento. O Governo Federal já havia anunciado a extensão do programa até 31 de dezembro de 2014.
Com isso, o PSI vai contar com R$ 372 bilhões. As linhas com recursos do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social passam dos R$ 316 bilhões de 2013 para R$ 364 bilhões em 2014. Já os financiamentos relacionados à Finep – Financiadora de Estudos e Projetos passam de R$ 6 bilhões para R$ 8 bilhões.
Criado em 2009, para diminuir os efeitos da crise internacional que começou em 2008, o programa tem o objetivo de estimular o investimento de setores que geram renda, emprego e capital.
Entre os segmentos que são englobados pelo PSI estão o de ônibus e caminhões.
Para o financiamento destes veículos, o limite disponível do PSI subiu 16,3%, indo para R$ 106,9 bilhões.
No entanto, as taxas de juros estão mais severas. Mesmo assim, continuam sendo mais atrativas que a Selic – taxa básica da economia.
Os juros para ônibus e caminhões passam dos atuais 4% para 6%. O total do valor financiado também muda, tornando as regras mais duras.
Antes, pequenas e médias empresas de ônibus e caminhões tinham até 100% do valor dos veículos financiados. Agora serão 90%. Já para as grandes empresas, o financiamento passa de 90% para 80%.
O programa Pro-Caminhoneiro, pelo PSI, também terá as taxas de juros elevadas de 4% para 6% em 2014. Mas o veículo continua com 100% do valor financiamento.
Prevendo o aumento das taxas de juros, nas últimas semanas, empresários de ônibus e caminhões correram para as montadoras para aproveitarem os juros até 31 de dezembro de 2013.
Os juros do PSI acompanham o ritmo da taxa Selic, que registrou aumento.
Apesar da alta, o PSI deve continuar vantajoso.
Enquanto a Selic estava em 7,25%, o PSI estava em 4%. Agora com a Selic (taxa básica da economia) em 10%, as linhas do PSI para ônibus e caminhões ficam em 6% a partir de janeiro de 2014.
Outros setores também vão contar com novas regras de cobertura do valor do bem financiado e modificações nas taxas de juros:
Máquinas e Equipamentos: Para pequenas e médias empresas, os juros sobem de 3,5% para 4,5% com cobertura de 100% do valor do bem. Para as grandes empresas, os juros sobem para 6% e a cobertura cai de 90% para 80% dos valores.
Inovação: As linhas para os projetos de inovação e modernização vão ter os juros elevados de 3,5% para 4% para pequenas e médias empresas, com 100% de abrangência sobre os valores. As grandes empresas vão contar com as mesmas taxas, mas a cobertura cai de 90% para 80% dos valores dos projetos.
Pré-embarque para exportação: Independentemente do porte das empresas, os juros sobem de 5,5% para 8%. Mas para os pequenos e médios empreendimentos o nível de financiamento fica em 100% e para as grandes empresas, em 100%.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Financiamento de ônibus e caminhões pelo PSI vai contar com mais verbas em 2014

  1. onde foram os 106,9 bilhões de reais destinados a compra de caminhões .já são 100 dias que encaminhei o financiamento e não saiu.

1 Trackback / Pingback

  1. Financiamento de ônibus e caminhões pelo PSI vai contar com mais verbas em 2014 | Campione

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: