Comissão aprova ônibus só para mulheres em Curitiba

ônibus

Uma comissão da Câmara de Curitiba aprovou o uso de ônibus só para mulheres. Projeto ser analisado por outras comissões. Foto: Allan Costa Pinto;Bem Paraná

Comissão aprova ônibus só para mulheres em Curitiba
Ideia é separar ônibus biarticulados e ligeirinhos nos horários de pico
ADAMO BAZANI – CBN
A “Comissão de Legislação” da Câmara Municipal de Curitiba aprovou projeto que obriga as empresas de ônibus da cidade a separarem veículos apenas para mulheres.
A autoria do projeto é do vereador Rogério Campos.
Agora a matéria deve ser apreciada pela “Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública” e “Comissão de Serviço Público”. Depois haverá votação em plenário com a matéria seguindo para o executivo.
Pela proposta, seriam separados cerca de 20% dos ônibus municipais somente para as mulheres nos horários de maior movimento.
As mulheres continuam podendo usar os ônibus convencionais.
O projeto prevê ainda cor diferenciada para os ônibus destinados a mulheres, provavelmente rosas e engloba os veículos biarticulados e os “ligeirinhos”.
A ideia foi aprovada com dificuldades e não há garantia de que as outras comissões aceitem o projeto.
A presidente do colegiado da Câmara, Julieta Reis, disse que o projeto é inconstitucional por impedir livre acesso ao transporte público para todos e promover segregação.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

14 comentários em Comissão aprova ônibus só para mulheres em Curitiba

  1. As mulheres de verdade é que devem julgar se isso é bom ou não pra elas . isso me mostra que ainda há uma diferença entre homem e mulher e esse papo de igualdade é furado.

  2. Meu Deus, tantas coisas mais importantes para aprovar e vem um vereador FEMINISTA ou tentando ganhar o ELEITORADO FEMININO para propor uma lei assim.

  3. ACHO ISSO RIDÍCULO!!!

    CONCORDO COM O “marcos” CADÊ O PAPO SOBRE IGUALDADE?
    EU ENQUANTO HOMEM, FAÇO DE TUDO PRA NÃO ME ENCOSTAR NAS MULHERES, NEM NOS HOMENS, QUANDO UTILIZO COLETIVOS, ACHO ISSO EXTREMAMENTE INCONVENIENTE, E TAMBÉM NÃO GOSTO QUE SE ENCOSTEM EM MIM,MAS OBSERVO É QUE “ELAS ” É QUE NÃO TEM ESSA PREOCUPAÇÃO, ATIRAM A BUNDA PARA ATRÁS, ESFREGAM OS SEIOS NAS COSTAS DA GENTE E O PIOR DE TUDO JOGAM OS CABELOS PRA TODOS OS LADOS, INCLUSIVE NA NOSSA CARA E ISSO É NOJENTO…

    PROPONHO TAMBÉM QUE TODAS AS MULHERES OU MESMO HOMENS QUE GOSTEM DE USAR CABELOS COMPRIDOS QUE, QUANDO USAREM COLETIVOS AMARREM OS MESMOS OU CORTEM, NINGUÉM É OBRIGADO A TER SEUS FIOS, MESMO LIMPOS, EM NOSSAS MÃOS, BOCA OU ROSTO, NÉ MESMO?!

    ABRAÇO,

    Miguel Rodrigues

  4. Promoção da segregação baseada no gênero….

  5. Só lembrando que aqui em SP tem projeto similar tramitando na Câmara.

  6. Já fazem isso no metro do Rio. Ou seja a solução porca, em vez de melhorar o serviço só vai piorar, pois não vão aumentar a frota e os transportes “mistos” ficam mais cheios.

  7. Cara, isso é uma TREMENDA, Eu disse, uma TREMENDA BOBAGEM , sem pé, sem cabeça. Quem tem BOM SENSO, se dá o RESPEITO. Nem todos os Homens, nos quais me inclu-o, são tarados. Isso é DISCRIMINAÇÃO hétero sexual. Ah, com tanta coisa séria que as pessoas PRECISAM, NECESSITAM, e vem um vereador com um projeto desses!

  8. Totalmente absurdo, tbm faço o máximo para não encostar em ninguém … cotas disso, cotas daquilo … se o problema é encostar nas mulheres e se a mulher encostar na outra ???

  9. leonilda S Santos // 24 de outubro de 2013 às 00:23 // Responder

    OK Concordo cm MIguel tem mulher q não se tok mesmo, mas nem todas são iguais……
    ass: Leoniolda(motorista)

  10. “Brasil um país de todos.”
    Tem certeza???

    Só isso a dizer: Uma das coisas mais RIDÍCULAS que já vi, isso é falta do que fazer?

    Victor Villarim.

  11. Amigos, boa noite.

    Pensem no lado positivo.

    O Pink Buzão ficou show.

    Agora já pensou, na sorte do piloto premiado que trabalhará com o Pink Buzão “diaterim
    cheim” de mulheres.

    Ôoooooooooooooo beleza.

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção éa Paixão”

  12. o projeto é inconstitucional por impedir livre acesso ao transporte público para todos e promover segregação

    • Raphael,

      Infelizmente os políticos e juízes do Rio tiveram um entendimento diferente, provavelmente pelo fato da firma de advocacia que atende ao Metrô Rio ser da mulher do governador do Rio, ou apenas foi coincidência.

  13. ata então se eu chegar digamos no tubo e estiver atrasado e e tiver essa beleza Rosa eu não poderei pegar vou ter que esperar por outro ônibus isso é uma tremenda sacanagem.
    então coloca mais metro ou outro método melhor facilitar e não dificultar mais as coisas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: