Mesmo com multas de R$ 7 milhões, dono da Eucatur vai indicar diretor da ANTT

ônibus

Ônibus da Eucatur. Empresa é considerada inidônea e recebeu mais de R$ 7 milhões em multas da ANTT, mas seu dono, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), é que vai aprovar indicação de diretor da própria agência.

Dono da Eucatur é relator da indicação de um diretor da ANTT
A própria ANTT aplicou mais de 2400 multas contra a empresa
ADAMO BAZANI – CBN
O senador Acir Gurgacz (PDT-RO), dono da Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo (Eucatur), é o relator na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado, que pode aprovar a indicação de Daniel Sigelmann, nome indicado pela Presidência da República para a diretoria da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres.
A polêmica em relação ao papel de Acir é que a Eucatur acumula nos últimos cinco anos, 2 mil 449 multas aplicadas pela própria ANTT, que somam cerca de R$ 7 milhões. Algumas linhas da Eucatur operam sob liminar e a empresa foi considerada inidônea desde 2010, também pela ANTT por “práticas irregulares e atos ilícitos” segundo reportagem de O Correio Braziliense. Pelo cadastro de empresas sancionadas da Controladoria-Geral da União, a Eucatur não pode receber dinheiro público até novembro deste ano.
O patrimônio do empresário, com base nos dados da Justiça Eleitoral, de 2006, soma R$ 7,5 milhões.
Ainda de acordo com a matéria:
“Ao ser designado pelo presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura, Fernando Collor (PTB-AL), no fim de agosto, relator do caso, Gurcacz tinha a opção de recusar a tarefa — iniciativa que não tomou. Coube a ele fazer uma análise técnica do currículo do nome indicado para apresentar o parecer à comissão. Na segunda etapa, o indicado será submetido a questionamentos dos integrantes da comissão. A votação pela aprovação de Sigelmann é secreta tanto na comissão quanto no plenário do Senado.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

15 comentários em Mesmo com multas de R$ 7 milhões, dono da Eucatur vai indicar diretor da ANTT

  1. Uma questão: quais são os problemas da Eucatur? Já pensei em pegar uma vez a linha São Paulo – Florianópolis deles, que custa mais barato que a Catarinense / 1001.

  2. PQP ! Com Fernando Collor de Mello ! O mesmo que há apenas 21 anos atrás SUCATEOU completamente o serviço público brasileiro sequestrando inclusive a conta-poupança de milhões de brasileiros! Tenho amigos na família que NUNCA esquecerão deste ladrão ! Quanto à ANTT que a EUCATUR fique tranquila ganhando a presidêndia DANIEL SIGELMANN ou não, as dívidas da EUCATUR que somam mais de 7 milhões de reais SERÃO PERDOADAS, os técnicos que aplicaram as multas serão responsabilizados e com isso a EUCATUR poderá voltar a adquirir novos e “modernos” ônibus de eixo direcional, inclusive articulados rodoviários! Sonhar não custa!

  3. O que me deixa mais intrigado é, nunca se fez uma reportagem da Eucatur e quando se faz é para denegrir a imagem da empresa, alguém sabe quantos milhões a Itapemirim, Gontijo, 1001 tem de multa? Alguma reportagem aqui já disse que a 1001 é recordista de multa no transporte do Rio de Janeiro, alguém aqui já informou que a Itapemirim tem uma divida ativa de mais de 200 milhões de reais?? http://www.suportepostos.com.br/modules/news/article.php?storyid=2778
    Achei essa reportagem muito pretenciosa e que só vem a mostrar o quanto as pessoas realmente levam seu ego e admiração por uma determinada linha ao extremo.
    A Eucatur é uma empresa como as outras que estão no mercado com as que citei dentre outras, roda com liminar como muitas outras também, tem dividas como tantas outras até MENORES que outras empresas, “práticas irregulares e atos ilícitos” foram provados que não houve e a empresa inclusive mostrou outras empresas que não atendem também o estatuto do idoso que foi o motivo desta ação da ANTT.
    Enfim, não sou advogado da Eucatur apenas um admirador da empresa e tinha como um bom leito deste canal, opinar sobre esta reportagem a qual achei muito prepotente.

  4. Adamo, ontem ouvi um motorista dizendo que o Baltazar montou uma nova empresa em Mauá que não é a Estrela de Mauá. Segundo ele, foi montada neste mês perto da Pirelli, algo assim.
    Será que é para tentar pegar as linhas da Leblon de novo ?

  5. Amigos, boa tarde.

    Depois dessa, é mais justo recredenciar o IB.

    Sem mais delongas ou milongas.

    BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL…

    Att,

    Paulo Gil

  6. joao carlos morais // 18 de outubro de 2013 às 10:47 // Responder

    a grande questão é o porque tanto tempo não e cumprida a constituição, todas estas empresas que estão operando deveriam estar mesmo por liminar pois somente a justiça para botar ordem pois as licitações já eram para ter sido feitas a mais tempo, e a administração publica não esta nem ai, não esta cumprindo sua parte, acredito que se eles não fazem licitação, também não poderiam ficar multando por coisas que poderiam somente advertir, e sim recolher os veículos quando não tem condições de rodar.

  7. É uma boa empresa, com bons serviços, melhor até do que a concorrência, quando tive oportunidade de experimentar. Tecnicamente, o senador não é o dono da empresa, mas seu pai, o que não muda o foco da matéria, mas explica a discrepância entre o patrimônio de 7,5 milhões para quem está á frente de um grupo empresarial tão grande.

    Quanto á indicação, farei o papel de advogado do diabo, e quero crer que alguém do ramo de transporte seja o mais qualificado para faze-lo, e lembro que a indicação não significa posse, já que o nome deverá passar pelo crivo de comissão do Senado, além de ser aprovado pelo executivo federal, mais precisamente pela Presidência da República.

  8. Para uma empresa de transporte de passageiros chegar a ser declarada inidônea, é um longo processo e certamente isso não caiu do céu, houve fatos que desencadearam este processo.

    Agora, todas as empresas tem multas, mas poucas foram declaradas inidôneas. E para participar da licitação não podem ter débitos com a União.

    Agora, acredito que isso é o início de uma influência política nefasta em mais uma agência reguladora. Leia sobre a chamada “teoria da captura regulatória pelo setor regulado”. Agora, é muito interessante a designação deste senhor no momento que se inicia a licitação da rede nacional (interestadual) de transporte de passageiros e a empresa de sua família não pode participar.

    Já a questão das tarifas, se a empresa executa uma tarifa promocional sem autorização do órgão regulador, ela é passível de autuação. Mas certamente a Eucatur deve estar perdendo dinheiro em suas viagens de longa distância devido a concorrência das empresas aéreas e busca entrar nas ligações de média distância através de liminares ou através de conexões de diversas linhas intermunicipais e interestaduais.

  9. Gostaria de saber qual é o grupo de SP ou RJ que tá tentando puxar o tapete da EUCATUR. Pois aqui em Cascavel não se fala nada dessas multas

  10. Bom, se alguém quiser ter algum trabalho, pode entrar com uma solicitação através da Lei de Acesso a Informação para obter o numero de autuações por empresa, em um determinado período, ou até mesmo o de fiscalizações.

    Quanto aos outros grupos, o grupo Gontijo/São Geraldo/Nacional é de Minas Gerais, a Itapemirim é do Espírito Santo, a Pluma é do Paraná, como a Garcia. A UTIL/Unica/Fácil/Brisa/Normandy/Real Expresso/Expresso Guanabara/Sampaio/Bel Tour é sediado no Rio. Já o JCA (AutoViação 1001/Cometa/Catarinense/Rápido Ribeirão) também é do Rio. Todos estão pagando suas multas para poderem entrar na licitação. Haverá possivelmente investidores externos, principalmente nas linhas de média distância, que tem boa competitividade com o modal aéreo. Longa distância hoje é o osso.

    Acho que ninguém quer o que é da Eucatur não. Ela fez muito pelo “Brasil Ocidental” que é aonde ela atua. Realmente desbravou fronteiras, mas não isso não justifica que ela esteja acima da lei e não seja penalizada em caso de cometer alguma infração.

    • ao Adivogado da eucatur vc tem cria vergonha na cara e para de tar puxando saco dos empresários pois eles devem milhões de fgts q não pagão aos funcionários investem tudo aí em cascavel no Paraná mais a palavra de Deus diz **q não a nada encoberto q não seja descoberto Deus vai mostra quem di fato são eo q ele fazem de errado amem q Deus ti abençoe

      • CRITICA A EUCATUR OU O DONO ?????
        APRENDA A FAZER COLOCAÇÕES VOÇÊ MORA AONDE ???
        VEM PRA RONDONIA AONDE ESTA EMPRESA TEM A MAIORIA DOS SEUS PATRIMONIOS E SEUS FUNCIONARIOS QUE DÃO TUDO POR ELA POIS DIFERENTE DE OUTRAS QUE NÃO TEVE CORAGEM ESTA AQUI E VOÇÊS VÃO CONTINUAR FALANDO POIS DOI VER O DESENVOLVIMENTO DA EUCATUR E SEU PROPRIETARIO.

  11. O maior problema da EUCATUR é aqui em Rondônia, onde o Governo tem o Poder e fazem o que quer… Os Fiscais do DER-RO são perseguidos se multarem a empresa, e ainda tem muitos fiscais que estão do lado da empresa… porque a EUCATUR paga todo dia o almoço deles…

  12. Se não denuncio porque não posso provar, mas se a justiça fosse investigar encontraria muitos erros e fraudes…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: