Mauá promete audiências públicas sobre transportes

ônibus

Prefeito Donisete Braga, de Mauá, recebe representantes de movimentos sociais e promete tornar públicas planilhas dos transportes coletivos na cidade. Foto: Roberto Mourão – Assessoria de Imprensa Prefeitura de Mauá.

Mauá anuncia audiências públicas para transportes
Prefeitura reconhece diferença de qualidade entre empresas operadoras e promete informar planilhas aos passageiros
ADAMO BAZANI – CBN
A Prefeitura de Mauá, na Grande São Paulo, deve realizar a partir do mês de agosto 14 audiências públicas para discutir o transporte público na cidade. As planilhas dos transportes devem ser apresentadas nestas audiências.
A promessa foi feita pelo prefeito Donisete Braga que recebeu Leandro Hernandez Felipe, Rodrigo Syerrah e Vinícuis Zomparelli, representantes de movimentos sociais que pedem melhorias na saúde, educação, transporte e redução no valor das passagens de ônibus.
Donisete explicou no encontro que as tarifas já foram reduzidas de R$ 3,30 para R$ 3,00 e que não são possíveis novas reduções.
Ele disse, no entanto, que com a aprovação pela Câmara Municipal, a integração entre os ônibus municipais e a CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos deu mais um passo para se concretizar.
A integração será custeada pelas passagens pagas pelos usuários e os valores devem ser definidos após estudos da CPTM e do poder público municipal. O dinheiro irá para uma câmara de compensação operada pela CPTM e pela empresa responsável pelo cartão “Da Hora”, denominada PK 9.
Os investimentos nos validadores das catracas serão a cargo das empresas operadoras Viação Cidade de Mauá (lote 01) e Leblon Transporte de Passageiros (lote 02).
A prefeitura estuda a possibilidade de um novo modelo gestão de transportes e, apesar de reconhecer que todos os serviços devem ser melhorados, aponta a diferença de qualidade operacional entre as empresas de ônibus. Enquanto a Leblon Transporte, segundo a Prefeitura, realiza investimentos na frota e nos serviços, a Viação Cidade de Mauá lidera o número de reclamações quanto à qualidade dos ônibus e não cumprimento de horários e partidas.
A Leblon afirma que pretende continuar os investimentos na cidade e que está em constante diálogo com o poder público para melhorar os serviços. O empresário Baltazar Júnior, da Viação Cidade de Mauá, afirmou que pretende trazer 40 ônibus novos para os serviços e que é maior o índice de cumprimento de horários.
O prefeito disse ainda que no segundo semestre deve criar a Mauá Trans, gerenciadora de transportes públicos da cidade.
O paço negou uma suposta guerra entre empresas de ônibus e prefeitura.
As companhias se defendem administrativamente de uma auditoria que apontou problemas no sistema de bilhetagem.
Ainda não foi concluída a análise da defesa das empresas por parte do paço.
Sobre uma eventual nova licitação do sistema, a prefeitura não descarta a possibilidade, mas neste momento o assunto é considerado especulação.
“Nossa visão é mais ampla do que a simples redução da tarifa. Queremos oferecer um novo modelo de transporte coletivo para a cidade e os reflexos dessa mudança deverão ser sentidos pela população até o final deste ano”, afirmou Donisete Braga, em nota à imprensa
Um grupo de militantes populares deve realizar um novo ato no centro de Mauá neste sábado, dia 13 de julho. Entre as pautas: redução do valor da passagem para R$ 2,90, perigos da volta do monopólio dos transportes, mesmo que de forma velada, melhoria nos serviços das duas atuais empresas de ônibus e transaparência do poder público nas relações com as companhias.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Mauá promete audiências públicas sobre transportes

  1. Adamo O Ato de sábado não é do grupo Política sim Patifaria Não. O Ato é do Povo
    PS: O nome do grupo é Povo.

  2. Apesar do secretário de mobilidade urbana, Paulo Soares, ter ido todo cheio de marra contra o Baltazar, em entrevista dada a rádio ABC, dando inclusive ultimato para melhorarem os serviços prestados. Parecem que já fumaram o cachimbo da paz, pelo menos até o natal. E vamos empurrando com a barriga, e que barriga né?

  3. Essa eu quero ver!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: