Haddad diz que paulistano terá de pensar antes de tirar o carro da garagem e parcelamentos vão bancar parte da redução da tarifa

ônibus

Ônibus em São Paulo. Haddad promete mais uma vez que vai priorizar os transportes coletivos e que andar de carro em São Paulo será mais difícil. Parte da redução da passagem de ônibus será bancada por recebimento de impostos atrasados, parcelados. Foto; Adamo Bazani.

Haddad diz que paulistano vai pensar duas vezes antes de tirar o carro da garagem.
Prefeito de São Paulo diz que espaços prioritários aos transportes coletivos vão aumentar a velocidade dos ônibus
ADAMO BAZANI – CBN
Ao vistoriar o primeiro dia de operação das faixas exclusivas para ônibus na Marginal do Rio Pinheiros, o prefeito Fernando Haddad garantiu que os transportes coletivos terão prioridade no espaço urbano e que as pessoas terão de pensar “duas vezes” antes de optarem pelo carro antes de saírem de casa.
Ele prometeu mais faixas (cerca de 220 quilômetros) e corredores de ônibus (cerca de 150 quilômetros) para que a média da velocidade dos ônibus passe de 14 km/h para 22 km/h.
“Para o carro, vai piorar e para o ônibus, vai melhorar. Então, o pessoal vai pensar duas vezes antes de tirar o carro da garagem. Onde quer que tenha três faixas, a ideia é segregar uma para ônibus. Não é justo que o transporte de dois terços dos trabalhadores não tenha pelo menos um terço das faixas disponíveis”, disse referindo-se ao fato der o ônibus ocupar proporcionalmente bem menos espaço urbano que os carros levando em consideração a quantidade de passageiros que transporta.
Assim, grandes avenidas terão faixas de ônibus, segundo o chefe do executivo paulista. Exemplos são Avenida 23 de Maio e Avenida Paulista.
A Marginal do Rio Pinheiros terá ao todo 21 quilômetros de faixas exclusivas que vão funcionar à direita da via.
Apesar de não oferecerem a mesma eficiência dos corredores, com maior possibilidade invasão por parte de outros carros e não contarem com espaços que possam ter estações de embarque e desembarque mais práticos e a acessíveis, as faixas ajudam aumentar a velocidade do transporte coletivo, numa proporção menor que a dos corredores.
Esta primeira etapa de faixas na Marginal Pinheiros, vai da Rua Professor Leme da Fonsceca até a Avenida Interlagos, no sentido bairro (Ayrton Senna), somando 3,6 quilômetros, e no sentido centro (Castelo Branco), da Avenida Interlagos até a Avenida Mário Lopes Leão, com 4,2 quilômetros.
Os dois sentidos vão ter horários específicos para os ônibus nos dos sentidos: das 06 h às 09h e das 17h às 20h
As outras etapas de faixas da Marginal Pinheiros serão as seguintes:
O trecho 02 deve ser implantado no dia 08 de julho e vai compreender as avenidas Alcides Sangirardi, Marginal do Rio Pinheiros e Major Sylvio de Magalhães Padilha (pista local da Marginal), sentido Interlagos, da Ponte Ary Torres até o acesso à Av. João Dias, com 5,8 km de extensão aproximada.
O trecho 03 vai ser implantado no dia 15 de julho na Av. das Nações Unidas, sentido Castelo Branco, entre a Av. Mário Lopes Leão e a Ponte Ary Torres, com aproximadamente 7,4 km de extensão.

PARCELAMENTO DE DÍVIDAS VAI PAGAR TARIFAS MENORES:

O prefeito Fernando Haddad disse nesta manhã, ao vistoriar o primeiro trecho de faixa exclusiva de ônibus na Marginal do Rio Pinheiros, disse que parte da verba para subsidiar as reduções das tarifas de ônibus em São Paulo, que passaram de R$ 3,20 para R$ 3,00 no último dia 24 de junho virá do que a prefeitura deve receber do parcelamento de impostos atrasados, como o ISS e a parte do município do ICMS.“Nós conseguimos na última semana um aporte de recursos do ICMS. Houve uma repactuação, um parcelamento de dívidas do ICMS e São Paulo vai receber uma quantia que não estava prevista no nosso orçamento, de R$ 276 milhões”, disse Haddad em coletiva.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

8 comentários em Haddad diz que paulistano terá de pensar antes de tirar o carro da garagem e parcelamentos vão bancar parte da redução da tarifa

  1. Adamo, o nosso prefeito tem que ficar atento porque tem empresas de ônibus de SP, que estão boicotando o transporte, aumentando os intervalos e tem empresa que voltou a colocar ônibus velhos que já haviam sido substituídos novamente na linha, numa clara represaria a população pela redução da passagem, olha que a vingança não e um bom prato, prefeito Hadda, fique atento porque na minha opinião o Tatto esta jogando contra.

    • Pedro, boa noite.

      PREVISÍVELLLLLLLLLLL!

      Economia é a base da porcaria, com tarifa a R$ 3,00 só Apachezinho Baleado e olhe lá.

      Já fiz esta previsão há alguns dias atrás e foi confirmado por comentários recentes, incluindo o seu.

      Não há o que se espantar.

      Att,

      Paulo Gil

  2. Pedro, tudo bem? Aqui é o melhor lugar para divulgar-mos tudo o que acontece de errado, principalmente no que se diz ao transporte, portanto denuncie qual a empresa que esteja fazendo isso para que todos saibam quem esta fazendo esse boicote. Ok.
    Abraços,
    Afonso

    • Afonso, tudo bem, o problema de não mencionar as empresas e simples, elas negam, quem teria que investigar não investiga, se você verificar os meus e-mail anteriores vera que eu sito sim a empresa que serve a minha região a zona leste, mas desta vez vou ser imparcial verifiquei que atualmente todas estão sim boicotando a população, ou aumentando os intervalos ou aumentando o numero de ônibus velhos nas linhas, agora te pergunto como pode estas empresas que esta mais do que provado que prestam um péssimo serviço, serem as mesmas que participarão da licitação, elas já deveriam de ante mão serem eliminadas da concorrência, por isso que não melhora, independente do serviço as prestadoras serão sempre as mesmas.

  3. Amigos, boa noite.

    Quanta inexperiência…

    Nem precisa pensar.

    Mesmo eu, que sou um apaixonado pelo Buzão, não troco o carro pelo Buzão em Sampa, NUNCA.

    Qualquer congestionamento é muito melhor do que o “CONFORT SHIFT PASSAGEIRO SIFÚ”

    Hoje pela manhã quando fui tomar o meu Apachezinho Baleado, antes de atravessar a rua passou um carro da linha em direção ao ponto final.

    Atravessei a rua e lá estava eu a esperar o meu Apachezinho Baleado.

    Quando o Apachezinho Baleado chegou, adivinhem qual a minha surpresa ?

    O mesmo Buzão que eu vi passar em direção ao ponto final era o Buzão que eu embarquei; acho que nem deu tempo do piloto fazer um xixizinho.

    Eu até comentei com a cobradora e disse.

    Que isso ? Acabei de ver vocês passando para o ponto final, nem para vocês darem uma descansada.

    E ela me respondeu: QUE NADA, agora está assim.

    E eu disse, ninguém merece isso, tá loko!

    E tem mais, normalmente nossos carros não tem goteira e tem um monte de Buzão que tem, mas…

    Carro ou Buzão; não precisa pensar nenhuma vez; CARRO.

    Não é assim, empurrando guela abaixo que se fará com que as pessoas migrem para o Buzão.

    Primeiro comecem a fazer manutenção nas faixas que os Buzões trafegam, pois daqui a pouco elas não servirão pra mais nada.

    De tanto buraco elas vão ficar vazias de Buzão e de carros, ai sim vai ficar belê.

    Isso já é realidade (que eu vi) no Corredor Inajar Rio Branco – Parada Comendador Martinelli e na Av. Vital Brasil.

    MAIS UMA PREVISÍVELLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Ao invés de ir vistoria corredor a lá Paulo Gil ( que é previsível), vá até Uberlândia e utilize o BRT dos minerim e vê qui belezim.

    APRENDA.

    Att,

    Paulo Gil

  4. Rolland T. Flackphayser // 4 de julho de 2013 às 07:37 // Responder

    Haddad mais uma vez dividindo o povo entre esses e aqueles, seguindo a estratégia de desunir para conquistar e saquear. Novamente o obtuso ameaça os motoristas de carros de São Paulo. Ao invés de convidar este para usar o transporte público, como acontece em qualquer país civilizado, o idiota quer obrigar estes a entrar nos ônibus superlotados, agora com aval oficial da prefeitura, com ameaças de que a vida de quem anda de carro vai piorar, de que o paulistano terá que pensar duas vezes antes de tirar o carro da garagem. Daqui a pouco o PTRALHA pode até ameaçar diminuir a velocidade dos corredores para carros para 30 Km/h. Esse prefeitinho até agora se mostrou uma desgraça tão grande quanto todo o PTralha.

  5. …mas é muito absurdo! a faixa da 23 de maio é só num trecho muito pequeno….fica a maior parte do tempo vazia, enquanto a dos carros insuportável…de repente, acaba a faixa exclusiva e continua o caos! eu juro, nunca vi tamanha esquizofrenia de trafego! Fazer “tiras” de onibus só pioram ainda mais a cidade, pelo amor de Deus!!!! #CETFail

  6. Evandro Baptista // 29 de agosto de 2013 às 12:57 // Responder

    Melhor ficar 3 horas dentro do carro com ar som e conforto do que 30 minutos nas carroças lotadas e fendidas, que nos são oferecidas. Para o cidadão deixar seu carro na garagem, no minimo o transporte público teria de oferecer viagens sentados, ar e intervalos bem menores de partidas de onibus.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: