São Paulo recebe mais duas faixas exclusivas para ônibus

ônibus

Ônibus em São Paulo. Capital Paulista recebe mais duas faixas para ônibus nesta segunda-feira. Os espaços serão na Zona Norte e na Zona Oeste da cidade. Foto: Adamo Bazani

São Paulo recebe mais duas faixas de ônibus nesta segunda-feira.
Na zona Norte funcionamento será durante todo o dia e na zona Oeste apenas nos horários de pico
ADAMO BAZANI – CBN
Mais duas faixas para ônibus começam a funcionar na cidade de São Paulo nesta segunda-feira, dia 3 de junho.
Os espaços exclusivos para o transporte coletivo foram instalados na zona Norte e na zona Oeste.
Na zona Norte, a faixa funciona na Rua Alfredo Pujol, em Santana, somente nos horários de pico.
Das 06 às 10 da manhã, opera no sentido Centro à direita da via, entre as ruas Chemin Del Pra e Voluntários da Pátria.
No sentido bairro, a operação é das quatro da tarde às oito da noite, à direita, neste mesmo trecho e também entre as ruas Marechal Hermes da Fonseca e Aluísio Azevedo.
De acordo com a SPTrans, no local por dia, vinte linhas de ônibus atendem a 86 mil passageiros.
Quem invadir a faixa localizada no lado direito da via comete infração leve e pode ter três pontos negativos na carteira, além de receber multa de R$ 53,20.
Já na Zona Oeste de São Paulo, a faixa é do lado esquerdo, cuja invasão é considerada infração grave, com cinco pontos na carteira e R$ 127,69 de multa.
A faixa vai operar sobre a Ponte Eusébio Matoso, no sentido bairro entre a Praça Antônio Sabino e a Rua Gerivatiba e, no sentido centro, entre a rua Henrique da Cunha e Praça Eugene Boudin.
O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 04h00 às 23h00 e aos sábados das 04h00 às 15h00.
As faixas vão operar como ligação do Corredor Campo Limpo/Rebouças/Centro.
Nestes trechos da Ponte Eusébio Matoso, passam diariamente 514 mil passageiros de ônibus.
As faixas fazem parte da “Operação Dá Licença para o Ônibus”, da SPTrans e da CET.
A proposta da prefeitura de São Paulo é implantar 150 quilômetros de faixas na cidade, além de 150 quilômetros de corredores.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em São Paulo recebe mais duas faixas exclusivas para ônibus

  1. Amigos, boa noite.

    Até que enfim pararam com a euocubração mental e o sonho de corredor BRT, onde não dá
    para fazer por razões previsíveis.

    Que a SPTrans resolveu adotar o corredor a lá Paulo Gil (faixa branca, sinalização e tachão)
    todos já perceberam.

    Será que ela também implantou a Fazedoria ?? E nem avisou a gente.

    E o Buzão sem banco no horário do Rush com tarifa de R$ 2,80 ??

    E o BRT Terminal Vila Jaguara -Terminal Shopping Morumbi – Terminal Vilá Jaguara ?

    Já embarcaram nesta ideia também.

    Aproveita que ela é ótima e dará um BRT e tanto bem como um grande “IBOPE”.

    Op$, quero meu$ royaltie$.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Esse termo “Dá licença para o ônibus” é tão BESTA; Falta de CRIATIVIDADE.

  3. Na campanha desse embusteiro ele dizia que iria criar corredor e não falou que iria sacanear os automóveis , que a propósito , essa idéia de colocar uma enxurrada de carros nas ruas foi de um outro embusterio , com o transporte de péssima qualidade ele quer cobrir de qualquer forma a patifaria , fazendo o passageiro pensar que o transporte melhorou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: