Fruet quer “moralizar” Urbs e cobra licitação das metropolitanas

ônibus

Ônibus em Curitiba. Prefeito quer fazer uma verdadeira “moralização” na gerenciadora de transportes da Urbs, enxugando pessoal da diretoria, custos e também deixando as contas mais transparentes. Chefe do executivo municipal quer que governo do Estado agilize licitação de empresas de serviços metropolitanos.

Prefeitura de Curitiba quer enxugar R$ 3 milhões da Urbs
Chefe do executivo da Capital Paranaense cobra do Governo do Estado licitação dos ônibus metropolitanos
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, afirmou que pretende “moralizar” a Urbs – Urbanização de Curitiba S.A, empresa que gerencia os transportes públicos municipais e os serviços de ônibus metropolitanos que atuam nas cidades contempladas pela RIT – Rede Integrada de Transportes.
A Urbs também cuida de espaços públicos, como Rua 24 Horas, Mercado Central, Centro de Eventos Parque Barigui, da regulamentação de serviços como de bancas de jornais, da Rodoferroviária, e de outras atividades de transportes, como ônibus e vans de fretamento, táxi e transporte escolar.
Hoje a Urbs é responsável por mais de 1 mil 300 contratos de serviços públicos.
Com déficits acumulados de R$ 100 milhões, a Urbs deve ter a estrutura reorganizada, com mudança de diretoria, redução de 20% do pessoal da área administrativa, em especial cargos de gerência, que devem trazer economia anual de R$ 3 milhões.
Além disso, nesta semana deve ter início uma auditoria nas contas, nos contratos, nos quadros de funcionários e nos serviços da Urbs.
Também devem passar por investigações o FUC – Fundo de Urbanização de Curitiba e os contratos dos três consórcios operadores da cidade.
A Urbs também já está sendo fiscalizada pela sociedade civil, pela Comissão de Análise da Tarifa, formada por órgãos representantes de passageiros, Ministério Público e Vereadores. O grupo sugeriu uma série de ações para minimizar os custos do sistema para evitar próximos aumentos muito altos nas passagens de ônibus.
O prefeito também cobrou agilidade do governador do Estado do Paraná, Beto Richa, para a realização da licitação do sistema de ônibus metropolitano que serve os municípios da RIT, com exceção da Capital, onde já foi realizado o certame.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Fruet quer “moralizar” Urbs e cobra licitação das metropolitanas

  1. fernando guimaraes borba // 13 de Maio de 2013 às 15:00 // Responder

    Prezados Amigos, Ser que poderiam me informar quais Estados j concederam reduo na aliguota do ICMS sobre o leo diesel para empresas de transportes urbanos, e quanto este desconto? Obrigado pela ateno, Fernando Borba

  2. Amigos, boa noite.

    Reinaldo Penhaalves, Parabéns linda foto.

    “Moralizar” uma empresa com déficits acumulados de R$ 100 milhões ???????

    Primeiro tem de apurar os fatos e se os indiciados forem julgados culpados, estes
    têm de ser responsabilizados e os cofres públicos serem ressarcidos.

    O ressarcimento será impossível, pois a esta altura do campeonato, nem “oranges”
    se pegam mais.

    Acabe com essa URBS e a Prefeitura que gerenciei tudo com base nas normas legais, principalmente
    a 8666/93.

    O imoral não se moraliza NUNCA, afina,l ética não se aprende em escola ou universidade nenhuma deste planeta;SÓ SE APRENDE NO BERÇO.

    Att,

    Paulo Gil

  3. Emerson Carlos S. silva // 15 de Maio de 2013 às 16:56 // Responder

    Precisa fazer o mesmo aqui em Campinas. O serviço é caro, R$ 3,30 e péssimo em qualidade. Ônibus velhos, mal conservados mesmo os mais novos. Existe um duopólio aqui na cidade e a prefeitura é conivente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: