Adiado pagamento só com cartão em Santos

ônibus

Ônibus em Santos. Pagamento somente a cartão foi adiado. Prefeitura culpa empresa de ônibus pior não implantar ações de melhorias. Nos bastidores, causas seriam polêmica da medida e baixa adesão dos passageiros.

Pagamento só a cartão em Santos é adiado
Prefeitura diz que sistema não será implantado porque Viação Piracicaba descumpriu acordo de melhorias
ADAMO BAZANI – CBN
O fim do uso do dinheiro e a cobrança exclusiva por bilhetagem eletrônica nos ônibus municipais de Santos, que deveria começar nesta terça-feira, dia 23 de abril, foram adiados e só devem ter início em 30 dias.
O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa.
O chefe do executivo alegou que o adiamento se deu porque a operadora municipal, Viação Piracicabana, descumpriu uma série de ações de melhorias que deveriam ser implantadas em troca do sistema que não aceitará mais dinheiro nos ônibus.
A Piracicabana vai receber multa de R$ 14 mil 500.
Para extinguir os cobradores e ao mesmo tempo acabar com a dupla função de o motorista dirigir e cobrar ao mesmo tempo, a prefeitura exigiu que a Piracicabana triplicasse os pontos de vendas de cartão-transporte, o que segundo o poder público não ocorreu.
Quando a prefeitura anunciou o novo sistema de pagamento exclusivo com cartão, a cidade tinha 40 postos de retirada de cartão e compra de créditos, dos quais oito próprios e 32 terceirizados.
Hoje são 140 postos. Em tese, a meta teria sido cumprida, mas a prefeitura diz que os pontos são insuficientes e que há regiões sem atendimento.
Alguns funcionários do setor de transportes locais disseram que o adiamento se deu pois a empresa não estaria tecnicamente preparada e também por causa da polêmica gerada e baixa adesão dos passageiros.
A partir desta terça-feira, os ônibus ainda podem ter a passagem paga em dinheiro, mas os motoristas devem distribuir formulários para inscrição de retirada do cartão.
Para fazer o cartão não e necessário pagar nada. Também é possível solicitar pela internet, com RG e número de CPF. A Viação Piracicabana entrega o bilhete eletrônico na casa do passageiro:
http://www.santosonibus.com.br/home.asp

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Adiado pagamento só com cartão em Santos

  1. Amigos, boa noite

    Como diria o personagem da escolinha do Professor Raimundo:

    ” TAVA INDO TÃO BEM ”

    Mais uma resposta previsível; pagar a multa de R$ 14.500,00, é mais barato do que atender as exigências da Prefeitura, portanto…

    Os santistas também poderiam colaborar e pensar grande, exigindo o fim do uso do dinheiro no Buzão,
    a partir de ontem.

    Quando um dá um empurrão para frente 99 empurrão para trás, por isso é que tem de sofrer mesmo,
    até aprender a pensar “fora da caixinha”, nem que seja na próxima vida.

    Att,

    Paulo Gil

  2. SE aqui ainda existisse integraçaõ no cartão, e não apenas no Term. Valongo, as pessoas já teriam aderido muito antes ao cartão. Aqui tanto faz se paga em dinheiro ou cartão, o passageiro não tem vantagem em ter o cartão, ao contrário de São Paulo, que pode pegar outro ônibus com a mesma passagem.

    Vale lembrar que, enquanto não forem feitas todas as exigências da prefeitura, como a compra de carros com piso baixo e ar condicionado, a tarifa não será reajustada.

    Enquanto Praia Grande, que é operada pela mesma empresa na rede municipal, já está custando R$ 3,20, aqui em Santos continua custando R$ 2,90. Única cidade da Baixada Santista que não ouve reajuste.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: