Justiça determina fim da greve de ônibus em Mogi das Cruzes

ônibus

Greve de motoristas e cobradores de ônibus de Mogi das Cruzes deve continuar pelo menos até a parte da manhã desta quarta-feira. Sindicato da categoria diz que não apoia o movimento.

Greve de ônibus em Mogi das Cruzes deve continuar nesta quarta-feira
Maior parte dos manifestantes é da CSBrasil
ADAMO BAZANI – CBN
A greve de motoristas e cobradores de ônibus em Mogi das Cruzes e região, na Grande São Paulo, deve continuar pelo menos até a parte da manhã desta quarta-feira, dia 06 de março de 2013, quando vai ser realizada uma reunião entre os trabalhadores, o sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus e representantes da empresa CSBrasil, do Grupo Júlio Simões, apesar de uma decisão judicial obrigando o fim do movimento grevista.
A maior parte dos motoristas e cobradores que cruzou os braços nesta terça-feira pertence à empresa. A outra companhia, Princesa do Norte, foi menos afetada e os serviços foram quase normais, com paralisações isoladas.
A greve também chegou a afetar os serviços intermunicipais da Júlio Simões dentro do Consórcio Unileste, que atende às cidades de Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e parte da Capital Paulista.
Os trabalhadores pedem reajuste salarial de R$ 500 para equiparação com os salários da Capital Paulista, aumento no valor da cesta básica e pagamento de horas extras.
Hoje a categoria reclama que, por conta da lei que regulamenta a profissão de motorista, os intervalos aumentaram, o que acabou reduzindo as horas extras dos trabalhadores.
O diretor do Sindicato dos Rodoviários de Mogi das Cruzes, Suzano e Região, Reginaldo Paccini, disse à reportagem do Portal G1, que a manifestação não é ligada a entidade. Ele afirmou que a categoria reclama de uma lei federal, que não pode ser mudada pela empresa de ônibus ou poder público municipal, e que as discussões sobre reajustes salariais serão feitas em maio, como ocorre anualmente.
Além disso, o sindicalista critica o fato de a greve ter sido deflagrada repentinamente, sem cumprir a determinação legal que exige aviso oficial com 72 horas antes do início da paralisação.
Terminais da cidade foram afetados. Pelo Terminal Central passam diariamente 70 mil pessoas e pelo Terminal Estudantes, a demanda diária é de 90 mil passageiros.
A CS Brasil conseguiu decisão da Justiça obrigando o fim da greve. O juiz do Trabalho, Daniel de Paula Guimarães, estipulou multa diária de R$ 5 mil aos trabalhadores que continuarem em greve.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

5 comentários em Justiça determina fim da greve de ônibus em Mogi das Cruzes

  1. A CS Brasil é a única empresa da região do alto tietê a pagar salários inferior ao piso da categoria. Isso é uma vergonha ao grupo Júlio Simões.

  2. Vou começar o assunto pelo que mais ouço dentro dos ONIBUS…
    É um absurdo o descaso dessa Empresa Julio Simões para com os Motoristas e Cobradores, isso é valor que se paga para quem passa tantas horas prestando seviços a Empresa?
    Os Motoristas e Cobradores a maioria são todos revoltados, tratam a gente muito mal, não são capazes de um bom dia se quer… uma boa tarde etc. Dirigem perigosamente, vive machucando pessoas dentro dos onibus durante o transportes, eu mesma já fiquei com uma mancha roxa na coxa enorme a mancha, pelo fato do motorista estar nervoso e fazer coisas erradas bruscamente fazendo com que a gente se machuca, sei que o fato deles ganharem tão mal não justifica as coisas erradas que eles fazem para com os passageiros, grita com a gente qdo o Onibus esta cheio e quer que os passageiros se apertam mais, para entrar mas passageiros, ou o motorista não vai continuar o trajeto enquanto a gente não se espremerem até… é um absurdo.
    Uma unica Empresa que temos na Região, fazer um serviço tão desorganizado, acho que vcs
    deveriam era investir mais na Empresa, qualificar mais seus funcionarios, principalmente Motoristas e Cobradores. Estamos cansados de sermos distratados dentro desses Onibus, as vezes eles ficam nervosos com a gente até na hora de pagar em dar troco, com apenas R$10,00 eles reclamam ficam questionando alto a gente fica até constrangido dentro do onibus, com todos ouvindo eles xingando e o Motorista ainda ajuda a esquentar o assunto.
    Infelismente só tenho esse meio de transporte e utilizo ele desde que fechou a Antiga EROLES e até hoje não vi nenhuma melhora nessa Empresa Julio Simões.
    A linha Cidade Edson 025
    a Linha Cidade Edson Via Santa casa é onde sofremos mais com o descaso, Onibus num tem … as vezes qdo vem o motorista já esta nervoso. eles só reclamam dizem que ganha mal por isso trabalha mal, que quer mesmo é que a empresa dispensa ele por isso faz tudo errado, fala desse jeito com os Cobradores. Imagina vc cansada indo pra casa e ouvindo eles reclamando dirigindo igual uns loucos. Ah !!! sei lá vcs devereiam tomar providencias.
    Me desculpe o meu desabafo, mas precisava dessa oportunidade
    E ainda mais pra ajudar GREVE danou tudo misericordia só Deus mesmo.
    Edna Fernandes

  3. Agora vão alegar que a culpa da greve também é da eroles ???????????

  4. Justiça Federal,ajude-nos! Temos sindicato monopolizado e orquestrado pelas empresas.Temos q dar um basta nesta patifaria…Chega!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: