Motoristas de ônibus podem passar pelo bafômetro todo o dia em Curitiba

biarticulado

Ônibus em Curitiba. Vereador quer que todos os dias os motoristas do sistema urbano da cidade sejam submetidos a testes de dosagem alcoólica. Foto Falcao

Vereador quer teste de bafômetro diário em motoristas de ônibus de Curitiba
Para parlamentar, medida não causaria constrangimento aos trabalhadores. Sindicato analisa a proposta
ADAMO BAZANI – CBN
Motoristas de ônibus do sistema de transportes de Curitiba, no Paraná, podem ser submetidos diariamente ao teste do bafômetro para averiguação de dosagem alcoolica caso seja aprovado projeto de lei apresentado pelo vereador Paulo Rink.
O parlamentar protocolou o projeto para alterar a lei 12597, de 2008, que dispõe sobre o Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros da Cidade de Curitiba.
A ideia é realizar o teste obrigatoriamente antes do início de toda a jornada. Exames durante o expediente e ao final dele podem ser feitos de maneira esporádica.
Rink justificou a proposta por entender que a fiscalização sobre a atuação dos motoristas de Curitiba precisa ser melhorada e que a medida aumentaria a segurança dos passageiros, dos próprios condutores e de outros motoristas e pedestres.
O Sindimoc – Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana ainda não se manifestou oficialmente sobre a proposta.
A entidade quer avaliar ser a prática poderia causar constrangimento aos profissionais.
O vereador rebate dizendo que a medida visa também a segurança do trabalhador e que não haverá constrangimento, pois os exames serão aplicados a todos os funcionários das empresas de ônibus, não havendo escolhas aleatórias.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Motoristas de ônibus podem passar pelo bafômetro todo o dia em Curitiba

  1. Esta obrigatoriedade deveria ser no País inteiro, inclusive em S.P.

  2. Vou procurar esse ‘projeto’ pra eu poder observar os detalhes de forma que eu possa entender na integra como isso funcionaria; quem seria a pessoa e/ou entidade oficialmente APATA e CAPACITADA e AUTORIZADA nas Formas da LEI pra estar executando essa atividade. Provavelmente devo conseguir isso e depois quem desejar ter uma cópia é só me contactar que eu envio por e-mail, Ok?
    Neste primeiro momento em tomo conhecimento desse assunto, graças ao Blog Ponto de Ônibus e toda a sua equipe sempre atenta e bem informada, a análise que faço é a seguinte:
    1º – A proposta e/ou Iniciativa é válida e tem boas intenções.
    2º – Me Pergunto?… Porque Novamente as ‘Coisas’ Recaem Em Cima do Condutor Profissional de Transporte Coletivo (Urbano, Suburbano, Rodoviário, etc)???…
    Que tal estender ‘isso’, também para os Motoristas de Veículo Escolar…Taxistas… Moto Taxistas… Moto Frentistas… Motoristas de Ambulâncias… Motoristas do SAMU… Motoristas de Corporações, tais como o Corpo de Bombeiros, Policia Civil e Militar, Federal… e até mesmo aos motoristas das prefeituras que transportam alunos e o pessoal das secretarias… e por que não estender ‘isso’ aos motoristas da própria Câmara Municipal… ???. Heim? Não Seria Má Ideia, Não Éh Mesmo? AFINAL DE CONTAS TODOS ESTES, “ALEM DE SEREM PROFISSIONAIS DO VOLANTE”, TRANSPORTAM “VIDAS”!!!.
    Caro amigo e leitor… Não me entenda mal, pois evidentemente não tenho absolutamente nada contra essas categorias supramencionadas, eu só não entendo do porque “Aqueles Homens Entendidos” se voltam consecutivamente, vez após vez pra nossa categoria!(?).
    Devido a ‘severidade’ e ‘seriedade’ da LEI SECA, que eu apoio, incentivo e promovo, entendo que os próprios setores privados e os não privados, bem como os estaduais, federais, etc, já deveriam estar fazendo esse tipo de teste esporadicamente em suas empresas, entidades, repartições, etc.
    Se ‘levassem mais a sério’ a LEI, já deveriam estar fazendo ‘isso’ de sua própria iniciativa, sem que fosse necessária a intervenção de uma ‘nova Lei’ e justamente dirigida APENAS A UMA CATEGORIA E A UM SEGMENTO DO MERCADO!
    Já estive diversas vezes em Curitiba, Londrina (PR) e amo essa cidade que é aconchegante, linda e amo esse povo que sempre me acolheu muito bem, e que inclusive são uma grande maioria em meus sites de relacionamento, mas acho que os curitibanos deveriam procurar esse vereador responsável por esse projeto ‘parcialista’ e ‘limitado’, e dar serviço a ele, pois eu acho que ele não tem o que fazer e então fica ai ‘engenhando coisinhas’ principalmente contra o setor de transporte!
    Senhor Vereador, ‘articulador’ desse projeto ‘incompleto’… Fica aqui minha sugestão, mas precisa ser corajoso pra fazer isso… Seguinte:
    “Altere seu projeto de forma a obrigar que esse teste seja realizado em cada motorista, profissional existente TODOS os Segmentos do Mercado ou então seja realizado em todos os condutores profissionais ou não; diariamente nas ruas, nas empresas, etc…” –
    Obrigado.
    Diretor Assistente Assuntos Jurídicos – Sindicato dos Motoristas de Marília e Região.
    Gestor e Educador de Trânsito (DENATRAM / EAD)
    Gestor Unidade Móvel – Palestrante
    Mentor Luiz Carlos Campos – Marília, SP.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: