Em breve, Millennium BRT híbrido deve ganhar as ruas

Híbrido

Ônibus híbrido da Volvo, com carroceria Millennium BRT. Modelo em breve deve ganhar as ruas de cidades, como a Capital Paulista. Foto: Caio

Caio já produz carrocerias BRT para ônibus híbrido
Modelo vai encarroçar chassi da Volvo que pode reduzir em até 90% a emissão de alguns tipos de poluentes
ADAMO BAZANI – CBN
Em breve, estarão nas ruas ônibus elétricos-híbridos da Volvo com carroceria Caio Millennium, modelo BRT.
A encarroçadora, com sede em Botucatu, no Inteiro Paulista, anunciou a produção do modelo.
Uma das unidades será usada pela fabricante Volvo.
A Volvo confirmou que a cidade de São Paulo terá nos próximos meses 30 veículos com esta tecnologia de tração. A data correta ainda não foi definida pelas fabricantes de chassi e carroceria.
O comprimento da carroceria, segundo a Caio, é de 13 metros e a capacidade é de 93 passageiros. As poltronas, em plástico injetado, seguem o mesmo padrão dos outros modelos Millennium BRT que, segundo a fabricante, oferecem mais conforto para os passageiros.
A carroceria também possui o sistema Multiplex que permite o maior controle por parte do motorista, informando dados de consumo, desempenho e inclinação para o condutor em tempo real.
O modelo B215RH da Volvo possui dois motores, um a diesel e outro elétrico que funcionam com tecnologia paralela, ou seja, os dois propulsores fazem o ônibus se movimentar, diferentemente da tecnologia em série, pela qual o motor a diesel tem a função apenas de ser gerador de energia elétrica.
Até os 20 quilômetros por hora, quem traciona o ônibus é o motor elétrico no sistema paralelo. Esta velocidade corresponde a 40% das operações de um veículo urbano, caracterizadas por diversas paradas ao longo do percurso. Também é nesta velocidade que um motor diesel polui mais.
A partir de 20 quilômetros por hora, entra em operação o motor diesel, que é menor que o dos ônibus convencionais.
Na comparação com os ônibus diesel da tecnologia Euro III, que deixou de ser produzida no final de 2011, a redução de emissão de poluentes pode chegar a 90%, de acordo com o material lançado no ar. A diminuição no consumo de combustível pode chegar a 35%.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

8 comentários em Em breve, Millennium BRT híbrido deve ganhar as ruas

  1. Adamo, fiquei com algumas dúvidas que se você ou alguém puder responder, eu ficaria muito grato:
    1) Esses ônibus serão piso baixo, como os híbridos da Volvo na Europa que ficaram em testes aqui no Brasil, ou piso alto, como os Marcopolos híbridos?
    2) Essa redução de poluentes em relação a Euro III é afirmação da fabricante ou há estudos independentes? Procurei informações mas só acho os informativos da Volvo, sem informação tabelada nem referências a estudos, mesmo eles tendo ficado bastante tempo em estudos aqui mesmo no Brasil.
    Aproveitando, uma curiosidade:
    3) A Caio descontinuou o Caio TopBus sem cerimônia nem nota oficial com o lançamento do Millenium BRT? Pergunto porque não vi notícias e, depois da reformulação do site deles, ele não aparece na lista de biarticulados disponíveis. Se ele saiu de linha é uma pena, do ponto de vista estético. E ele já foi o maior ônibus do mundo, merecia uma notinha pelo menos =P

    • Olá. bom dia.

      Vou responder parcialmente algumas de suas dúvidas. O que eu não consegui responder agora, eu vou procurar checar, mas fica aberto o espaço para os amigos que tiverem alguma informação para postar.

      Os veículos serão piso baixo, mas não total, elevando o assoalho no final da carroceria.

      Sobre a redução de poluentes, são informações da Volvo

      Em relação a descontinuidade ou não do Top, realmente eu preciso checar com o pessoal da Caio.

      Um forte abraço e obrigado por participar. Se eu conseguir o esclarecimento das dúvidas pendentes, eu posto.

  2. Qual ou quais empresas paulistanas investiram neste modelo já que foi mencionado que São Paulo receberá 30 unidades ?

  3. André Francischetti // 1 de Março de 2013 às 03:02 // Responder

    E no caso do Ruas, a empresa seria a Via Sul?

  4. laudier pinhoratto // 2 de julho de 2013 às 18:27 // Responder

    tem modelos millennium brt hibrido na viação santa brigida mais ainda não foram colocados para circular o modelo esta branco sema padronização da empresa……

  5. Eos granviale hibrido da viasul onde foi parar?
    Ouvi boatos que eles estao no patio da SPTrans, estao la apodresendo la pq eh carroceria marcopolo eo grupo ruas eh paga-pau da caio

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: