Estrela de Mauá começa a operar mesmo sem publicação no Diário Oficial da cidade. David Barioni fala com a reportagem

Ônibus da Viação Estrela de Mauá embarca passageiros na mesma linha operada pela Leblon. Foto: Adamo Bazani

Mesmo sem publicação no Diário Oficial do Município, Estrela de Mauá começa a operar na cidade
Terminal Central registrou problemas na entrada e saída dos ônibus por causa da quantidade de veículos. Reportagem flagra passageiros sendo desembarcados em área insegura
ADAMO BAZANI – CBN
A Viação Estrela de Mauá começou neste sábado a operar parte do lote 02 dos transportes da cidade do ABC Paulista. Por determinação da Secretaria de Mobilidade Urbana, da Prefeitura de Mauá, ela passa a dividir as 18 linhas com a Leblon Transporte de Passageiros, que foi declarada vitoriosa na licitação dos serviços no município.
O início das operações na madrugada foi relativamente tranquilo, mas com o crescimento da movimentação houve problemas na entrada e na saída dos ônibus no Terminal Central de Mauá por causa da quantidade de veículos e da falta de organização dos administradores da Secretaria de Mobilidade Urbana.
A reportagem flagrou um ônibus da Viação Estrela de Mauá desembarcando passageiros numa das entradas do terminal, longe de plataformas e em área de circulação de veículos, onde é proibida a passagem de pedestres.
A entrada da Estrela de Mauá na cidade é vista como uma manobra da Prefeitura para restabelecer o monopólio dos transportes que era de Baltazar José de Sousa, que também opera o lote 01 pela Viação Cidade de Mauá.
A Estrela de Mauá foi fundada por Baltazar e hoje está em nome de David Barioni Neto, ex executivo das empresas aéreas TAM e da Gol. David Barioni negou que a Estrela de Mauá seja ainda de Baltazar. Ele conversou na madrugada deste sábado com o repórter Adamo Bazani, do Blog Ponto de Ônibus.
“Eu não sou testa de ferro de ninguém. Sempre trabalhei com transportes, não com ônibus, mas na área de aviação, e quis realizar o sonho de ter um negócio próprio. Então surgiu esta oportunidade. Sei que vai ser um grande desafio, mas vamos trazer inovações”. – disse.
David Barioni Neto não quis se aprofundar na questão jurídica que envolve a entrada parcial da companhia de ônibus.
“Nossos advogados estão trabalhando” – disse.
Ele assumiu a empresa às vésperas do ato da Prefeitura, considerado estranho pelo Grupo Leblon, de tentar habilitar a Estrela de Mauá.

Desorganização. Devido ao número de ônibus e falta de orientação de técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana houve transtornos na entrada e saída do Terminal Central de Mauá. Ônibus da Viação Estrela de Mauá desembarca passageiros em área de circulação de veículos. Foto: Adamo Bazani

Há uma disputa judicial entre o Grupo de Baltazar José de Sousa e a Leblon Transportes desde o início da licitação em 2008.
A Leblon foi considerada em 2010 vencedora com reconhecimento da Prefeitura de Mauá e da Justiça, a qual firmou um contrato de concessão para operação integral das 18 linhas do lote 02.
A Estrela de Mauá tentou anular esta determinação, mas teve todos os recursos negados.
David Barioni disse à reportagem que venceu a licitação. Mas a declaração vai contra o entendimento judicial que concedeu liminar de operação para Leblon.

No Terminal de Integração do Zaíra, passageiro entra em ônibus operado pela Estrela de Mauá. Foto: Adamo Bazani.

Em reunião na última quinta-feira com o secretário de Mobilidade Urbana e com representantes da Estrela de Mauá, a empresa Leblon, fundada pela família Isaak, no Paraná, não assinou contrato emergencial na última quinta-feira com a Secretaria de Mobilidade Urbana para dividir o lote.
“Este contrato está em vigência, ele não foi rescindido. A prefeitura não tem motivo de tirar ou diminuir a Leblon. Temos bons serviços com certificações de qualidade e meio ambiente. Num levantamento feito por um jornal da região, somos uma das empresas de ônibus com o menor número de reclamações de todo o ABC Paulista e estamos operando com respaldo da Justiça” – disse o diretor-presidente do Grupo Leblon, Haroldo Isaak, na quinta-feira após reunião com o secretário de mobilidade urbana e com representantes da empresa oponente.
A Estrela de Mauá começou a circular na cidade mesmo sem nenhuma publicação no Diário Oficial do Município do ato do Secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, que assinou o contrato emergencial com a empresa válido por seis meses.
Ninguém da Prefeitura foi encontrado para comentar o caso.
ASSITA A INTEGRA DA ENTREVISTA COM DAVID BARIONI NETO, PRESIDENTE DA VIAÇÃO ESTRELA DE MAUÁ:

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

32 comentários em Estrela de Mauá começa a operar mesmo sem publicação no Diário Oficial da cidade. David Barioni fala com a reportagem

  1. é bem estranho a prefeitura colocar a Estrela de Mauá dividir as linhas com a Leblon e deixar as linhas da outra empresa do Baltazar sorrindo até as orelhas,alguma coisa tá errada.

  2. Adamo, Parabéns pela cobertura !! Como ficaram divididas as linhas… houve divisão de tabelas(as duas empresas operando uma linha) ou divisão de linhas(dividiu-se as 18 linhas entre as duas empresas,ficando 9 pra cada)?Abraços

    • Obrigado. Na verdade, dividiram os horários. Leblon e Estrela operam as 18 linhas.

      • Ádamo,

        Ao que entendi, as duas empresas, operam a mesma linha ?

        Caso positivo, fica a sugestão: BOICOTE À ESTRELA DE MAUÁ !!!!

        Todo mundo sabe que, existe o velho blá, blá, blá, de bancar o prejuízo e marcar território, mas, até quando o Sr. Baltazar conseguirá bancar está aposta ?!

        Talvez eu esteja sonhando, mas, seria gostoso ver a cara de derrotado, depois de tanto “esforço”, “trabalho” e “luta”, não ?!

  3. E porque não dividir o lote 1 da mesma maneira?

  4. porq o lote 01(um) paga propina pra esse bando de safados,e outra nao seria lucrativo para o senhor baltazar investir mais onibus em suas proprias linhas pois o investimento nao traria lucros a ele ,,o compensavel para ele é manter os usuarios da viaçao cidade de maua andando como sardinha enlatada…..Agora vamos ver né senhor futuro Prefeito Donizete Braga se o senhor tbem ira compactuar com essa palhaçada o futuro de muitos trabalhadores e passageiros esta em sua mãos…Que Deus guie seus passos e lhe de a melhor direçao em seu mandato….

  5. Josue Marcio Lopes // 29 de dezembro de 2012 às 15:36 // Responder

    Apesar da nobre atitude do David Barione em falar com o site, eu nao acredito ainda que ele esteja sozinho. O Baltazar e o Ronan tao por tras disso. Foi muita sacanagem da Prefeitura! E nao venha o Donisete Braga dizer que nao sabia de nada porque isso foi alinhavado na campanha dele!
    David Barioni vc tem competencia. Saia dessa enquanto e tempo.

  6. isso tem nome corrupção e das bravas o prefeito come de um lado os vereadores de outro e o baltazar monopolizando tudo esse mineiro filho de uma puta ele merece é 7 palmos de terra na cara desgraçado mafioso

  7. Isso me faz lembrar fevereiro de 1993, onde as prefeituras petistas de Santos e São Vicente implantaram uma linha intermunicipal sem autorização do DER, que na época gerenciava as linhas intermunicipais na baixada santista.
    O PT sempre apronta algo no transporte publico, e quando a Justiça pune, nem assim aprendem a lição, e continuam aprontando por onde governam. Bem típico deles.

    • Interessantemente os GPP da Baixada falam que isso ocorreu contra a ingerência da EMTU ( e por extensão, o PSDB) de não propiciar integração na ilha.

      • juliano william silva pires // 29 de dezembro de 2012 às 23:40 //

        força leblon sabemos que muitas são as aflições do justo mas o senhor os livra de todas com certeza vamos vencer mais esta batalha,a palavra do senhor diz que o choro esta condenado a durar só uma noite,mas a alegria vem pela manhã,sabemos que foi o próprio deus que trouçe a leblon para mauá,pois estavamos cansados deste inpío por nome de baltazar e seus filhos,mas lenbre-se as palavras dita pelo seu ronaldo dono da leblon,que devemos orar até mesmo pelo nossos inimigos,porque o senhor nos chamou para fazer a diferença se nós amarmos os nossos irmãos o que fazemos demais,fico por aqui foça leblon /livro de isaias cap43,ver13 diz ainda antes que ouvesse dia eu sou,e não há nimguém que possa fazer escapar das minhas mãos,operando eu quem impedira operando deus quem impedira,deleita-te no senhor. abraços de um simples cobrador da leblon j.william ficam com deus.

      • Na época, 1993, era o DER que gerenciava as linhas, O governador era Luiz Antonio Fleury Filho, do PMDB…
        O PSDB só chegou ao poder em janeiro de 1995, quase dois anos depois. A EMTU começou a administrar as linhas por volta de 1998 quando começaram a chegar os primeiros onibus pintados no padrão EMTU. A linha que era a 131 e depois virou 105 passou a ser administrada pela EMTU em março de 1999.
        Acho que os GPP da baixada precisariam se informar mais antes de sair falando coisa que nada tem a ver.

        Abraços

  8. antonio serra dutra // 29 de dezembro de 2012 às 18:33 // Responder

    população de maua isso que vcs tão vendo esses carros novos da estrela de maua é só uma h depois ele coloca no lote 1 e depois divide entre as empresas dele que só tem pau velho e a população volta a sofrer de novo e tem mais uma esse aumento de passagem a foi um esquema do baltazar com o prefeito osvaldo dias ou como vcs acham que ele vai pagar esses carros novos com o aumento das passagens muito estranho ele colocar a estrela de maua pra rodar sem determinação da justiça e nem publicar no diario oficial do municipio tudo no apagar das velas cambada de safado osvaldo dias e renato moreira lembre desse homen gente ganhou um rio de dinheiro para fazer isso

    • CALIXTO: mais vc é um (TERMO OFENSIVO) mesmo tenho certeza q vc não nem sabe oq é diario oficial sua (TERMO OFENSIVO), então o baltazar combinou com tdos os prefeitos do A B C porque as aumentaram em toda região, uma coisa é certa a leblon melhorou sim o transporte de Mauá, pelo fato de trazer onibus novos ,mais de um lado é ledo é leblon do outro é barão, oq mudou? 6 por meia dúiza em relação ao tempo de espera perguntem ao pessoal q usa a linha 092 santa rosa, na só melhorou mesmo a linha 84 zaira, o resto está (PALAVRÃO), só é carros novos vamos ver até quando né pq pra qem não sabe a leblon tem dois onibus de ano 2007 q vieram de goias de uma cooperativaq foram pintados na cor padrão da prefeitura, já não novos fora os dois articulados q vieram do Paraná pq perderam espaço para o consórcio q foi implantado lá, (FRASE DESRESPEITOSA) , o bom mesmo é q as tres empresas circulem em todas as linhas assim haverá uma cocorrencia de verdade, até pq se a leblon se diz preocupada com povo de mauá então q também lance essa proposta até pq se ela tira um carro de uma linha dela ele seria colocado em uma linha da cidade de maua certo? isso vai gerar mais emprego p nossa cidade pq as tres empresas terão q contratar mais motoristas, cobradores,ficais ,mecanicos,etc…precisamos de mais opções de onibus valeu!!!

  9. adamo como o pessoal da estrela foi bem treinado meu vizinho foi chamado ontem e levou a carteira hoje para empresa e já esta dirigindo um veiculo da estrela de mauá que treino foi este so não posso falar a linha para preserva o meu vizinho ao qual é apenas um trabalhador Baroni mente ao dizer os funcionarios forão bem treinados a estrela esta com cladestina pois nem se quer foi publicado em diario oficial a entrada da empresa em mauá .

  10. Cabe a Leblon entrar com uma reclamação perante o STJ por se tratar de descumprimento de uma decisão judicial do então ministro Ari Pargendler

  11. Já que é empresa diferente , porque ela não quer entrar no lugar do lote 1 , petralhas dos infernos vocês não fazem nada a não ser corrupção , e não deixa ninguém trabalhar de forma honesta.

  12. Tio Barione disse Deus , pois bem talvez o respeito, e a dignidade o povo de Mauá só receba de Deus mesmo , pois se depender dos políticos do executivo e do legislativo estamos todo Fu$$$$$.
    Feliz 2013 ao povo esquecido e desassistido de Mauá , com a Januária recapada no lote 2 !

  13. Caros amigos,
    continuo achando que este belo espaço poderia muito bem defender os interesses do Transporte, ou seja, dos passageiros. Os donos de empresas já tem bastante gente que os defenda. E o interesse do proprietário de uma empresa de ônibus não é, NECESSARIAMENTE, o melhor para o Transporte. Empresário tem que tratar de sua empresa, e isso é legítimo, mas nem sempre é o que nos interessa como passageiros.
    Bom trabalho.
    FELIZ 2013!

    • Mas PauloZ NOVAMENTE eu explico. Quando eu trago um assunto que mexe com o transporte de uma cidade, traz a tona informacoes que ate sao ocultadas da populacao, ouco os dois lados, claro que eu estou pensando no passageiro que tem direito ao acesso as informacoes sobre o sistema que o atende.
      Abracos amigo

  14. É meus carros o mundo não acabou….mais a estrela rodou….

  15. O Baltazar esta é arrumendo dor de cabeça, começou operar sem publicação nos editais municiais, esta invadindo o lote que pertence a uma otima empresa, esta indo contra uma lei FEDERAL que oficializou a leblon como operadora do lote 2, ele alem de levar uma multa, vai ter o risco deperder os 50% do lote 2 e ainda perder o lote 1, quero que a Leblon fique em Mauá e tenho certeza que ela e seus advogados vão ganhar mais uma vez o direito de rodar na cidade, pois não conseguiram tirar ela mais fazem manobras para prejudicalas, e como disse o presidente dela no video assima que a justiça seja feita ele mal sabe o que esta por acontecer, pois se o lote 2 tem direito a duas empresas o lote 1 não sera diferente.
    “marcos O diario do GRD ABC tem ligação com o baltazar, ele tem parentes que são diretores la”

    • Ditadura no monopolio municipal // 31 de dezembro de 2012 às 20:52 // Responder

      Concordo como senhor minhas opinioes pessoais não forão publicada no Dgabc pois eles querem que a população acredite na empresa de David Barione que é de outro dono não tem ligação com a viação cidade de mauá ….Uma pergunta fica no ar por que as carrocerias mascarelo por que minha esposa mandou curriculum a cidade de mauá e foi chamada na viação Estrela de mauá……Por todos os colabores da cidade de mauá sabião desta descisão arbrital desde de o começo do mês de Dezembro eu moro ao lado da garagem da viação cidade de mauá e tenho contato com muitos colaboradores desta empresa

  16. Que saudade da viação januária já estou matando a saudade obrigado senhor Ditador Baltazar mostra que manda na prefeitura de mauá exerssa seu poder sobre os politicos que descepionão a população com atos no minimo duvidosos que a justiça ha de apurar ….O Ditador Bjs quer ganha no grito no apagar das luzes o lote 02 operado pela empresa idonia e transparente .niguém na cidade Mauá gosta de uma empresa que respeita o usuário conssumidor empresa que operão bem com qualidade e sertificado atraves de iso(leblon transportes)…….Caso a estrela de mauá (januária recapada) ganhe da leblon de forma duvidosa questionavel sera questão de tempo para ela seguir o caminho da viação cidade de mauá com veiculo usados vindos do rio de janeiro e vindos outras cidades a onde o grupo bjs tem contato comercial.

  17. Sérgio Santo André // 31 de dezembro de 2012 às 15:40 // Responder

    Pergunto, e o Ministério Público não vai se manifestar à respeito ?????? Estão tripudiando em cima da Justiça !!!! Até quando vamos assistir esses mafiosos comandando no lugar das autoridades ???? Se essa situação da “Estrela” se mantiver, eu desisto da Justiça Brasileira…..

  18. Ditadura no monopolio municipal // 31 de dezembro de 2012 às 20:42 // Responder

    Quando volta de recesso o stj pois eu estou muito descepcionado com o poder publico municipal de mauá especialmente com os vereadores que fingem não saber de nada se homitem exceção vereador Ozelito e Edgar grecco diante a ditadura municipal com descisoes arbrital que beneficião claramente um grupo economico que na preça de colocar seus veiculos para rodarem contratarão funcionarios sem nenhum tipo de treinamento . O grupo empresarial ,que a anos mandão na cidade de mauá com o monopolio de todas a linhas de onibus municipal interubana . viação cidade de mauá / metra / Eaosa/ viação Ribeirão pires / Estrela de mauá todas do grupo Baltazar chega destas empresas que não investe no transporte publico de nossa cidade .esta é minha opnião pessoal como usuario do sistema publico de transporte de mauá sp

  19. Nada contra o cara querer atuar em um novo ramo, mas por que ele escolheu justamente a área 2, onde está tudo sob controle? Por que ele não “aceitou o desafio de trazer inovações” na área 1, que está a quem-dará e jogada as traças? Ou então, por que não aceitou participar de algum certame em qualquer outro lugar? Fazer o quê né? BRAZIU, UN PAIZ DI TODUS (ou de tolos)

  20. SUSSEÇO !!!!!

  21. Amigo Ismael, o objetivo é tirar a Viação Leblon, para trazer o monopolio de Baltazar a cidade que não tem lei MAUÀ.

  22. Amigos, bom dia

    A Câmara de Mauá já aprovou a lei que libera geral da licitação para contratar as empresas de Buzão?

    Mauá eliminou o Princípio da Publicidade ?

    Constituição Federal da República Federativa do Brasil de 05.10.1988

    “Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:”

    OBS.: Se o Poder Público de Mauá está sem acesso a rede Internet, vamos fazer uma vaquinha e comprar uns 100 exemplares da Constituição de 1988 e enviar para eles.

    O Ministério Público poderia nos dar alguma explicação de como isto está acontecendo e sendo
    permitido ?

    Att,

    Paulo Gil

    • Complementando:

      Mauá não aboliu o Princípio da Publicidade.

      Mauá aboliu a Constituição de 1988.

      Atenção operadores do Direito, atualizem-se.

      Só embarcando num disco voador mesmo, por que aqui só tem é canoa furada.

      Onde vamos parar…

      Att,

      Paulo Gil

1 Trackback / Pingback

  1. Estrela de Mauá começa a operar em Mauá | Linha Circular

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: