Mesmo com mercado desaquecido, parte do setor rodoviário investe em renovações

onibus

Expresso Guanabara que opera no Centro-Oeste, Norte e Nordeste, vai receber primeiras unidades de três eixos. Foto: Adamo Bazani

Mesmo com desaceleração no setor de ônibus, empresas rodoviárias investem em renovação de frota
De acordo com Anfavea, licenciamentos de ônibus caíram 9, 6% no acumula do ano, mas diversas empresas continuam ainda investindo em renovação e mercado deve se aquecer
ADAMO BAZANI – CBN
Por conta da mudança de tecnologia de redução de emissão de poluentes em veículos movidos a diesel, que deixou o valor dos ônibus mais altos, muitos empresários decidiram aproveitar os preços menores dos veículos que seguiam os padrões válidos até 31 de dezembro de 2011, o que desaqueceu as vendas e produções de ônibus, em especial no primeiro semestre deste ano.
De acordo com dados da Anfavea, de janeiro a agosto deste ano, os licenciamentos de ônibus caíram 9,6% em relação ao mesmo período de 2011. Mas o mercado começa a dar sinais de recuperação, pela necessidade de renovações ainda não realizadas e extensão até 31 de dezembro do prazo para captação de financiamentos com juros mais baixos.
Diversas empresas de ônibus, em especial do setor rodoviário, têm investido em renovação de frota, mesmo que num ritmo menor. As grandes companhias se preparam para a licitação da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, que vai criar novos contratos de concessão para quase 2 mil linhas interestaduais e internacionais, apesar de todas as controvérsias que envolvem o certame, e também expandem seus negócios.
Na encarroçadora Marcopolo, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, é possível ver que as companhias querem qualificar seus serviços com ônibus novos.
Todas companhias que fizeram encomendas para a Marcopolo adquiriram ônibus da linha G 7 (Geração Sete) de diversos portes e configurações.
A Expresso Guanabara, que atende às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, vai receber nas próximas semanas as primeiras unidades do modelo Paradiso G 7 com três eixos.

onibus

Frota de intermunicipais da 1001 aumenta. Empresa opera no Rio de Janeiro. Numeração já superou a casa dos 1000. Foto: Adamo Bazani

onibus

Nas linhas interestaduais, Auto Viação 1001 aposta na renovação dos ônibus de grande porte. Foto: Adamo Bazani.

A Auto Viação 1001, que atende o Sudeste, continua a renovação e também vai receber ônibus para linhas interestaduais, com três eixos, e intermunicipais, com motor dianteiro, ultrapassando a numeração 1000 neste serviço.

onibus

No Sul do País, a Unesul vai receber em breve novos ônibus que estão em processo de finalização. Foto: Adamo Bazani.

A Unesul, com base no Sul do País, também vai receber novos ônibus que estão em fase final de produção na Marcopolo.
Além da concorrência com o setor aéreo, o nível maior de exigência dos passageiros tem contribuído não só para que as empresas comprem ônibus novos, mas melhores.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. José Carlos G. Soares disse:

    Adamo, boa tarde.

    Pelo visto, a licitação das linhas interestaduais de ônibus não será realizada por agora, pois até o MPF em Brasilia está fazendo lobby.
    O site da ABRATI divulga ofício que o MPF pede a Ministra da governo Dilma, que postergue a licitação pois a mesma precisa ser amadurecida.
    Pelo atraso da licitação, que deveria ter sido feita antes de Outubro de 2008, ela já passou do ponto de amadurecimento à muito tempo.

    Um abraço.

    José Carlos.

  2. jorge disse:

    Olá Adamo, gostaria de saber como voce conseguiu entrar na planta da Marcopolo em caxias, se voice poder falar agradeço

    1. Foi a convite para jornalistas. Abraços

Deixe uma resposta