Caravana Volvo avança e apresenta novos modelos da marca

caravana

Caravana da Volvo vai apresentar os novos modelos de ônibus da marca à mais de 50 cidades. Além dos ônibus urbanos e rodoviários, soluções em atendimento, manutenção e até financeiras serão mostradas pelos técnicos da marca. Foto: Volvo

Caravana da Volvo avança pelo País para mostrar ônibus de diversas aplicações
São seis modelos entre urbanos e rodoviários, além de dois chassi e soluções de operação, manutenção e financiamento.

ADAMO BAZANI – CBN

A Caravana Volvo, uma estratégia de venda e apresentação de soluções da marca sueca no Brasil, avança para diversas regiões.
A montadora, que apresentou sua nova linha de ônibus que segue os novos parâmetros de redução de emissão de poluição, baseados nas normas Euro V, quer levar os ônibus para as principais cidades brasileiras e mostrar os produtos bem de perto para os frotistas.
A caravana é divida em roteiro Sul e roteiro Norte e deve passar por 54 cidades Brasileiras.
Além dos seis ônibus e de dois chassis, a marca vai apresentar serviços como de manutenção programada, gerenciamento de frota, alternativas financeiras e o VOAR – Volvo Atendimento Rápido.
As cidades visitadas terão a presença da caravana de três a quatro dias.

onibus

Modelo B 290 R é uma das soluções para ônibus urbanos da marca, que pode ser usada em corredores também Foto: Volvo

Os donos de empresas e profissionais recebem orientações de técnicos da companhia e as crianças têm acesso a noções sobre meio ambiente.
A Caravana deve percorrer boa parte do País até outubro.
A Volvo divulgou as imagens em foto e vídeo de um dos trechos, saindo de Curitiba, no sentido Ponta Grossa, no Paraná.

Os modelos da Volvo que atendem à fase 7 do Pronconve – Programa Nacional de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores são:

RODOVIÁRIOS:

B 340 R, B 380 R, B 420 R e B 450 R

onibus

B 450 R é o ônibus mais potente do mercado e pode receber carrocerias de ônibus de dois andares e tem a configuração de quatro eixos também. Foto: Volvo

onibus

O Modelo B 270 F marca a entrada da Volvo no segmento de ônibus com motor dianteiro e foi responsável pelo crescimento da empresa no mercado. Foto: Volvo

URBANOS:

B 270 F, B 290 R e B 290 RLE

onibus

A nova linha da Volvo respeita às mais recentes legislações de restrição a emissão de poluentes, inseridas no Proconve P 7 e baseadas nas normas Euro V, da Europa. Veículos atendem desde o segmento urbano convencional até aplicações para longas distâncias. Foto: Volvo.

Entre as cidades programadas na Caravana de Soluções Volvo estão:
São Paulo, Campinas, São José dos Campos, Sorocaba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto (SP); Barra Mansa, Rio de Janeiro, Niterói (RJ); Belo Horizonte, Caratinga, Coronel Fabriciano, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberlândia (MG); Brasília (DF); Goiânia (GO); Curitiba, Lodrina, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Pato Branco, Ponta Grossa, Guarapuava, Maringá, Campo Mourão (PR); Passo Fundo, Caraizinho, Santa Maria, Pelotas, Caxias do Sul, Porto Alegre (RS); Araranguá, Florianóplis, Itajaí , Caçador (SC); Dourados, Campo Grande (MS); Cuiabá (MT); Manaus (AM); Belém (PA); São Luis (MA); Teresina (PI), Fortaleza (CE); Natal (RN); Recife (PE); Maceió (AL); Aracajú (SE); Salvador, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista (BA); Vitória e Cachoeiro do Itapemirim (ES).
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

11 comentários em Caravana Volvo avança e apresenta novos modelos da marca

  1. A idéia da Volks em divulgar sua marca de maneira itinerante ganha adépto de peso e potência.
    Chama atenção um motor de 450 cavalos, o que indica que as viagens de longo curso ainda não perderam tanto espaço em relação ao setor aéreo. Ou, o setor turístico de auto padrão está mais exigente em relação á potência dos ônibus. Seria talvez uma forma de intimidar a Scania?
    Tanto investimento em tecnologia e novidades deveria mesmo ter uma propaganda á altura dos esforços da marca. É muito legal mostrar os ônibus de maneira que lhes dê o destaque merecido, até para não cair na rotina pela forma que a mída os mostram: meros instrumentos de ibope e sensacionalismos.
    Mas como é feio esse gran via!

  2. Boa noite !

    Volvo, mais uma para mexer com o comodismo.

    Sobre a forma de divulgação, PERFEITA ! Será ainda melhor se, mantiver o mesmo tratamento, tanto para os grandes, quanto para os pequenos frotistas.

    Abçs.

  3. Na moral, a volvo poderia fazer melhor, pois o norte/nordeste também é um grande mercado de articulados e para cá pelo visto não vem nenhum. na monha opinião era para ir todos os bus para todas as cidades. mais e melhor isso do que nada né. vou me conformar.

  4. Pela informação no site http://www.caravanavolvo.com.br todos os ônibus estarão no norte e nordeste inclusive o articulado da Volvo

  5. caraca esses motores são de mais,e o modelo e sensasional
    esse B45OR é show de bola parabens volvo pelo seu desenvolvimento..

  6. quais são os modelosde motores de irão nos articulados.

  7. sou moptorista urbano de uma grande empresa de transporte urbano e rodoviarios em manaus e ja tive ao prazer de dirigir um volvo urbano o P270F e um carrao confortavel e de muita força so encontrei um defeito depois do eixo trazeiro ele bate muito, eu acho que e por causa longo cassis depois da roda trazeira, mais o que eu mais queria era dirigir essa maquina de quatro eixo dois andares. e percorrer esse brasil afora. pena que nao tive tempo de ir ver as maquinas, mais creio eu que ainda vou dirigir ou mesmo trabalhar em um ro

  8. Marco Túlio de Resende // 4 de agosto de 2012 às 21:52 // Responder

    Eu acho que a Volvo deveria investir nos ônibus trucados em Belo Horizonte, pois algumas linhas tem condição de rodar um carro nesse porte, estudem essa possibilidade, um exemplo são as linhas estação/Centro. Um abraço a todos

  9. a volvo deveria investir em estradas de chão onde tem muita carência e precisa da marca melhor do brasil que è a volvo

  10. Em matéria de ônibus a Volvo está anos à frente da Mercedes,o problema é só o preço que os empresários não querem pagar por qualidade.Infelizmente é o Brasil.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: